Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de maio 2012

Jogador de basquete alemão também é joinvilense

31 de maio de 2012 0

Dominik Bahiense de Mello, alemão e brasileiro. Foto: Divulgação

O jogador de basquete alemão Dominik Bahiense veio a Santa Catarina especialmente para visitar a irmã, Anika, que está trabalhando como maquiadora no salão G Beauté, em Balneário Camboriú.  Os irmãos são filhos de pai brasileiro, nascido em Joinville, e de mãe alemã. Dominik nunca morou no Brasil, mas aprendeu com o pai a falar a língua já na infância e diz se sentir cada vez mais brasileiro. A irmã veio para cá  especialmente para trabalhar salão de beleza e que recentemente foi destaque na Vogue Brasil como referencia em arquitetura e decoração.

Isabeli fotografada com os dois filhos pela primeira vez

30 de maio de 2012 0

Foto: J.R.Duran para Vogue Brasil

Isabeli Fontana está na capa e recheio da Vogue Brasil de junho.  A top model – que estrela todos os ensaios da edição -, posou pela primeira vez ao lado dos filhos, Zion, de 09 anos, do seu casamento com o catarinense e também modelo Álvaro Jacomossi, e Lucas, 05 anos, fruto do casamento com o ator Henry Castelli, para um dos editoriais.

 O responsável pelos cliques foi também um  top da área, J.R Duran.

A repercussão de quem projeta construir na Ponta do Coral

28 de maio de 2012 5
 

O e-mail de Aliator Silveira,  diretor da Hantei, construtora que vai, ou se encaminha pra executar o projeto de ocupação do precioso pedacinho de terra na Avenida Beira Mar Norte chegou logo depois da pulbicação da enquete. Só divulgo agora, junto com os depoimentos que publiquei.

Prezada Juliana, boa tarde! Estou te escrevendo para registrar a minha felicidade e contentamento ao abrir o jornal no domingo e encontrar sua coluna dedicando seu concorrido espaço à discussão sobre empreendimento que a Hantei, onde sou diretor, pretende instalar na área da Ponta do Coral.
Aproveito para fazer algumas considerações sobre os depoimentos publicados.
As ponderações do jornalista Marcos Castiel foram excepcionais. Não só ele, mas toda a população de Florianópolis merece ações de excelência
para aquela área. E este é uma das nossas principais preocupações e objetivos: devolver à Ponta do Coral toda a sua magnitude merecida e com usufruto democrático.
Lendo o depoimento de Liseane Crippa, fiquei, mais uma vez, contente em saber que estamos no caminho certo com o nosso projeto do Parque Hotel Marina Ponta do Coral. Concordamos com a opinião da jornalista em afirmar que Florianópolis e a Ponta do Coral merecem uma marina. O nosso empreendimento deve transformar a realidade náutica catarinense e a marina que estamos propondo será a realização do sonho de vários  
Para Cristiane Cordioli, reforço que o parque do nosso projeto trará novas oportunidades para quem aprecia o lazer em áreas ao ar livre. Estamos projetando um parque com acesso totalmente público e gratuito, sendo uma continuidade da pista de caminhada na Avenida Beira Mar, oferecendo à população uma série de equipamentos dignos de áreas de lazer de países europeus. Teremos academia e anfiteatro ao ar livre, praças, esteiras de descanso, além de monumentos que foram planejados para homenagear figuras tradicionais da cultura de Florianópolis, como as rendeiras.
 
Para o artista Rodrigo de Haro, acrescento que hotéis geralmente não provocam tamanho impacto no deslocamento urbano, pois, pelo padrão internacional que o hotel terá, seus hóspedes em sua maioria não se locomoverão na cidade em veículos particulares. Teremos heliponto e vias de acesso especiais para ônibus, vans e taxis. Aproveito para acrescentar a informação de que a arte catarinense também será um dos destaques do empreendimento. Projetamos o “Caminho Literário”, uma área no parque do empreendimento onde os pedestres caminharão por arcos ornamentados e enfeitados com trechos de poesias e obras da literatura catarinense. 
 
Feitas minhas considerações, reforço que sua iniciativa recebeu um especial reconhecimento de toda nossa empresa, que fica à sua disposição,
Aliator Silveira – diretor da Hantei
 

Parte do projeto para a Ponta do Coral

Mais pontos de vista

28 de maio de 2012 1

Continuando a enquete sobre qual o melhro destino para a Ponta do Coral, mais duas pessoas em quem acredito e que são indiscutivelmente antenados!

Rodrigo de Haro
Pintor, desenhista e poeta

“Já que a cidade perdeu aquele caráter único que possuía, que atraia um tipo de visitante mais contemplativo, agora que a opção já é outra, de transformar a cidade numa espécie de Miami, mas vá lá que seja um mega hotel. A cidade não tem estrutura. Como fica um mega hotel do tipo dos Emirados Árabes se na cidade qualquer deslocamento está difícil o ano todo, imagina assim. Não tem espaço, acho que a Ilha não comporta, ficaria muito artificial, já é uma coisa artificial, e  aí, faz-se um grande hotel, e fazer o quê com todo mundo? Vão circular onde? Eu prefiro a ideia de uma marina”.

Christiane Cordioli
Jornalista, editora do jornal Hora de Santa Catarina e blogueira

 ”Imaginar um grande empreendimento, com a promessa do nunca visto na história desse país na Ponta do Coral, confesso, não me faz pertencer ao grupo dos totalmente contra. Sei que existem interesses, muito dinheiro, muito poder envolvido em toda a negociação. O tema tem suas curvas perigosas, nas quais uma opinião precipitada, sem embasamento, pode ser como um carro desenfreado. Quando falo que não sou totalmente contra, penso no que a obra pode acrescentar à Avenida: uma bela construção conhecida mundialmente pela imponência, uma referência para uma Ilha que vive de turismo. Um sonho de consumo para quem tem muito dinheiro. Um nova alternativa de espaço público para os menos afortunados, tão donos das belezas da Ilha quanto os que têm dinheiro. Se coubesse a mim a decisão, talvez trouxesse a solução para o quintal da minha casa. Seria como um belo parque, iluminado, cheio de vida e de crianças correndo”.

Opiniões diversas

28 de maio de 2012 0

Ouvi quatro pessoas em quem confio muito,  e a pergunta foi a mesma: Qual o melhor destino para a Ponta do Coral em Floripa na tua opinião? Já as respostas, cada qual com o seu ponto de vista.

Marcos Castiel
Jornalista de esportes do Diário Catarinense e blogueiro

 ”Costumo correr na Beira-Mar. É um ambiente espetacular, plano, uma vista que, de tão linda, é o que imagino do paraíso. Minha concepção para uma área destas é sempre de excelência em cada milímetro de sua ocupação. Não bastam ações razoáveis, é preciso um quê de Iso 9001. Desejo a democratização do uso do que tem de melhor. Se um empreendimento privado transformar a arquitetura da Ponta do Coral em algo suntuoso, mas acessível a todos, com dividendos para a população, ganhos ambientais, cuidados extremos com o meio ambiente, monitorado com severidade pelos órgãos públicos, inclusive com espaços culturais que divulguem a cultura local, acho um bom caminho. Bem melhor que o atual. Por lá hoje, o que temos é medo de assalto e um visual poluído. Como está não pode ficar. Se o poder público puder fazer melhor, que o faça. Se não, que permita a evolução da nossa cidade.”

 

Liseane Mendes. Foto: Paula Brenha

Liseane Crippa
Jornalista de moda e blogueira

“Florianópolis é uma cidade com 42 praias, belezas naturais e com uma vocação incrível para o turismo. Infelizmente, por vontade (ou falta de vontade) de algumas pessoas a Ponta do Coral é um local lindíssimo e cheio de mato, e é só! Sou muito a favor do crescimento ordenado da cidade e da criação de negócios para gerar empregos  e colocar, ainda mais, Floripa no roteiro turístico nacional e mundial. Acho que o destino da Ponta do Coral deveria ser para uma marina com equipamentos para lazer aberto ao público. Balneário Camboriú já tem a sua, Biguaçu também e Floripa?”.

Ponta do Coral - qual o melhor destino?

28 de maio de 2012 0

Aqui vai a enquete que fiz para a coluna da Revista Donna DC, no Diário Catarinense, dois domingos atrás, sobre qual o melhor destino para a Ponta do Coral em Florianópolis.
A polêmica começou faz tempo e o local precisa de uma definição. Uma relíquia da natureza em terreno particular, hoje abandonada, com projeto de ter um mega hotel instalado ali no coração da cidade, em plena Avenida Beira Mar Norte, continua rendendo assunto.
E sobre o qual todos têm uma opinião, seja contra ou a favor, os habitantes da capital catarinense se preocupam com o futuro.  O assunto é para especialistas dos vário setores que serão afetados, para o bem ou para o mal. Mas eu ouvi formadores de opinião e o que eles pensam sobre o impacto que essa decisão terá no futuro de Florianópolis.

Engajamento que faz a diferença

28 de maio de 2012 0

Tércio Kasten e Bia Doria . Foto: Rute Enriconi

Artista plástica, a catarinense Bia Doria, esposa do apresentador e jornalista João Doria Jr, aceitou o convite para ser madrinha do evento que vai comemorar os 50 anos da Associação Catarinense de Hospitais (AHESC).

O convite feito na semana que passou, em São Paulo, onde ela mora, foi feito  pelo presidente da Federação dos Hospitais, Tércio Kasten, representando o presidente da AHESC, Dário Staczuk. Bia Dória é conhecida por atuar em causas sociais e humanitárias em vários estados brasileiros, mas sempre deu atenção especial à Santa Catarina, principalmente doando recursos para o hospital de sua cidade natal, Pinhalzinho no Oeste do Estado.

Bailarinos dançando no ar e sobre galhos de uma árvore

28 de maio de 2012 0

 

Foto: Walter Carvalho

“Tatyana”, o novo espetáculo da Cia Deborah Colker, estará em cartaz em Floripa no Teatro Pedro Ivo, dias 15 e 16 de junho. Neste novo trabalho, inspirado no romance “Evguêni Oniéguin”, do russo Púchkin (1799-1837), os bailarinos se movimentam nos galhos de uma árvore gigante feita pelo top cenógrafo Gringo Cardia. E também “flutuam” sobre uma plataforma invisível, enquanto grafismos são projetados num telão criando efeito 3D, isso no segundo ato. Espetáculo imperdível como tudo que a Deborah faz, e sempre junto com a cenografia do Gringo que tem parte da família morando na Ilha. E nem tudo está completamente perdido, afinal, alguma coisa boa da produção cultural do país ainda passa por aqui.

Pierre Sarkozy volta à Santa Catarina

25 de maio de 2012 4

Pierre Sarkozy. Foto: Divulgação

Agora sem a pressão e assédio extra por ser filho do presidente da França, Pierre Sarkozy volta ao Estado, e de novo pra tocar como DJ. Ele vem para reabertura do Green Valley, em Camboriú, no próximo dia 09. Nas picapes estará outro francês, Arno Coast. A mesma noite marca ainda a estreia de Rodrigo Vieira, filho da atriz Suzana Vieira, como diretor artístico do club. Será o primeiro evento dele na função, Rodrigo também é DJ assíduo no point.

E eu gostaria sinceramente de ouvir alguma música da Carla Bruni remixada pelo seu enteado. 

Outono na Praia do Rosa

25 de maio de 2012 0

Everson Suzin e sua bela mulher, Italia Suzin

Everson Suzin comandou evento regado à espumante catarinense, produção da sua Vinícola Suzin, com happy hour na pousada Quinta do Bucanero, na Praia do Rosa no último final de semana.

O grupo brindou com o espumante brut rosé, produzido pela sua Vinícola Suzin. E a festa continuou à noite, no Restaurante Sapore di Pasta, na Morada dos Bougainvilles, com mais espumantes e outros vinhos. Turismo na praia em dias frios tem sabor diferente e também especial.