Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Max Gonçalves - Olhar de quem percorre o mundo

12 de dezembro de 2013 0
Max fotografado pela filha, Bruna Gonçalves

Max fotografado pela filha, Bruna Gonçalves

Esta quinta-feira é dia do lançamento do livro  “Seduções, Remissões e Submissões“, de Max Gonçalves,  carioca que vive em Florianópolis há mais de 30 anos e nos mais recentes viajando pelo mundo afora. Max ficou conhecido no país quando, já morando na Ilha, criou a Fenasoft, primeira e maior feira de informática da América Latina, nos anos 1990. Homem de cultura, agora lança seu primeiro livro, “Seduções, Remissões e Submissões”, com sessão de autógrafos neste dia 12 de dezembro, na Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi Florianópolis. Aqui parte da entrevista que fiz com ele para a minha coluna da revista Donna DC há dois domingos atrás.

 
Por onde tem andado?

Atualmente vivo em Miami, mas viajo quase que mensalmente para diferentes lugares do mundo. Duas razões me levam a estas viagens, os livros e documentários que estou fazendo e os torneios de poker do circuito mundial

Homem ligado à cultura, qual o “start” para criar nos anos 1990 a primeira grande feira de informática da América Latina?

Me formei em Havard em matemática e sempre tive um interesse especial por tecnologia de ponta. No Rio de Janeiro tive um dos primeiros bureaux de informática do Brasil, a Suplius. Ali surgiu a ideia de fazermos congresso de tecnologias emergentes. Destes congressos evoluímos para a Fenasoft que teve a sua primeira duas edições no Rio e as demais em São Paulo. E também em outros países, entre eles Argentina e Portugal. A sede da Fenasoft sempre foi em Florianópolis e a sede internacional em Miami.

O que de melhor guarda, além do dinheiro que ganhou, dessa época e da Feira?

O melhor do ser humano são as boas memórias que ele consegue cultivar. Nisso eu sou muito rico. Tenho enormes lembranças da minha vida profissional e acumulei inúmeros amigos. Dentre estas memórias destaco a abertura do mercado de informática no Brasil; a privatização das empresas estatais de telefonia das quais fui presidente da comissão encarregada, trouxe inúmeras empresas de tecnologia para o Brasil como a Apple, Microsoft, Acer da China, Sansung, Creative Labs, Fujitsu, LG e outras.

Grandes feitos e satisfações:

Fiz palestras em todo o mundo tendo organizado o primeiro grande evento bianual de internet em Havard chamado “Internet and the World”, com a participação dos maiores nomes da tecnologia no mundo como Bill Gates, Steve Jobs (falecido), Steve Ballman, e os fundadores da Oracle, Google, Facebook… Uma das melhores lembranças e  maiores atividades foi integrar o grupo de fundadores da Ong Africa que reúne nomes como Bill Gates e Bonno.

P.S.:…e a entrevista continua no post acima.

Comments

comments

Envie seu Comentário