Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Eduardo Coutinho e a grande parceria com uma catarinense

03 de fevereiro de 2014 0

master red

Uma das maiores perdas de 2014 aconteceu logo no início do ano, o assassinato do cineasta Eduardo Coutinho, documentarista pra lá de especial,  morto dentro de casa no Rio de Janeiro, neste domingo, e segundo a polícia, vítima do próprio filho que também esfaqueou a mãe, esta internada. Uma das obras mais admiráveis de Coutinho foi o documentário Edifício Master, com moradores do popular endereço em Copacabana.

A catarinense Consuelo Lins

A catarinense Consuelo Lins

Uma catarinense foi a autora da ideia e trabalhou ao lado dele: Consuelo Lins, a filha mais nova de Olga Luz e do Pimpa Lins, irmã do Chico Lins, coordenador de futebol do Avaí, e da também cineasta e produtora Luiza Lins, além da jornalista radicada em Sampa, Maria Lins. Consuelo nasceu em Floripa, mora no Rio desde pequena e no momento está em Paris, foi dar aulas na Sorbonne  - onde fez seu doutorado em cinema – e recebeu lá a notícia, está arrasada com a perda do amigo e com quem tinha projetos futuros. Aos 81 anos de idade, Eduardo Coutinho era muito produtivo e cheio de planos.

Em 2004 ela lançou o livro “O documentário de Eduardo Coutinho: televisão, cinema e vídeo” (Ed. Zahar), sobre os 40 anos da carreira do diretor de “Cabra marcado para morrer” até “Peões”, de 2004, além do trabalho do cineasta junto ao Globo repórter nos anos 1970 e 1980.

 

Comments

comments

Envie seu Comentário