Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ausência temporária

26 de fevereiro de 2015 2

Mil desculpas aos leitores do blog e ainda é pouco este pedido. Ando ausente, mas nada parada ainda resolvendo assuntos relacionados ao falecimento da minha mãe, em 11 de dezembro.  Eu acho até que não é tão ruim tanto detalhe pra tratar, o triste é desfazer, e muito pior perder alguém que se ama, no caso o maior amor do mundo – mãe é mãe -, mas os assuntos relacionados a quem parte ajudam quem fica a sobreviver no tranco nestes primeiros meses.  Tudo porque simplesmente não dá tempo pra pensar. E  o raciocínio fica confuso.

O trabalho salva, mas como o dia ainda não tem 30 horas como o banco Itaú, e a coluna impressa está sendo feita no capricho, no Diário Catarinense estou presente todos os dias, menos aos domingos. Igual, também neste sentido me sinto pela metade ainda. E aí só resta mesmo pedir desculpa e vamos em frente.

Comments

comments

Comentários (2)

  • silverio diz: 26 de fevereiro de 2015

    Jú, não precisa desculpas. Entendemos perfeitamente o que é perder um ente querido. Mãe ou Pai, é muito mais dolorido. É uma dor que só quem passa, sabe.
    A mente fica confusa. Perde-se o chão e a noção do tempo. Ficamos procurando algo que não acharemos nunca mais. Só Ele tem a resposta. Muita FÉ. Grande abraço e fica com Deus.
    P.S. Mandei e-mail com uma foto em BH. Na rua Ramalhete, Aquela da música do Tavito. Com certeza deves lembrar da música.

Envie seu Comentário