Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Chris Burden _ perda para a arte contemporânea que no Brasil podemos ver em Inhotim

12 de maio de 2015 0
`Beam drop´, instalação de Chris Burden, em Inhotim - Foto: Juliana Wosgraus

`Beam drop´, instalação de Chris Burden, em Inhotim – Foto: Juliana Wosgraus

Morreu neste domingo o artista norte-americano Chris Burden, autor de obras contemporâneas de peso e performances um tanto assustadoras – uma vez pediu a um amigo que lhe desse um tiro de raspão, e por sorte o cara tinha mira -, mas ele não era maluco e tinha cérebro. Sua arte está no Brasil, no Parque Inhotim, município de Brumadinho, perto de Belo Horizonte. O museu de arte contemporânea em meio à natureza guarda obras dos maiores artistas contemporâneos do planeta.

Quando estive lá, há quatro anos – o museu tem seis – a obra de Chris Burden, “Bem Drop” me tocou muito, tanto que fiz um post especial aqui no blog.

Burden, que estava com 69 anos de idade, tem outra obra em Inhotim, e essa é indoor e chegou depois que estive lá. O parque museu não para de crescer. E cresce mais ainda agora por ser o único do mundo a ter obra de tal porte do artista, com suas 75 vigas de ferro fincadas numa piscina de concreto em meio à mata.

Dentro da instalação da fera - Foto: Ivone Wosgraus

Eu, dentro da instalação da fera – Foto: Ivone Wosgraus

De dentro pra fora - Foto: Juliana Wosgraus

De dentro pra fora – Foto: Juliana Wosgraus

Vendo de outro ângulo...

Vendo de outro ângulo…

... e tantos quantos se quiser - Fotos: Juliana Wosgraus

… e tantos quantos se quiser – Fotos: Juliana Wosgraus

Comments

comments

Envie seu Comentário