Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Quatro alimentos essenciais na papinha dos bebês

17 de maio de 2016 0
Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

Foto: Diego Vara / Agencia RBS.

 

Por Giane Guerra

 

Cereal ou tubérculo, alimento proteico de origem animal, leguminosas e hortaliças.

- Todos os grupos alimentares devem estar desde a primeira papinha do bebê. – a sugestão é da nutricionista Vaneise do Nascimento.

 

papas

 

 

A nutri enviou a tabela para o blog Lado Natureba para ajudar as mães a organizarem a introdução alimentar do bebê. Outra dica é oferecer a primeira papa salgada no almoço ao completar seis meses e na janta, aos sete meses.

Importante!

- Amassar com garfo, não liquidificar e não passar na peneira. A papa deve ficar consistente, em forma de purê grosso.

Mantém fibras inteiras e também estimula a mastigação. Evita crianças maiores preguiçosas para mastigar uma carne, por exemplo.

E mais:

- As refeições, quanto mais espessas e consistentes, apresentam maior densidade energética (caloria/grama de alimento), comparadas com as dietas diluídas, do tipo sucos e sopas ralas.

 

Quantidades sugeridas:

- Carne na quantidade de 50 a 70g/dia (duas papas). Picada e desfiada.
- Após os 6 meses, a capacidade gástrica do bebê é de 20 a 30ml por quilo de peso.
Medo de dar peixes e carnes?

Muitas mães têm receio que a criança não consiga triturar os pedaços de carne ou até mesmo se engasgar. Vaneise esclarece:

- A partir do 6º mês, a criança passa a ter defesa motora, o que faz expelir os alimentos que não consiga engolir.

 

Água

A criança deve beber água nos intervalos. Sempre!

E água não é suco. Efeitos negativos do suco como substituto da água serão sentidos no longo prazo.

 

Rejeitou?

A criança rejeitou o alimento? Ofereça em outro momento, de outra forma.

A nutricionista lembra que costuma-se dizer que o alimento deve ser oferecido dez vezes até que a criança realmente mostre que não gosta. Tem quem fale em 20 vezes!

 

Confira as duas receitas enviadas como sugestão da nutricionista para o blog Lado Natureba:

Papinha doce:

Banana e mamão e suco de laranja lima (é a laranja do céu)
Ingredientes:
-1 banana maçã
-1 colher de sopa de mamão papaia
- Suco de laranja lima a gosto

Preparo:
Amasse a banana e o mamão, coloque o suco de laranja e misture bem. Servir imediatamente, NÃO aproveitar a sobra, as frutas vão oxidar e perder sua qualidade!

 

Papinha salgada:

Papinha de Batata, cenoura, frango e espinafre:
Ingredientes:
-1 batata média cortada em cubos
- ½ cenoura cortada em cubos
- 1 prato de sobremesa de folhas de espinafre
- 2 colheres de sopa de peito de frango desfiado
- 1/2 dente de alho amassado
- 1 colher de chá de cebola picada
- 1 colher de sobremesa de azeite de oliva
- 1 colher de chá de salsinha picada, lavada e higienizada
- Caldo de legumes (NÃO industrializado!) o suficiente para cozinhar.

Preparo:
Em uma panela de fundom aqueça o azeite de oliva e refogue a cebola sem deixar queimar.
Na sequência, dourar o alho, e acrescentar o peito de frango desfiado, as folhas de espinafre.
Assim que as folhas murcharem, acrescente a batata e a cenoura. Cubra com caldo (preparado) e deixe cozinhar até que os legumes estejam macios.
Coloque a sopinha no prato e amasse os legumes com um garfo. Finalize com a salsinha picada e está pronta!
Assim que o bebê estiver habituado com o sabor, é hora de trocar ou acrescentar mais um ingrediente. Esse ingrediente pode ser chuchu, beterraba, tomate, etc. Cuidado com a temperatura na hora de oferecer ao bebê.

Curso

A nutricionista Vaneise do Nascimento dá um curso “Preparo de papinhas para bebês” (da WebTV Senac). É dividido em quatro módulos – Introdução à Alimentação Infantil, Alimentação Ideal para as Crianças, Papinhas para Bebês antes dos 6 meses e Papinhas para Bebês de 6 a 12 meses.

Leia mais:

Comida de criança – alimentos para substituir pães e biscoitos

Bela Gil responde perguntas sobre introdução alimentar infantil

Alimentação infantil – arroz e feijão não são suficientes

Nova fórmula do Danoninho reduziu açúcar em 2%

Achocolatados têm açúcar demais e cacau de menos

 

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

 

Envie seu Comentário