Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Receita de xarope contra a tosse e a explicação científica para os ingredientes

18 de maio de 2016 0

 

Foto: Ilya Andriyanov / Deposit Photos.

Foto: Ilya Andriyanov / Deposit Photos.

 

 

Por Giane Guerra

 

Receita de lambedor conta a tosse:

Ingredientes:
Beterraba (50g), Cebola-branca (20g), Cenoura (50g)
Açúcar mascavo (200g) OU mel de abelhas (200ml)

Modo de preparar:
Cortar a beterraba, as cebolas e as cenouras e rodelas.
Colocar em um prato uma camada de açúcar e cobrir com uma camada de rodelas das plantas.
Seguir intercalando plantas e açúcar e no final cobrir com uma camada de açúcar.
Deixar em ar ambiente, em um local protegido, coberto com uma peneira.
No dia seguinte de manhã cedo, recolher, coar e guardar em recipiente adequado.

Modo de tomar:
De 1 ano a 6 anos: 1 colher das de chá, 3x ao dia;
De 6 anos a 12 anos: 2 colheres das de chá, 3 x ao dia;
Acima de 12 anos: 1 colher de sopa, 3 x ao dia.

Modo de conservar:
Conserve na geladeira, retirando o que for consumir apenas para dois dias.

 

A receita é do pediatra Flávio Melo para tosses das crianças. O mais interessante é que o médico mostra que há uma ciência por trás da tradicional receita.

- Açúcar ou mel: permitem a formação de um filme protetor nas vias aéreas inflamadas e irritadas pelo efeito da doença. “Seria como a ‘capa que protege o fio’. Imagine o que acontece com um fio desencapado.”
- Mel com própolis contém substâncias bactericidas e fungicidas, que podem evitar as complicações da infecções virais.
- Cebola, cenoura e beterraba têm antioxidantes, reguladores da contração da musculatura brônquica e açúcares que protegem as vias aéreas. Controlam a reação inflamatória e consequentemente os sintomas.
- Na cebola, destaca-se a quercetina e os sulfuranos. Na cenoura, os carotenos. Na beterraba, a betaína e antocianinas (também estão na cebola roxa). Para melhor aproveitamento, devem ser usadas cruas.

 

*** Atenção ***

Alertas que o pediatra Flávio Melo faz questão de enfatizar:

- Tosse pode significar algo sério. Antes do lambedor, consulte o pediatra.
- Para menores de um ano, não se deve usar mel de abelha pelo risco de botulismo.
- Se a tosse não alivia, se há dificuldade para respirar, é preciso buscar atendimento médico.
- O lambedor é uma medida complementar e nada do que foi prescrito pelo pediatra deve ser suspenso sem consultá-lo.

 

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Envie seu Comentário