Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Por que não dar gelatina para crianças?

11 de agosto de 2016 3
Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

 

 

Por Giane Guerra

Mais um post da série do Lado Natureba para alertar sobre alimentos que não devem ser oferecidos para crianças. Parceria com a nutricionista infantil Fabíola Frezza Andriola.

 

 

Por que não dar gelatina para crianças?

 

Gente, difícil entender como ainda recomendam gelatina para crianças… Há uma cultura errada de que gelatina é um alimento saudável e nutritivo.

Gelatina é rica em açúcar, sendo quase sempre o primeiro ingrediente. Ou seja, o item que o produto mais tem.

Mas algo incrível é a quantidade enorme de aditivos químicos artificiais que colocam na gelatina.

- A gente nem podia chamar gelatina de alimento. É um produto alimentício, manipulado e muito artificial. Não tem tipo algum de nutriente. – alerta a nutri.

São o que chamamos de “calorias vazias”. Oferecemos açúcar para a criança, sem oferecer energia, sem nutriente.

Até muitos profissionais sugerem a gelatina como sobremesa, como uma sobremesa leve. Só que cria o hábito do açúcar e de que tem que ter sobremesa.

- Acaba sendo usada até para chantagem. A criança forma o comportamento de que a comida é obrigação e não prazer. – desabafa Fabíola.

Apenas para ter uma recompensa. Aí, quando a criança vira adulto e tem poder sobre o que come… Só vai querer a “recompensa”. Até porque guarda a sensação de  que a refeição é algo ruim.

E o pior: Tem gente que oferece gelatina light e diet achando que está fazendo bem por não dar açúcar. Só que tem adoçante. Fora prescrição médica por alguma doença, não é recomendado para crianças! E todos os espessantes, aromatizantes, corantes…

 

Atenção: Corante amarelo crepúsculo

Muito usado na gelatina. Está relacionado com a hiperatividade em crianças. Mas os adultos também têm que cuidar.

O próprio açúcar já deixa as crianças mais agitadas. Este corante amarelo crepúsculo ainda mais. Vários países já proíbem este corante.

 

Fonte de colágeno?

A nutricionista Fabíola Andriola diz que a quantidade é pequena.

- E, no meio de um monte de açúcar, não tem benefício.

..

Mas a nutri e o Lado Natureba, claro, trazem alternativas!

No mercado, tem a gelatina incolor, sem sabor. Ela não tem açúcar e nem conservantes e outros “antes”. Então, pode preparar com suco natural da fruta. Suco integral sem açúcar!

Mesmo assim, a nutri pede que seja depois de 1 ano de idade, no mínimo. E sem associar como recompensa por ter comido o alimento salgado.

Há ainda as gelatinas vegetais. A mais conhecida é o agar agar, que é um pó.

 

E uma receitinha bacana…

 

Bala de gelatina e suco natural

Ingredientes:

Dois pacotinhos de gelatina sem sabor.

Uma xícara e meia de suco natural integral e concentrado (integral mantém fibras!) – Pode ser uva, manga, maracujá, etc. Só ir testando a consistência.

Modo de fazer:

Misture os dois ingredientes em uma tigela.

Coloque 20 segundos no micro-ondas e misture mais.

Coloque em forminhas de silicone e leve ao congelador por 10 minutos.

Pronto! Mantenha na geladeira, mas as balinhas também duram algumas horas fora. Tirando alguns minutos antes de comer, ficam mais saborosas.

 

bala-1-225x300 bala-2-300x225

 

Série: Por que não?

Por que não dar suco de caixinha para crianças?

Por que não dar mingau pronto e engrossante para crianças?

Por que não dar “inhos” para crianças? Não valem por um bifinho.

 

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Comentários (3)

  • Andréia Oliveira diz: 11 de agosto de 2016

    Avisa pra nutri que mesmo as gelatinas ditas normais possuem adoçantes como sacarina, aspartame e ciclamato. Ah,e não só as gelatinas, os pudins também. Descobri quando comecei a olhar os rótulos para ver se continha leite, pq meu filho tem intolerância à lactose. Perguntei pra Dr. Otcker e Royal pq colocaram adoçantes, sendo que é oferecido para bebês em forma de suco, e as respostas foram absurdas!

  • Carolina Weber Guazzelli diz: 11 de agosto de 2016

    Sugestão de pauta: porque não dar pipoca para crianças.
    Desde que meu filho descobriu a pipoca no parque e que, conversando com a pediatra sobre, ela me alertou dos riscos com afogamento por causa da casca do milho, observo a falta de informação ou despreocupação dos pais ao dar pipoca para seus filhos.

  • Lucas diz: 26 de agosto de 2016

    Existe algum estudo confirmando que o açúcar deixa as crianças agitadas?
    Já escutei de médico que isso não é verdade.

Envie seu Comentário