Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "massa"

Leitora pede avaliação de duas marcas de macarrão instantâneo com apelo saudável

09 de janeiro de 2017 0

Leitor pergunta. Lado Natureba responde.

O macarrão instantâneo tradicional – popular miojo – é um alimento da categoria industrializado ultraprocessado. Costumam ter muito sódio e gordura na própria massinha. No tempero, então, tem mais ainda, incluindo conservantes bem ruins.

Leia mais sobre isso aqui: Por que não dar miojo para crianças?

Então, a leitora Karolina pediu para o blog uma avaliação de duas marcas de macarrão instantâneo que ela encontrou para comprar e que têm um apelo no rótulo de serem mais saudáveis:

 

4a59f95c-cb73-4179-8719-c5202a40638c b7319a37-06ee-42d9-940b-5fc17129bd16 ecb36f77-2c9f-4618-ac01-98d0b2aaff00 e3af5821-0ab2-494f-a7bf-ae9364fad0e1
E a gente repassou para a Bianca Canci, nutricionista que está se especializando em construir e analisar tabelas nutricionais e, é claro, as famosas listas de ingredientes:

Nutri Bianca Canci - A lista de ingredientes é “menos pior” que os miojos da vida… Pelo menos, a do macarrão é bem simples. Mas no tempero sempre vai ter algum item químico não tão natureba assim. Por exemplo, na primeira opção, o de carne: corante natural cúcuma e urucum. Ok. Entretanto, temos maltodextrina e também açúcar. O cloreto de potássio parece estar substituindo o cloreto de sódio, que é o sal comum. Mas, na porção, ainda temos quase 1g de sódio. A recomendação é de 6g/dia de sal ou 2.400mg de sódio. O de frango, de químico, só tem os aromas. Mas temos que observar que, na natureza, não existe frango em pó ou desidratado. Teria que ver o processo que a indústria usa para obter estes produtos. É simplesmente a retirada de água ou vai algum produto químico junto?

*** E compartilho com vocês o resto do meu diálogo com a nutri:

Blog Lado Natureba - Por que essa magia em volta do macarrão instantâneo, né?

Nutri - Estes produtos vieram com o “brilho” da praticidade. Só que uma massa comum leva, em média, sete minutos para ficar pronta. Enquanto ela cozinha, podemos juntar o que temos legumes na geladeira, fazer um refogado e jogar na massa.

Natureba - Exato! Muito mais saudável. No sábado, cozinhei uma massa integral em menos de dez minutos. Na panela do lado, esquentei sardinha de lata, pedaços de tomate e um resto de cenoura cozida que estava na geladeira. Almoço saudável no prato em menos de meia hora.

Nutri - Boa! Quando temos preguiça, é só refogar o que tem de sobra na geladeira e colocar na massa. Massinha com refogado!

Natureba - Marido elogia e eu digo: “Aproveita porque não faço ideia de como fazer essa receita de novo.”

Aliás, a própria marca Mossmann opções legais de massas tradicionais. Sem a necessidade de ser instantânea e ganhar alguns minutos no cozimento.

===

Leia mais:

Receita – Nuggets caseiro de peixe

Criança brasileira come muito biscoito recheado, macarrão instantâneo e bebida adoçada

Mito ou verdade – Farinha ajuda a eliminar a gordura do churrasco?

“Zero trans”? – A gordura trans que você não vê nos alimentos

Dez industrializados para comer e oferecer para crianças sem preocupação

Dez coisas que crianças não devem comer. Veja opções melhores.

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

E também curta o Facebook do Lado Natureba.

 

 

Receita - Massa de pizza 100% integral

10 de outubro de 2016 1

Por Giane Guerra

 

14591863_1842758592670330_8428231414550969028_n

 

 

Nunca achei para comprar massa totalmente integral de pizza. Pois ganhei o fim de semana ao conseguir fazer em casa! Com a ajuda da filhota. Veja a receita:

 

Massa de pizza 100% integral  

1 + 1/3 copo americano de água (200ml)
3 colheres sopa azeite de oliva
1/3 colher chá de sal marinho
4 copos de farinha farinha de trigo integral
2 colheres chá de fermento biológico

Ingredientes:

Coloquei essa para sovar na panificadora. Mas seja na máquina ou na mão, é preciso que fique bem homogênea, como na foto. Se ficar muito grudenta, colocar mais farinha. Se ficar muito esfarelada, colocar mais água. Sempre aos poucos e mexendo, para testar. Isso porque as medidas podem mudar conforme o tipo de farinha. Mesmo as integrais têm diferenças. Algumas são mais esfareladas e outras mais fininhas.

Fiz dois discos com essa receita, mas achei que a massa pode ficar mais fina.  Então, vou fazer três pizzas com esta massa da próxima vez.

A cobertura desta pizza da foto levou extrato caseiro de tomate cereja, cenoura ralada, queijo fatiado normal, um pouco de queijo gorgonzola, cenoura ralada, pimenta e orégano.

 

 

14572976_1842758606003662_1744741839964205323_n 14495424_1842758619336994_7691598553271865852_n 14650443_1842758632670326_2276400707450920054_n

 

 

 

Outras receitas do blog Lado Natureba:

Receita – Compota de ameixas amarelas (nêsperas)

Receita – Bolinho de arroz integral rico em fibras de talos e folhas

Metabolix – Suco acelera o metabolismo e ajuda a queimar gorduras

Receita – Leite de coco caseiro

Receita – Bolo integral de cenoura feito no liquidificador

Receita – Massa de pizza feita de couve-flor

Receita – Pãozinho de inhame com polvilho

Receita – Banana assada com chocolate

Receita – Nuggets caseiro de peixe

Receita – Bolo de chocolate com café feito no liquidificador

Receitas – Brigadeiro e Bolo de casca de banana

Louco por um doce? Coma ambrosia, sugere nutricionista.

Receita – Escondidinho Low Carb de moranga com camarão

Receita – Bolo de beterraba sem ovos nem leite

Receita – Bolinho integral com frutas cristalizadas

Receita – Pão de queijo de liquidificador

Receita – Massa integral com mexilhão temperada com açafrão

Receita – Bolinho salgado de lentilha ótimo para petisco

Como lavar tomates e fazer extrato em casa

Receita – Bolo de caneca de banana e aveia que fica pronto em minutos

Receita – Brownie 70% cacau

Receita – Mousse natureba de cacau e castanhas

Receita – Risoto de arroz vermelho com queijo coalho e tomate seco

Receita vapt vupt – Panqueca de banana, aveia e ovo

Que tal uma canja de galinha natureba? Confira a receita

Receita de lambedor contra a tosse e a explicação científica para os ingredientes

Receita Natureba: Cookies integrais de aveia com chocolate

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

Receita - Massa de pizza feita de couve-flor

28 de setembro de 2016 1

Por Giane Guerra

 

 

16c20c9a-230d-4c3f-97a7-a5fc40e43204

 

 

A apresentadora da Rádio Gaúcha Andressa Xavier se debandou de vez – e com orgulho – para o Lado Natureba da força. Mandou essa receita bem interessante para fazer massa de pizza com couve-flor.

É uma ótima pedida para quem precisa reduzir o consumo de farinhas, mesmo as integrais. Andressa fez a cobertura com linguiça que a sogra trouxe do interior. Mas você pode escolher a cobertura que quiser. Quer uma pizza mais leve? Que tal brócolis, tomate, queijo branco? É só inventar moda e mandar foto para a gente!

Vamos à receita:

Pizza com massa de couve-flor

Ingredientes:

- Uma couve-flor
- sal, orégano e alho
- queijo
- molho de tomate caseiro
- queijo
- recheio que preferir

Modo de fazer:

Para fazer a massa, tem que triturar a couve-flor limpa e crua (ideal seria um processador, mas dá pra fazer no liquidificador). Coloquei num pote de vidro e deixei por oito minutos no micro-ondas. Depois disso, tem que coar para retirar a água. Fiz isso num pano de prato fino. Retirado o excesso de líquido, temperei com sal, pimenta, orégano e um dente de alho esmagado. Depois de temperado, misturei um ovo cru e misturei bem. Com a massa pronta, untei a forma de pizza com azeite de oliva e coloquei toda mistura. São 25 minutos de forno – fica mais dourada – e depois é só colocar o molho de tomate, queijo e o recheio.

Molho de tomate: Fritei uma cebola e dois tomates grandes, até desmanchar.

Recheio: Apenas coloquei linguiça fininha feita na panela de ferro com cebola. Aproveitei os 25 minutos da massa no forno para fazer esse recheio. Dá pra fazer só queijo, frango, rodelas de tomates, palmitos… qualquer coisa que tiver na geladeira!

Olha as fotos do preparo todo:

 

 

c06b4e51-c9c5-4b75-82df-a14531a32ab8 2361c019-e30c-435e-89cb-e69cdb31262e 2fb53474-c8ad-4b2d-885d-ca303d353b11 4f2cef87-4059-49bc-88c3-f3249c947fbe 0fe092d4-13ba-40e5-b109-8443defb393a 32792864-2783-4ad2-86f0-25b7c322d13f

 

 

Veja outras receitas:

Receita – Pãozinho de inhame com polvilho

Receita – Banana assada com chocolate

Receita – Nuggets caseiro de peixe

Receita – Bolo de chocolate com café feito no liquidificador

Receitas – Brigadeiro e Bolo de casca de banana

Louco por um doce? Coma ambrosia, sugere nutricionista.

Receita – Escondidinho Low Carb de moranga com camarão

Receita – Bolo de beterraba sem ovos nem leite

Receita – Bolinho integral com frutas cristalizadas

Receita – Pão de queijo de liquidificador

Receita – Massa integral com mexilhão temperada com açafrão

Receita – Bolinho salgado de lentilha ótimo para petisco

Como lavar tomates e fazer extrato em casa

Receita – Bolo de caneca de banana e aveia que fica pronto em minutos

Receita – Brownie 70% cacau

Receita – Mousse natureba de cacau e castanhas

Receita – Risoto de arroz vermelho com queijo coalho e tomate seco

Receita vapt vupt – Panqueca de banana, aveia e ovo

Que tal uma canja de galinha natureba? Confira a receita

Receita de lambedor contra a tosse e a explicação científica para os ingredientes

Receita Natureba: Cookies integrais de aveia com chocolate

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Por que não dar miojo para crianças?

07 de setembro de 2016 1

Por Giane Guerra

 

 

Foto: CC0 Public Domain.

Foto: CC0 Public Domain.

 

 

Mais um post da série do Lado Natureba para alertar sobre alimentos que não devem ser oferecidos para crianças. Parceria com a nutricionista infantil Fabíola Frezza Andriola, que conduz a página Sabores do Bem – BLW e Introdução Alimentar Participativa.

 

Por que não dar miojo para crianças?

Macarrão instantâneo, tipo lámen ou, como é mais conhecido, miojo. Pesquisa da Kantar já mostrou que 62% do consumo deste tipo de massa no País é feito por famílias com crianças. O consumo é maior ainda na Região Sul.

Relembre: Criança brasileira come muito biscoito recheado, macarrão instantâneo e bebida adoçada

O popular miojo é um alimento da categoria industrializado ultraprocessado. Além disso, a nutricionista Fabíola Andriola alerta que tem muitos aromatizantes, corantes e conservantes.

- E tem cinco vezes mais gordura do que um macarrão tradicional. Tem ainda o glutamato de sódio, que é um realçador de sabor. Além de ser prejudicial à saúde, vicia o paladar.

 

Mas só como a massinha…

Muitos dizem que não comem com o tempero, acreditando que o problema está só ali. Mas a massa é feita basicamente de gordura e sódio, além de frita antes. Isso permite que cozinhe rápido.

 

Sódio

Sódio é um problema sério. Entre os prejuízos, da super conhecida hipertensão até a asma. Retenção de líquidos é outro problema que causa muito desconforto e é provocada pelo excesso de sódio.

- Esses miojos têm quantidades assustadoras de sódio. Algumas marcas têm 1.700 mg de sódio, sendo que a recomendação é de 2.000 mg por dia. Um exagero para adultos e que é ainda mais prejudicial para crianças. – alerta a nutri.

 

Gordura

A gordura usada para deixar o macarrão instantâneo naquela textura macia é a vegetal. Como muitos fabricantes não descrevem qual tipo, a tendência é que seja a hidrogenada, que é a pior gordura.

- Na infância, fazemos o que chamamos de “memória celular”. Crianças que têm aumento grande das células adiposas nessa faixa etária ficam com chances gigantes de ter obesidade na fase adulta. Celulas de gordura não são eliminadas no emagrecimento. Apenas murcham.

 

Mas é prática!

Mas será que esses poucos minutos valem à pena? Um miojo fica pronto em três minutos. Mas há boas massas integrais no mercado que ficam prontas em seis ou oito minutos.

Mesmo que não sejam integrais, há massas brancas à venda que são só farinha e água, sem aditivos e até mesmo sem sal. O consumidor coloca a quantidade de sal que deseja no molho ou na água do cozimento.

Quem gosta do formato da massinha, a nutri Fabíola Andriola sugere a massa bifum, feita de arroz e água. E fica pronta em dois minutos!

Dica do Lado Natureba: Quando estou com pressa em casa, cozinho uma massa, corto um tomate, ralo uma cenoura em cima, coloco um ovo picado ou uma lata de sardinha. Ou refogo rapidinho o que tenho de legumes, coloco um azeite de oliva. Temperadinho com o que tem em casa. Nós e as crianças comemos e adoramos. Rápido, saudável e saboroso.


Posts anteriores:

Por que não dar bolacha maria e de maisena para crianças?

Por que não dar salsicha para crianças?

Por que não dar achocolatado para crianças?

Por que não dar gelatina para crianças?

Por que não dar suco de caixinha para crianças?

Por que não dar mingau pronto e engrossante para crianças?

Por que não dar “inhos” para crianças? Não valem por um bifinho.

 

===

Restaurantes precisam caprichar mais no menu kids

Kinder Ovo está proibido e McLanche teve que mudar pela saúde das crianças do Chile

Dá pra ver na televisão que é gostoso! – diz menina em pesquisa sobre publicidade de alimentos

Criança brasileira come muito biscoito recheado, macarrão instantâneo e bebida adoçada

Criança saudável – O que fazer quando o amigo do filho só come guloseimas

Quatro alimentos essenciais na papinha dos bebês

Bela Gil responde perguntas sobre introdução alimentar infantil

Alimentação infantil – arroz e feijão não são suficientes

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

Leitores perguntam se o alimento integral é sempre mais saudável

05 de agosto de 2016 1

Leitor pergunta. Lado Natureba responde.

 

Foto: Tatiana Cavagnolli /  Agência RBS.

Foto: Tatiana Cavagnolli / Agência RBS.

 

 

Por Giane Guerra

 

Alimentos integrais são basicamente grãos e cereais. Englobam arroz, trigo, aveia e centeio. Além dos derivados. Não passam pelos processos de refino e, portanto, conservam cascas e películas protetoras. Com isso, não descartam partes ricas em fibras e nutrientes. A concentração é maior nas casas. Ganharam espaço na alimentação quando estudos da década de 70 mostraram que africanos que comiam cereais integrais tinham menos doenças intestinais, além da redução do colesterol e da glicose no sangue.

 

Leitores perguntam se o alimento integral é sempre mais saudável

Nutricionista Rita Lamas responde:

Sim. O alimento integral é sempre mais saudável. Tem mais fibras e tem mais nutrientes. Ou seja, não é indicado comer pão branco em vez do integral.

Exceções ocorreriam apenas quando o paciente está com diarreia ou então se vai fazer um treino esportivo pesado e longo, que exige energia rápida.

A nutricionista infantil Fabíola Andriola, inclusive, recomenda fazer a introdução alimentar das crianças com alimentos integrais.

Médico da Associação Brasileira de Nutrologia, Paulo Henkin também concorda que o integral é mais saudável por ter mais nutrientes do que “seu par refinado”.

Então, resumindo:

Integral é bom porque…

- a fibra provoca absorção mais lenta e maior sensação de saciedade
- ajuda na digestão
- reduz a pressão arterial, o nível de glicemia e ajuda no tratamento de doenças cardiovasculares
- tem micronutrientes, como vitaminas e sais minerais que são eliminados no processo de refino

Está de dieta de emagrecimento? O alimento integral traz mais saciedade.

Tem diabete? A fibra do alimento integral ajuda na absorção adequada do açúcar. Inclusive, dos carboidratos “salgados”.


Leia também:

Padarias aumentam produção de integrais e preços podem cair

Biscoitos que não são tão integrais assim. Fique de olho.

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Receita - Massa integral com mexilhão temperada com açafrão

03 de agosto de 2016 0

40887ba2-2bba-42fc-8160-5d3d6c8994fd

 

Por Giane Guerra

 

 

Dentro do lema das receitas do blog Lado Natureba: rápida, fácil e deliciosa.

Massa com mexilhão temperada com açafrão

Igredientes:

- Alho – Usei cinco dentes.

- Óleo para refogar

- Massa integral – Usei um pacote inteiro.

- Mexilhão – Usei 400g.

- Açafrão da terra

- Dois tomates bem grandes e maduros.

- Temperei também com cebolinha verde desidratada.

- Sal e pimenta a gosto. Uso sal marinho.

 

Modo de fazer:

- Refogar o alho no óleo.

- Colocar o tomate e deixar cozinhar até ficar bem macio.

- Colocar o mexilhão e temperos. Tampar e cozinhar por 15 minutos.

- Colocar sobre a massa cozida.

Pronto! Aproveitem.

** Em tempo – Coloquei no prato também um pouco de couve refogada na manteiga. **

 

Veja mais receitas:

Receita – Bolinho salgado de lentilha ótimo para petisco

Como lavar tomates e fazer extrato em casa

Receita – Bolo de caneca de banana e aveia que fica pronto em minutos

Receita – Brownie 70% cacau

Receita – Mousse natureba de cacau e castanhas

Receita – Risoto de arroz vermelho com queijo coalho e tomate seco

Receita vapt vupt – Panqueca de banana, aveia e ovo

Que tal uma canja de galinha natureba? Confira a receita

Receita de lambedor contra a tosse e a explicação científica para os ingredientes

Receita Natureba: Cookies integrais de aveia com chocolate

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

 

Macarrão instantâneo - Rápido, mas cheio de sódio e gordura

21 de junho de 2016 3
Foto: Thinkstock / Divulgação.

Foto: Thinkstock / Divulgação.

 

 

Por Giane Guerra
Tem pressa para cozinhar e recorrer às massas tipo miojo? Mas acho que ganhar seis minutos não valem a pena. Só acho…

O macarrão instantâneo foi criado durante um período de guerra quando muita gente ficava horas na fila para comprar comida. Hoje, o Brasil é o décimo maior consumidor deste produto.

Alerta das nutricionistas do site Desrotulando (antigo Fechando o Zíper): o macarrão instantâneo é frito. Ou seja, concentra na massa a maior parte da gordura. Quase 30% do limite diário, em alguns casos.

“A mágica para a redução do tempo de cozimento é que no seu processo de fabricação, o macarrão é pré-cozido e depois FRITO para possibilitar a perda d’água e deixá-lo “sequinho” novamente. Essa simples ação acrescenta ao prato aproximadamente 115 calorias e 15g de gordura quando comparada a uma massa do tipo espaguete comum.”

Aliás, a gordura cozinha mais rápido do que a farinha. Portanto… não fique com a consciência tranquila porque não usa o tempero e “come só a massinha”.

Além da gordura, outro problema: muito sódio. Confira a comparação do Desrotulando: um pacotinho pode ter quase 70% do limite de sódio diário recomendado pela Organização Mundial da Saúde.

 

miojo

 

Sódio é um problema sério. Entre os prejuízos, a super conhecida hipertensão até a asma. Retenção de líquidos é outro problema que causa muito desconforto e é provocada pelo excesso de sódio.

Veja as notas dos tipos de macarrão instantâneo avaliados pelo Desrotulando:

 

massa

 

 

Mas há algumas boas alternativas para experimentar:

 

macarr

 

 

Dica do Lado Natureba: Quando estou com pressa em casa, cozinho uma massa, corto um tomate, ralo uma cenoura em cima, coloco um ovo picado ou uma lata de sardinha.  Ou refogo rapidinho o que tenho de legumes, coloco um azeite de oliva. Temperadinho com o que tem em casa. Nós e as crianças comemos e adoramos. Rápido, saudável e saboroso.

Leia mais:

Criança brasileira come muito biscoito recheado, macarrão instantâneo e bebida adoçada

Entenda a escala de alimentos – Do in natura até o ultraprocessado

Comida de criança – alimentos para substituir pães e biscoitos

Coca-Cola verde reduziu açúcar, mas aumentou o sódio

Nova fórmula do Danoninho reduziu o açúcar em apenas 2%

Achocolatados têm açúcar demais e cacau de menos

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.