Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "venda"

Chocolatier de Canela faz ovos e coelhos de Páscoa sem conservantes

31 de março de 2017 1

choco5

 

 

Já contamos aqui a história do chocolatier Andrei Martinez: Chocolate sem conservantes e com ingredientes orgânicos é feito na Serra Gaúcha

Pois ele está com produção especial para esta Páscoa. Trouxe cacau do Pará para produzir 100 quilos de chocolate em Canela, na Serra Gaúcha. São 200 ovos, 300 barras e 500 coelhinhos de chocolate.

Usa a própria gordura do cacau. Então, não precisa adicionar gorduras que não fazem bem à saúde.

- Eu não quero só fazer um doce. Eu quero levar um alimento para as pessoas. – diz o chocolatier.

Não usa conservantes nem outros aditivos químicos, como aromatizantes. O chocolate 71% tem só dois ingredientes: cacau e açúcar orgânico!

Antes de achar que é caro demais, peça o catálogo e compare os preços com os ovos de Páscoa tradicionais. Pode pedir aqui pelo Facebook do Andrei Martinez.

Esta foi a minha encomenda, que chegou lá em casa à noite passada:

 

choco1 choco2 choco3

 

 

===

Leia mais:

Receita – Mousse de chocolate sem açúcar

Oito fábricas de Gramado definem mínimo de 35% de cacau no chocolate e nada de gordura vegetal

Leitora pergunta: Quantas vezes por semana uma criança pode comer chocolate?

Leitora – Por que dizem que chocolate branco não é chocolate?

Chocolate artesanal saudável é aposta de tradicional fábrica da Serra Gaúcha

Cheirar chocolate – Moda de inalar cacau pode provocar intoxicação

Bebê pode comer cacau?

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

E também curta o Facebook do Lado Natureba.

 

 

 

Pedro Ernesto Denardin começa a vender orgânicos pela internet

08 de fevereiro de 2017 1

Por Giane Guerra

 

denardin

 

Além de narrador de futebol e apresentador da Rádio Gaúcha, Pedro Ernesto Denardin planta orgânicos em Viamão. E agora vai vender também pela internet. Será pelo site EntregueEmCasa, que já vende e entrega para o cliente outros produtos de supermercados e do Mercado Público.

São 17 produtos da linha Orgânicos Denardin: alface mimosa roxa, alface mimosa verde, alface crespa roxa, alface crespa, tomate cereja, beterraba, alface americana, abobrinha, berinjela, salsa, espinafre, pimentão, tempero verde, rúcula, couve e cebolinha. Alguns estarão disponíveis somente na estação.

Os produtos Orgânicos Denardin são certificados pela Ecocert. Ficam resfriados no estoque para ampliar o tempo de conservação.

denardin2

 

A ideia é oferecer preço mais baixo que em um supermercado tradicional. O EntregueEmCasa tem três modalidades de entrega: R$ 12 para entrega no mesmo dia (toda Porto Alegre), R$ 6 para entrega no próximo dia útil ou entrega grátis em 2 dias úteis.

Site

O EntregueEmCasa tem mais de três mil produtos, que incluem orgânicos e itens de bancas do Mercado Público de Porto Alegre.

- Também oferecemos listas de compra para tornar o processo mais rápido e um sistema de assinatura, onde o cliente pode receber os produtos escolhidos toda semana, a cada 15 dias ou mensalmente. – explica o coordenador, Rafael Zatti.

===

Leia mais:

Franquia de Goiás quer abrir 12 lojas de produtos orgânicos e saudáveis no Rio Grande do Sul

Loja virtual do Mercado Público começa a vender para o interior do Rio Grande do Sul

Aberta seleção de 30 empresas de orgânicos para consultoria subsidiada do Sebrae

Leitor pergunta: Lavar o alimento retira parte dos agrotóxicos?

Uso de agrotóxicos triplicou em cinco anos no Rio Grande do Sul

Um em cada dez consumidores já compra orgânicos nos supermercados gaúchos

Orgânicos precisam de cuidados para durarem mais

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

E também curta o Facebook do Lado Natureba.

 

 

Empresa de Caxias do Sul abre loja em Porto Alegre para vender produtos para corrida

15 de agosto de 2016 0

Por Giane Guerra

Quadro Serra de Negócios, no programa Destaque Econômico.

Por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br)

 

Foto: Divulgação Girardi.

Foto: Divulgação Girardi.

 

A Girardi vai abrir uma loja para vender produtos de corrida em Porto Alegre. Além de chegar na Capital, a empresa de Caxias do Sul está entrando no mercado de franquias.

Foi criada como uma loja de bairro há dez anos. A unidade de Porto Alegre ficará no Bairro Três Figueiras. Deve ser inaugurada em outubro.

A Girardi vende produtos básicos de corrida, como tênis. Mas também comercializa testes e treinamentos.

Segundo a diretora, Daiane Potrich, as franquias vão oferecer, por exemplo, o “teste de pisada” e o “treino de segunda”, além de um encontro semanal com grupos e corredores iniciantes em busca de parceria para os primeiros passos no esporte.

Chama atenção que uma das primeiras franquias de running store do País tenha nascido em uma cidade como Caxias do Sul, onde a geografia para corridas não das mais estimulantes. A cidade da Serra Gaúcha é sitiada por morros.

O negócio já conta uma loja no Jardim América e outra unidade no Shopping Iguatemi Caxias. Apesar de o valor final depender do tamanho da loja, o investimento médio em uma franquia da Girardi Running Store é de cerca de R$ 500 mil. O valor inclui taxa de franchising, estoque inicial de produtos, o investimento em estrutura e o capital de giro.

 

Foto: Edson Pereira / Divulgação.

Foto: Edson Pereira / Divulgação.

 

Leia também:

Treino de luta e funcional gasta até 1 mil calorias em academia para mulheres em Porto Alegre

Asma – Exercícios aeróbicos previnem e também revertem a doença

Gripe A – Alimentos que ajudam a aumentar a imunidade

Quais são e onde estão os nutrientes que fortalecem o sistema imunológico

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

 

 

Loja virtual do Mercado Público começa a vender para o interior do Rio Grande do Sul

01 de agosto de 2016 0

mercadopublicointerior

 

 

Por Giane Guerra

 

 

Pessoal pergunta muito para o Lado Natureba como comer bem sem estourar o orçamento, além de onde encontrar produtos bacanas. O Mercado Público das cidades é sempre ótima opção.

Em Porto Alegre, fica lá no Centro. Às vezes, é difícil de ir. Mas há pouco mais de um ano, uma empresa criou um site para venda e faz a entrega dos produtos na casa do consumidor na Região Metropolitana e na Capital. É a  Loja Virtual do Mercado Público.

E agora, a empresa começou a entregar também no interior do Rio Grande do Sul. São cerca de 300 itens que serão enviados por Sedex.  Há um espaço especial no site criado para Entrega no interior do RS.

O valor da entrega parte de R$ 12. Mas o coordenador Rafael Zatti garante que o preço vale a pena para o consumidor. Ele próprio fez o interior de carro pesquisando preços em mercados locais. Em Porto Alegre, diz que consegue com as bancas do Mercado Público preços até 40% abaixo de supermercados tradicionais.

- Apostamos em vendas fortes principalmente para Caxias do Sul, Santa Maria e Passo Fundo. A ideia é que, em breve, o interior represente metade das nossas vendas.

Segundo Zatti, 80% das vendas da loja virtual são produtos com pegada saudável. São castanhas, frutas secas, temperos naturais…

Ouça entrevista ao programa Destaque Econômico:

Curtiu? Aqui tem mais dicas:

Loja virtual do Mercado Público completa um ano com produtos naturais como carro-chefe

EntregueEmCasa – Site tem 5 mil produtos para consumidor comprar e receber em casa em Porto Alegre

Boa e Barata – Nova entrega de orgânicos em casa na Região Metropolitana

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Tele-entrega do Mercado Público faz promoção com até 30% de desconto no fim de semana

16 de julho de 2016 0

mercadopublico

 

Por Giane Guerra

 

Pessoal pergunta muito para o Lado Natureba como comer bem sem estourar o orçamento, além de onde encontrar produtos bacanas. O Mercado Público das cidades é sempre ótima opção.

Em Porto Alegre, fica lá no Centro. Às vezes, é difícil de ir. Mas há pouco mais de um ano, uma empresa criou um site para venda e faz a entrega dos produtos na casa do consumidor.

Pois neste final de semana, a tele-entrega do Mercado Público avisou o blog que negociou descontos em 30 produtos com os donos das bancas. A promessa é de preços até 30% menores válidos neste sábado e domingo.

Os produtos são essencialmente naturais. É a pegada da loja virtual do Mercado Público, que já tem 80% das vendas preenchidas por alimentos naturais. Mas a promoção também tem também cerveja e cachaça.

Importante! O frete fica isento para compras acima de R$ 150. A entrega será feita na segunda-feira.

Para conferir a promoção, clique aqui: Descontos da Loja Virtual do Mercado Público

Curtiu? Aqui tem mais dicas:

Loja virtual do Mercado Público completa um ano com produtos naturais como carro-chefe

EntregueEmCasa – Site tem 5 mil produtos para consumidor comprar e receber em casa em Porto Alegre

Boa e Barata – Nova entrega de orgânicos em casa na Região Metropolitana

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Pessoas que variam menos os alimentos sofrem mais com agrotóxicos. Como fugir?

27 de junho de 2016 0
Foto: Mauro Vieira / Agencia RBS.

Foto: Mauro Vieira / Agencia RBS.

 

 

Por Giane Guerra

 

Se a pessoa come só poucos tipos de frutas, a salada é todo dia igual, os legumes são os mesmos… Ela tem o que chamamos de dieta “monótona”. Dois problemas, para começo de conversa:

* Ingere pouca variedade de nutrientes. A natureza tem mais de 4 mil, estimam nutricionistas.

* E fica exposta aos mesmos tipos de agrotóxicos.

O alerta dos agrotóxicos é do fiscal da vigilância sanitária Augusto Kluczkovski Jr. Cada tipo de alimento costuma levar determinados produtos químicos.  Para o milho, uns. Feijão, outros… Cada cultura tem as doenças que a planta mais sofre.

- Então, quando você come cada dia uma coisa diferente, vai dando tempo do seu organismo metabolizar e se livrar desse princípio. Não acumula tanto. Agora, se você comer arroz todo dia, vai acumulando justamente os agrotóxicos do arroz, sem dar tempo do seu organismo metabolizar.

Então, variar é a dica básica. Comeu pimentão hoje, não coma amanhã.

- Aliás, o pimentão é o campeão disparado de agrotóxico nos últimos anos.

Tirar a casca dos alimentos é outra dica, caso não se confie que são orgânicos. Perde-se fibras, mas diminui a quantidade de agrotóxicos.

A frase do nosso especialista em Ciência de Alimentos é bárbara:

- Sabe o ditado que muita gente morre pela boca? Pode ser verdade.

As pessoas precisam cuidar mais do que comem. Como o Lado Natureba sempre diz: se não cuidamos do que colocamos dentro da gente… Cuidamos do que?

Kluczkovski orienta as pessoas a buscarem programas de rastreabilidade. Há grandes redes de supermercados já com esses sistemas. Conhecer o produtor, questionar sobre o uso de agrotóxicos é importante. E se, para fugir dos agrotóxicos, o consumidor cai nos produtos processados, o fiscal diz:

- Besteira! Os alimentos industrializados – como feijão e arroz – também levaram agrotóxicos.

E estudos mostram: melhor comer os vegetais e frutas com agrotóxicos do que não comer alimentos frescos.

Preços de orgânicos variam até mais de 100% – Aprenda onde comprar:

Boa e Barata – Nova entrega de orgânicos em casa na Região Metropolitana

Loja virtual do Mercado Público completa um ano com produtos naturais como carro-chefe

Frutas e legumes feios costumam ser mais nutritivos e são desperdiçados

Porto Alegre tem mais de 50 feiras de rua

Compra coletiva de orgânicos encurta caminho entre produtor e consumidor

Aplicativo de celular mostra 42 feiras orgânicas no Rio Grande do Sul

Pediatra querido aqui do blog, Flávio Melo está fazendo um material bacana sobre segurança alimentar. Descobrimos lá o entrevistado deste post.

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

 

 

 

 

 

Loja virtual do Mercado Público completa um ano com produtos naturais como carro-chefe

15 de junho de 2016 0

sacola sacola 2

 

 

Por Giane Guerra

 

A loja virtual do Mercado Público está completando um ano nesta quarta-feira. E os produtos naturais se tornaram o carro-chefe. Respondem por 80% das vendas.

Em relação ao início da operação, a venda dos “naturebas” cresceu 30%. São, principalmente, integrais e orgânicos. Mas também tem procura forte por produtos sem lactose e sem glúten, mesmo por clientes que não têm restrição alimentar.

O preço é o grande atrativo, diz o coordenador da loja virtual do Mercado Público, Rafael Zatti.

- Buscamos oferecer estes produtos naturais 40% mais baratos do que na principal rede de supermercados de Porto Alegre. Mas conseguimos até 80% em alguns casos.

É uma equipe que disponibiliza os produtos no site da Loja Virtual do Mercado Público. Depois de o cliente fazer a encomenda, o pessoal recolhe nas bancas, embrulha e envia para a casa do consumidor.

Já entregam na Região Metropolitana. O valor médio do pedido mais do que dobrou neste ano.

Cupom de frete grátis

Para marcar a data, os leitores do blog Lado Natureba tem um cupom de frete grátis para esta quarta-feira. Vale para qualquer valor de encomenda e com entrega para qualquer endereço da Região Metropolitana.

É só colocar LADONATUREBA no espaço para o cupom quando estiver finalizando a compra.

Leia mais:

Mercado público intensifica venda pela internet anunciando preços 30% abaixo dos supermercados

EntregueEmCasa – Site tem 5 mil produtos para consumidor comprar e receber em casa em Porto Alegre

Boa e Barata – Nova entrega de orgânicos em casa na Região Metropolitana

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.