Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "verdura"

Mais economia e saúde - Saiba quais são as frutas e vegetais de cada mês do ano

06 de abril de 2017 0
Foto: Fernando Gomes / Agência RBS.

Foto: Fernando Gomes / Agência RBS.

 

Alimentos da Estação – Mais economia e mais saúde! Comer alimentos da estação é a melhor opção por vários motivos.

Para convencê-lo pelo bolso, saiba que costumam estar mais baratos. Ainda mais se a safra foi boa.

E mais: os alimentos da estação estão com mais vitaminas e nutrientes. O Sesc/RS explica: “quando o consumidor leva um alimento comercializado fora de seu período de safra, está pagando por um item importado de terras com climas mais amenos ou produzido em estufas. (…) Ou seja, o longo transporte de alimentos trazidos de outros países resulta em perdas maiores e amplia as chances de a carga estragar no trajeto.”

Todo este processo provoca perda de nutrientes. E mais! Estas frutas, verduras e legumes precisam de menos agrotóxicos. Quer motivo melhor?

Confira o material produzido pelo Sesc/RS:

 

estacao

 

 

===

Frutas e legumes feios costumam ser mais nutritivos e são desperdiçados

Legumes – recomendação é de 4 a 5 porções por dia. Veja como turbinar a alimentação.

Cardápio de Fibra – Três dicas para melhorar o aporte de fibras na alimentação

Da casca da melancia à semente de abóbora – Dicas para aproveitar todo o alimento

Pessoas que variam menos os alimentos sofrem mais com agrotóxicos. Como fugir?

Leitor pergunta: Lavar o alimento retira parte dos agrotóxicos?

Os 13 alimentos com agrotóxicos que trazem maior risco de intoxicação

Receitas – Brigadeiro e Bolo de casca de banana

Receita – Pão integral de casca de moranga com tomilho-limão

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

 

 

Começa novo serviço de entrega em casa de orgânicos na Serra Gaúcha

26 de setembro de 2016 0

Quadro Serra de Negócios

Por Babiana Mugnol (babiana.mugnol@rdgaucha.com.br)

 

Foto: Alba Arte / Divulgação.

Foto: Alba Arte / Divulgação.

 

Começou a funcionar mais um serviço de entrega em casa de alimentos orgânicos na Serra Gaúcha. É o Jardim Blauth, de Farroupilha.

O negócio nasceu de conversas e trocas de informações entre três amigas. O grupo compartilhava a dificuldade, dentro da rotina cheia de compromissos, de ir até a feira ou chegar ao supermercado a tempo de encontrar produtos ecológicos frescos.

A horticultora e produtora cultural, Raquel de Marco, 33 anos; a dona de casa Angela Bianchi, de 42 anos, e a nutricionista Giovanna Enriconi, também escolheram o Desvio Blauth para construir a sede do Jardim. Era ali que se reuniam aos finais de semana. Um pequeno sítio da família aonde plantavam para o próprio consumo.

Hoje, elas tem dez pequenos agricultores que são fornecedores. Todos têm certificação de conformidade orgânica e da região.

Trabalham com delivery para Farroupilha, Carlos Barbosa, Garibaldi e Bento Gonçalves. Toda a semana o cliente recebe uma lista atualizada contendo os produtos disponíveis para que ele faça a escolha. Em média, uma cesta custa R$ 70.

As sócias pretendem no próximo ano abrir as portas do Jardim Blauth e explorar também o potencial turístico.

Palmas do Lado Natureba para a iniciativa! Adoramos!

===

Feirinha para levar crianças e comprar orgânicos será realizada todas as quartas em Porto Alegre

Aprovada lei que inclui orgânicos na merenda escolar de Porto Alegre

Um em cada dez consumidores já compra orgânicos nos supermercados gaúchos

Orgânicos precisam de cuidados para durarem mais

Dossiê Congelamento – Como conservar os alimentos no congelador

Pessoas que variam menos os alimentos sofrem mais com agrotóxicos. Como fugir?

Preços de orgânicos variam até mais de 100% – Aprenda onde comprar:

Boa e Barata – Nova entrega de orgânicos em casa na Região Metropolitana

Loja virtual do Mercado Público completa um ano com produtos naturais como carro-chefe

Frutas e legumes feios costumam ser mais nutritivos e são desperdiçados

Porto Alegre tem mais de 50 feiras de rua

Compra coletiva de orgânicos encurta caminho entre produtor e consumidor

Aplicativo de celular mostra 42 feiras orgânicas no Rio Grande do Sul

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Aplicativo de celular ajuda a cultivar horta em casa

16 de junho de 2016 0

Por Giane Guerra

Dica! O aplicativo Plantit (Horta em Casa) ajuda a plantar uma horta em casa. Dicas simples e básicas no celular e – o melhor – grátis. Tem na Apple e na Google Play para download.

 

image1

 

 

São 28 alimentos. Desde a básica salsa até o morango, passando pelo delicioso e nem sempre fácil de achar coentro.

O aplicativo traz um breve histórico da planta e as características básicas. Mas também tem um calendário que indica a melhor época para semear, plantar e colher. Dá ainda o prazo entre plantio e colheita.

 

image2 image3

 

Para finalizar, o app fornece dicas como colocação das sementes, como regar e até a conservação do alimento depois de colhido.

Este aplicativo é muito Lado Natureba!

Leia mais:

Boa e Barata – Nova entrega de orgânicos em casa na Região Metropolitana

Loja virtual do Mercado Público completa um ano com produtos naturais como carro-chefe

Frutas e legumes feios costumam ser mais nutritivos e são desperdiçados

Porto Alegre tem mais de 50 feiras de rua

 

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Frutas, legumes e verduras de junho

16 de junho de 2016 0

 

Por Giane Guerra

 

Estava em férias e, por isso, está meio atrasada essa postagem de junho. Mas ainda tem meio mês para investir nas frutas e vegetais da estação. Mais nutritivos e, geralmente, mais baratos!

Confere a dica da nutricionista Gisele Berardi para o blog Lado Natureba:

 

junho

 

 

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

 

 

Boa e Barata - Nova entrega de orgânicos em casa na Região Metropolitana

26 de maio de 2016 0
Foto: Divulgação Incra.

Foto: Divulgação Incra.

 

Por Giane Guerra

 

O Lado Natureba testou e aprovou. Um grupo de agricultores assentados em Viamão criou uma entrega de orgânicos na casa dos clientes. Por enquanto, o Aromas & Sabores do Campo atende Porto Alegre, Gravataí e Viamão. E sem cobrar frete!

Os preços também estão bem acessíveis. Mais barato do que outros serviços de venda de orgânicos acompanhados pelo blog. Em alguns casos, preços inferiores até a produtos de feiras normais e não orgânicas.

Tem hortigranjeiros, cereais, mel, melado, suco… São produtos cultivados sem agrotóxico ou adubos sintéticos químicos.

Cada semana, publicam no Facebook a tabela dos produtos disponíveis. O cliente pode fazer a encomenda por Facebook, telefone e Whatsapp.

Pagamento por depósito bancário ou ao receber os produtos. As entregas ocorrem em um dia da semana estabelecido antes.

 

Esta foi a minha entrega desta semana. Delícia!

Esta foi a minha entrega desta semana. Delícia!

Lado Natureba – Como surgiu o serviço e há quanto tempo atuam?

Sidnei Santos, agricultor e coordenador do grupo Aromas & Sabores do Campo – Surgiu quando percebemos que muitas vezes perdíamos alimentos em nossos sítios por não ter um canal direto de comercialização para o consumidor que procura alimentos saudáveis, frescos e direto da roça para a mesa.

Lado Natureba – Que tipos de clientes?

Santos – São variados, mas principalmente aqueles que levam uma rotina de trabalho ou estudo intensa. Têm alguma dificuldade em fazer a feira por exemplo ou ir até os agricultores fazer compras. Há várias mães com bebês que procuram nossos alimentos preocupadas em oferecer uma alimentação saudável para seus filhos.

Lado Natureba – Há alguma certificação de orgânicos?

Santos – Todos nossos alimentos têm certificado orgânico de acordo com a Lei nº 10.831/03, Decreto nº 6.323/07 e Instruções normativas pertinentes. Tem o Certificado de Conformidade Orgânica. Contamos também com responsável técnico – engenheiro agrônomo – que nos dá assessoria.

Lado Natureba – Como é a formação de preços?

Santos – A partir da disponibilidade do alimento, o custo de produção que tivemos e quanto o “mercado” está cobrando. Partimos da remuneração justa para nós os produtores. Depois, adicionamos outros custos, como despesas de entrega, embalagens…

O grupo Aromas e Sabores do Campo é formado por cinco famílias. Quatro ficam no assentamento Viamão. Outra, no assentamento Renascer, em em Capivari do Sul. Cultivam hortas e produzem mel. Têm o apoio do Incra.

****

Contatos para compra:

Facebook – Aromas & Sabores do Campo

E-mail – aromasesaboresencomenda@gmail

Telefones (51) 9973 4523 (whatsapp) ou (51) 9567 3776

Leia mais:

O que fazer quando o amigo do filho só come guloseimas?

Alimentação infantil – arroz e feijão não são suficientes

Nova fórmula do Danoninho reduziu açúcar em 2%

Achocolatados têm açúcar demais e cacau de menos

Entenda a escala dos alimentos – Do in natura até o ultraprocessado

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

Legumes - recomendação é de 4 a 5 porções por dia. Veja como turbinar a alimentação.

24 de maio de 2016 0
Foto: Hermínio Nunes / Agencia RBS.

Foto: Hermínio Nunes / Agencia RBS.

 

Por Giane Guerra

 

O óbvio: legumes e verduras são essenciais na alimentação de ~ todos ~ os dias. São ricos em fibras, vitaminas e minerais. E – para quem quer perder peso – têm valor calórico baixo, em geral.

Mas e a quantidade?

Alguns estudos recomendam de quatro a cinco porções por dia. Pode variar, no entanto, conforme a pessoa.

A nutricionista Lara Natacci dá cinco dicas para incluir legumes na dieta:

 

1 – Alimentação colorida

As cores, muitas vezes, indicam os benefícios. Os roxos, como repolho roxo e berinjela, fornecem antocianina, antioxidante que auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares.

Já o espinafre e outros vegetais verde escuros possuem boas quantidades de vitamina K, que auxilia na coagulação sanguínea.

Os alimentos com tons avermelhados, como o pimentão e o tomate, possuem licopeno, que são antioxidantes e também auxiliam na redução do risco de tumores de próstata.

 

2 – Legumes assados

Coloque os legumes em um saco para assar. Assim, não ressecam. A embalagem preserva o líquido e os aromas do alimento. Você ainda pode incluir ervas e temperos em pó no saco para variar sabores.
3 – Misture com carnes, cereais e massas

Cozinhar os legumes com carnes, com o arroz ou adicioná-los nos molhos das massas. Dica para quem tem dificuldade em variar o preparo dos legumes.

 

4 – Sopas

Ótimas opções para incentivar o consumo de legumes. Especialmente, no inverno. Cozinhe os legumes na panela de pressão com um pouco de água e tempero. Para deixar a preparação balanceada, inclua macarrão, batata, mandioca ou arroz, além de carne ou frango. Varie também as texturas, podendo deixar os legumes ralados, em pedaços ou batidos.

 

5 – Dê novos sabores 

Para quem ainda foge do legume porque não gosta do sabor: acrescente temperos e ervas, como alecrim, tomilho e salsinha. Também pode grelhar os legumes e acrescentar azeite de oliva ou algum molho por cima.

Dica do Lado Natureba: Só fuja de temperos e molhos prontos. Use ervas frescas ou desidratadas, azeite de oliva, iogurte, ricota, mel… Não use aqueles molhos prontos entupidos de sódio e conservantes. Bom apetite!

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.

 

Frutas, legumes e verduras de maio

05 de maio de 2016 0

Por Giane Guerra

 

Parceria nova, leitores! A nutricionista Gisele Berardi vai nos mandar todos os meses a lista de frutas, legumes e verduras de época.

Mas para que serve? 

A nutri explica:

- Procure sempre aproveitar os benefícios dos alimentos que encontram-se na safra! A qualidade nutricional é melhor e os preços mais em conta!

Confere os de maio:

 

13102742_500021940199931_990515542222651562_n

 

 

===

Siga o @ladonatureba no Twitter.