clicRBS
Nova busca - outros
13 set15:50

Programa Evoluir precisa ouvir mais de cem empresários

Cerca de 150 empresários precisam responder a pesquisa do Programa de Estímulo à Capacitação do Vale do Taquari, o Evoluir.

Desencadeada há cerca de um mês, a pesquisa objetiva o levantamento de informações para delinear plano de ações que vise suprir a falta de profissionais qualificados requeridos pelo mercado nas mais diversas áreas de setores produtivos, da indústria ao comércio passando pelos serviços.

Representantes de entidades empresarias, sindicato de trabalhadores, escolas e instituições do Sistema “S” estiveram reunidos na manhã desta terça-feira na prefeitura de Lajeado para avaliar o andamento da aplicação da pesquisa que abrange, além dos empresários, trabalhadores e estudantes.

O vice-presidente de Serviços da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), Reni Nunes Machado, destaca a importância da participação dos empresários que muitas vezes sofrem diretamente com a falta de profissionais qualificados.

- Precisamos de subsídios concretos para planejar as ações. Cremos que a iniciativa do Evoluir em Lajeado é pioneira no sentido de reunir todos os entes relacionados à problemática do apagão de mão-de-obra especializada para as demandas do mercado e que é notícia em todo o país. Recorremos à imprensa para mostrar esta realidade e sensibilizar todos a reservarem tempo para reflexão ao responderem à pesquisa – enfatiza o líder empresarial.

No total, são 1063 pesquisas, sendo 344 voltadas a empresários, 379 a trabalhadores e 340 a estudantes. A pesquisa foi elaborada pelas integrantes do Evoluir Bernardete Cerutti, da Univates, e Etiene Azambuja, diretora do Senac Lajeado, com base nas contribuições de todos as entidades participantes do Evoluir.

O programa surgiu da constatação de gargalo na oferta de pessoas qualificadas. Machado enfatiza a receptividade por parte dos trabalhadores e demais lideranças educacionais e do sistema “S” para construção de projeto comum.

- Temos que trabalhar conjuntamente, enxergando todos os lados da questão – ressalta.

O programa está restrito inicialmente à comunidade de Lajeado, podendo posteriormente ser estendido aos demais municípios do Vale do Taquari.

_________________________________

Fonte: assessoria de imprensa da Acil

Por

Comentários