clicRBS
Nova busca - outros
15 set11:59

Audiências Públicas discutem frequência escolar

Coordenado pelo Promotor da Infância e Adolescência, Neidemar Fachinetto, ocorreu uma audiência pública do Acompanhamento de Frequência Escolar (Ficai), na escola municipal Campestre.

Além de representantes de entidades ligadas à educação, participaram pais ou responsáveis pelos alunos que apresentaram infrequência escolar nos últimos meses, incluindo estudantes das escolas Campestre, Guido Lermen, Santo André, Nova Viena e Lauro Mathias Müller.

A secretária de Educação, Rejane Ewald, explica que o objetivo da Ficai é evitar a evasão escolar.

- Nestas assembleias os pais expõem o motivo pelo qual seus filhos não estão frequentando as aulas regularmente e, em seguida, lhe são apresentadas possíveis soluções para cada caso – explicou.

Segundo ela, cada escola analisa a freqüência escolar de seus alunos, preenchendo uma ficha em casos de infrequência para, posteriormente, tomar as devidas providências, o que inclui desde bilhetes à procura pelos pais. Não havendo sucesso, estas fichas são encaminhadas à Promotoria, que convoca todos os envolvidos para a realização destas audiências.

- Percebemos uma melhora bastante significativa com estas ações, porque além de agilizarmos um trabalho que vinha sendo feito com atendimentos individuais, comprometemos a todos os que, de alguma forma, estão envolvidos nesta causa – afirmou.

Também  foram realizadas audiências com as escolas Porto Novo, Otília Correa de Lima e Érico Veríssimo. Na quinta-feira, dia 15, será a vez das escolas Castelo Branco, São Bento, São João, Moisés Cândido Veloso, Oscar Koefender, FOK

Por

Comentários