clicRBS
Nova busca - outros
29 set15:35

Desalojados na enchente continuam em abrigo

;;

A casa de Graziela da Cruz, de 32 anos, é uma área com 10 metros quadrados e paredes de lençol. Ela, o marido e os cinco filhos compõem uma das 13 famílias abrigadas no subsolo do Ginásio Paroquial de Lajeado, no Vale do Taquari, desde a enchente que atingiu a região no início de agosto.

– A gente se ajuda bastante, emprestamos coisas. Mas fica cada um no seu quadrado, como naquela música – contou Graziela.

A vizinha Ronise Maria Grossi e a filha adolescente dormem no mesmo espaço com uma amiga, que tem mais quatro filhos. Ontem à tarde, elas faziam uma faxina no abrigo. Os trabalhos e até as máquinas de lavar roupa são divididos entre todos. Não podia ser diferente: o local tem só uma pia e um banheiro.

Ronise morava em casa alugada. Mesmo assim, ela diz que não pode ir para outro local. Pagava R$ 250 por mês pela locação, justamente por ser uma área alagável. Em outro bairro da cidade, imóvel parecido sai pelo dobro do preço. Maria Isabel da Silva queria resolver a situação trabalhando, mas seu carrinho de pipocas está escorado em um canto do salão.

– A prefeitura não me dá alvará porque não tenho endereço fixo – explica.

No Vale do Caí, municípios se mobilizam por soluções

No total, a Defesa Civil condenou 27 casas no Vale do Taquari. Algumas ficavam em área de risco e outras não podem mais ser usadas porque correm risco de cair. Arroio do Meio, Encantado e Estrela também tiveram famílias desalojadas, mas só em Lajeado elas continuam em abrigo.

A prefeitura quer implantar um projeto de aluguel social para os desalojados. A proposta é que o município pague por uma casa até que as famílias sejam removidas definitivamente. O novo endereço deve ter o terreno bancado pela prefeitura. A construção vai ser financiada pelo programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal

– O problema é a burocracia, que tranca tudo – reclama o coordenador da Defesa Civil, Luis Felipe Finkler.

Por

Um Comentário »

  • Criado o Fundo Municipal de Defesa Civil | Lajeado disse:

    [...] Leia mais: Desalojados na enchente continuam em abrigo [...]

Comentários