clicRBS
Nova busca - outros
20 out09:18

No mata-mata, sem vitórias para Lajeadense e Alaf

O principal clube de futebol e o principal clube de futsal de Lajeado disputaram ontem à noite jogos decisivos nos campeonatos que disputam. O Lajeadense jogou contra o Aimoré, de São Leopoldo, pela primeira fase eliminatória da Copa RS. Já a Associação Lajeado de Futsal (Alaf) enfrentou a equipa da Assoeva (foto), de Venâncio Aires, em um clássico regional, pelo Gaúchão de Futsal Série Ouro.

O jogo do Lajeadense:

Em jogo eliminatório e de saldo qualificado, o Lajeadense conseguiu um resultado regular empatando com o Aimoré fora de casa. O time sofreu pressão nos primeiros minutos, mas teve mais posse de bola e mais chances de ataque do que o adversário. Mais uma vez, no entanto, a superioridade não se converteu em gols.

O jogo de volta está marcado para a tarde de domingo. O alvi-azul precisa vencer. Empate em 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis e empate com gols elimina a equipe de Lajeado.

A Copa RS é o atalho mais fácil para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2012 e à Copa do Brasil de 2013. O campeão estará classificado para primeira competição e o vice para a segunda. Por isso a importância do jogo para o Lajeadense.

O jogo da Alaf:

A situação da Alaf era semelhante à do Lajeadense. O time também passou para a fase eliminatória da competição e agora enfrenta partidas de ida e volta. Mas o resultado negativo complicou tudo. Agora, é preciso reverter o placar de 4 a 3 contra a tradicional equipe da Assoeva. A partida está marcada para o sábado, em Venâncio Aires.

Durante os últimos dias, o técnico Elson Machado trabalhou exaustivamente os fundamentos defensivos e as saídas em contra-ataques, tentando surpreender o oponente.  Precavido, o time da Assoveo Vale do Rio Pardo apostou nos erros de ataque para aproveitar. E eles aconteceram e decidiram a partida.

A Assoeva jogou melhor desde o início e abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Zezinho e Zé Antônio. A Alaf conseguiu reagir na segunda etapa com Biel e Paulinho Cambalhota e Marquinhos, mas Héctar e Zézinho, de novo, decidiram para o time de Venâncio Aires.

Por

Comentários