clicRBS
Nova busca - outros
26 out07:22

VIDEO: imagens mostram autor da falsa bomba no bairro São Cristóvão

A Polícia Civil de Lajeado divulgou as imagens das câmeras de segurança do banco Sicredi do bairro São Cristóvão. No sábado, uma ameaça de bomba isolou ruas,  mobilizou dezenas de policiais civis e militares, socorristas, bombeiros e até uma equipe do Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) de Porto Alegre.

As imagens mostram um homem branco, aparentemente jovem, vestindo moletom, óculos de sol e capuz. A ação durou menos de 20 segundos. Ele entra, larga o explosivo entre os caixas eletrônicos e sai rapidamente.

VEJA O VIDEO:

O autor ainda não foi identificado pela polícia, mas, se descoberto, deve responder processo por causar falso alarme. A pena prevista varia de quinze dias a seis meses de prisão.

- Queremos conversar com quem fez isso, ver qual foi o motivo – disse o delegado José Romaci Reis, responsável pela Polícia Civil de Lajeado.

Ontem Reis havia informado que o autor da ação não deveria ser penalizado.

- Na verdade não há crime nenhum por se tratar de um simulacro (imitação).  Se fosse uma bomba de verdade, seria diferente – afirmou Reis.

A ameaça de bomba mobilizou policiais e curiosos por quase cinco horas. Depois de uma ligação anônima durante a manhã, a suspeita de bomba só  foi descartada às 14h deste sábado, depois que o artefato foi destruído por uma Gate. O material, que imitava três bananas de dinamite ligadas por um fio a um celular, era feito de papelão, os fios não tinham conexão e o aparelho celular estava desligado.

O local em torno da agência ficou isolado desde as 9h, quando a Brigada Militar foi acionada. Desde a manhã, havia a suspeita de que o material era um simulacro, uma bomba falsa, mesmo assim o Gate foi acionado para fazer a remoção do artefato. Pelo menos 12 policiais do grupo especial e da Brigada Militar de Lajeado estiveram envolvidos na ocorrência.

No início da tarde, a área isolada à frente da agência foi ampliada para um raio de 200 metros e o andar acima do banco foi evacuado para a desativação do material. A possível bomba foi desativada dentro da agência, com um canhão disruptor, que utiliza água com forte pressão.

Por

Comentários