clicRBS
Nova busca - outros

alaf

20 out09:18

No mata-mata, sem vitórias para Lajeadense e Alaf

O principal clube de futebol e o principal clube de futsal de Lajeado disputaram ontem à noite jogos decisivos nos campeonatos que disputam. O Lajeadense jogou contra o Aimoré, de São Leopoldo, pela primeira fase eliminatória da Copa RS. Já a Associação Lajeado de Futsal (Alaf) enfrentou a equipa da Assoeva (foto), de Venâncio Aires, em um clássico regional, pelo Gaúchão de Futsal Série Ouro.

O jogo do Lajeadense:

Em jogo eliminatório e de saldo qualificado, o Lajeadense conseguiu um resultado regular empatando com o Aimoré fora de casa. O time sofreu pressão nos primeiros minutos, mas teve mais posse de bola e mais chances de ataque do que o adversário. Mais uma vez, no entanto, a superioridade não se converteu em gols.

O jogo de volta está marcado para a tarde de domingo. O alvi-azul precisa vencer. Empate em 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis e empate com gols elimina a equipe de Lajeado.

A Copa RS é o atalho mais fácil para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2012 e à Copa do Brasil de 2013. O campeão estará classificado para primeira competição e o vice para a segunda. Por isso a importância do jogo para o Lajeadense.

O jogo da Alaf:

A situação da Alaf era semelhante à do Lajeadense. O time também passou para a fase eliminatória da competição e agora enfrenta partidas de ida e volta. Mas o resultado negativo complicou tudo. Agora, é preciso reverter o placar de 4 a 3 contra a tradicional equipe da Assoeva. A partida está marcada para o sábado, em Venâncio Aires.

Durante os últimos dias, o técnico Elson Machado trabalhou exaustivamente os fundamentos defensivos e as saídas em contra-ataques, tentando surpreender o oponente.  Precavido, o time da Assoveo Vale do Rio Pardo apostou nos erros de ataque para aproveitar. E eles aconteceram e decidiram a partida.

A Assoeva jogou melhor desde o início e abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Zezinho e Zé Antônio. A Alaf conseguiu reagir na segunda etapa com Biel e Paulinho Cambalhota e Marquinhos, mas Héctar e Zézinho, de novo, decidiram para o time de Venâncio Aires.

Comente aqui
19 out16:06

Noite de jogos decisivos para Lajeadense e Alaf

O principal clube de futebol e o principal clube de futsal de Lajeado disputam hoje jogos decisivos. Para o Lajeadense, o desafio é contra o Aimoré, de São Leopoldo. Já a Associação Lajeado de Futsal (Alaf) enfrenta a equipa da Assoeva, de Venâncio Aires, em um clássico regional, pelo Gaúchão de Futsal Série Ouro.

O jogo do Lajeadense:

Após a longa primeira fase, com 140 partidas disputadas, a Copa Laci Ughini chega à segunda, as oitavas de final. A partir de agora e até a final, todos os confrontos serão eliminatórios.

A copa é o atalho mais fácil para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2012 e à Copa do Brasil de 2013. O campeão estará classificado para primeira competição e o vice para a segunda. Por isso a importância do jogo para o Lajeadense.

O time terminou a primeira fase na segunda colocação de sua chave e teve um desempenho considerado positivo. Como os gols são qualificados, a vitória hoje significa uma bela vantagem para a partida decisiva, no domingo, no Florestal.

O time deve ter novidades em relação ao jogo anterior, contra o Caxias. Rafael Refatti, que estava pendurado, volta ao comando do ataque. Na zaga, Gonçalves deve ocupar o lugar do suspenso Bruno Sá.

O jogo inicia às 20h30min no Estádio Cristo Rei, em São Leopooldo. No sábado, o Lajeadense perdeu de 1 a 0 para o Caxias (foto acima).

O jogo da Alaf

A situação da Alaf é semelhante à do Lajeadense. O time também passou para a fase eliminatória da competição e enfrenta partidas de ida e volta. Mas há uma diferença: neste caso, o adversário que tem a vantagem.

Na fase classificatória, a Assoeva terminou em segundo lugar e a Alaf em sétimo. A equipe de Lajeado fica ainda atrás do time de Venâncio Aires quando o assunto é banco de reservas. Willian está suspenso, o time ainda está sem o segundo goleiro. São apenas quatro opções de substituições durante toda a partida.

O evento esportivo ocorre no Ginásio Municipal Professor Nelson Francisco Brancher às 20h15min. O jogo de volta esta marcado para sábado, às 20h30min.

Comente aqui
14 out11:18

Alaf goleia e se classifica

Precisando da vitória para seguir na disputa do campeonato gaucho de futsal Série Ouro, o Alaf goleou a equipe da UJR de Novo Hamburgo, ontem à noite. Com o resultado, o time se classificou para as quartas de final da competição.

A Alaf abriu o placar no primeiro tempo com Mayco, de pênalti. No início da segunda etapa, Becker empatou com um chute de fora da área e empatou. Mayco de novo, Natal e Marquinhos marcaram os quatro gols da Alaf que garantiram a o bom resultado: 5 a 2.

Na próxima etapa da competição, a Alaf enfrenta a Assoeva, de Venâncio Aires. O jogo está marcado para a próxima quarta-feira, no ginásio Professor Nelson Francisco Brancher.

Comente aqui
29 set11:24

Alaf vence a primeira em casa com novo técnico

;

A Associação Lajeado de Futsal (Alaf) venceu por 5 a 4 o Bento Futsal, ontem à noite, e saiu da lanterna para a oitava colocação do Campeonato Gaúcho de Futsal.

Cerca de 100 torcedores estiveram no Complexo Esportivo da Univates nesta quarta-feira. E os abnegados simpatizantes da equipe lajeadense que assistiram a este duelo, tiveram a oportunidade de aplaudir a primeira vitória do time do Vale do Taquari, sob o comando do técnico Élson Machado.

Sem poder contar com Renan, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo, o treinador optou em iniciar a partida com Gustavo, Willian, Mayco, Paulinho Cambalhota e Biel. O quinteto fez bonito e largou em vantagem de 2 a 0.

O primeiro gol foi de Paulinho Cambalhota que encarou o marcador, fez o drible e chutou em diagonal no ângulo do goleiro Joel. Alaf: 1 a 0.

Segundos depois, enquanto que o time da serra ainda tentava se recompor do baque, Biel aproveitou vacilo na defesa adversária e ampliou: 2 a 0.

Com poucas opções de trocas, Machado teve que deixar a mesma equipe até a metade do tempo inicial. Com as trocas, a marcação deixou vazios aproveitados pelo BGF. Failon descontou, e instantes depois, George deixou tudo igual. Na sequência o time lajeadense cometeu a sexta falta. Tiro livre cobrado e aproveitado por Maninho, ex-jogador da Alaf. Era o gol do vira-vira: 3 a 2.

Meio minuto depois, o goleiro Gustavo saiu mal, e George aproveitou para aumentar a diferença: 4 a 2. E faltando 46 segundos para o cronômetro zerar, Paulinho Cambalhota recebeu cruzamento pelo ar e de cabeça diminui a desvantagem: 4 a 3.

No intervalo, Élson corrigiu as falhas defensivas e reorganizou a equipe. Na etapa final a Alaf conseguiu colocar em prática as orientações de seu treinador, não permitindo que o oponente conseguisse finalizar com precisão. Aos 14min50seg, Willian empatou, depois de desperdiçar grande chance e ser questionado pelo torcedor. Na comemoração ele foi muito aplaudido por estes mesmos torcedores.

Faltando dois minutos para o apito final, Biel teve a lucidez e pontaria para recolocar novamente o time da casa na frente. Em seguida o treinador do Bento Futsal colocou Maninho como goleiro-linha, mas o resultado permaneceu. Alaf 5 a 4 BGF.

Com mais dois jogos pela frente, só depende de suas próprias forças para garantir vaga na fase seguinte. Sábado, às 20h, em Santa Cruz do Sul, diante da Assaf e na semana seguinte, jogando no Claudião com a UJR.

__________________________________________

Fonte: assessoria de imprensa da Alaf

Comente aqui
09 set15:27

Alaf enfrenta a Assoeva hoje à noite

A Associação Lajeado de Futsal (Alaf) volta a jogar nesta sexta-feira, às 20h, no Ginásio Professor Nelson Francisco
Brancher, o Claudião. A partida é contra a Assoeva, de Venâncio Aires, pelo  Gaúcho de Futsal.

Para conseguir comemorar a primeira vitória nesta segunda fase do campeonato, o jovem grupo de atletas comandado pelo técnico Elson Machado fez treinamentos intensos essa semana. Os maiores cuidados foram com a parte defensiva.

A novidade para a partida é o desligamento de Vítor Hugo do plantel, jogador que não teve uma jornada positiva na equipe da Associação Lajeado de Futsal (Alaf). Com sérios problemas de relacionamento com seus próprios colegas de time, Vítor Hugo teve desde o início deste certame três expulsões, prejudicando o trabalho tático da equipe, o que justificou o afastamento.

A boa notícia é o retorno de Paulinho Cambalhota, autor de cinco gols no empate da Alaf contra o Antônio Prado, no final de semana passado.
Apresentando melhora técnica, Biel também está de volta, depois de passar longo período se recuperando de cirurgia no joelho.

Comente aqui
31 ago09:59

Em casa, Alaf leva 6 a 2 da poderosa ACBF

Os cerca de 200 torcedores que assistiram o jogo da Associação Lajeado de Futsal (Alaf) contra a ACBF de Carlos Barbosa, ontem à noite, no ginásio Professor Nelson Francisco Brancher, presenciaram a evolução do time comandado pelo técnico Elson Machado.

Mesmo com a derrota de 6 a 2 para a multicampeã ACBF, o time do Vale do Taquari exigiu muito do oponente, que teve que lutar e suar em quadra para assegurar o resultado favorável.

Formada por jogadores da elite do futsal gaúcho, onde seis deles defendem a Seleção Brasileira, a equipe da Serra chegou a Lajeado como franca favorita. O técnico da ACBF, Paulo César Mussalem optou em sair jogando com Lavoisier, Tostão, Rodrigo, Jonathan e Flávio. Já Elson Machado foi para o início do embate com Gustavo, Renan, Marquinhos, Willian e Biel.

O jogo

Com a bola rolando, o quinteto da Alaf demorou alguns minutos para colocar em prática as orientações do seu treinador. E isso custou caro, pois com pouco mais de um minuto a equipe da Serra chegou forte ao ataque e abriu o placar com Flávio.

Aos três minutos, depois de grande troca de passes no ataque, a bola sobrou para Rodrigo que fuzilou o goleiro Gustavo, ampliando o escore: 2 a 0.

Aos seis, Jonathan marcou mais um: 3 a 0. Com a desvantagem, Machado colocou Cisso em quadra. A Alaf melhorou o sistema defensivo e conseguiu chegar com mais qualidade no ataque. Aos dez minutos, Biel protagonizou bela jogada pelo lado direito de ataque e descontou: 3 a 1.

Aos 13, Nathan avançou com a bola dominada e no forte arremate em direção ao gol de Lavoisier, contou com a sorte da bola desviar na defesa adversária, e indo morrer no fundo do gol: 3 a 2.

O esforço e a luta dos jogadores, animaram os torcedores que começaram a apoiar a equipe da casa. As jogadas de habilidade e trocas sucessivas dos atletas do time visitante acabaram favorecendo o elenco de Mussalem.

Aos 15 minutos, Tiaguinho acertou um “petardo” na meta de Gustavo que nada pode fazer: 4 a 2.

Logo depois, o goleiro Gustavo saiu mal e acabou fazendo falta dentro da área. Penalidade máxima cobrada por Carlinhos, dando números finais ao placar na primeira etapa: 5 a 2.

O fato positivo foi o pequeno número de faltas nos primeiros 20 minutos de partida. Duas da Alaf e uma da ACBF. No intervalo Élson Machado orientou seus jovens atletas para marcar o oponente ainda no outro lado da quadra. A tática deu certo, pois a equipe serrana acabou cometendo excessivo número de faltas.

Aos 18 minutos, a ACBF cometeu a sexta falta. Tiro livre desperdiçado pela Alaf. Faltando sete segundos para o cronômetro zerar, o campeão do primeiro turno do Gauchão de Futsal da Série Ouro marcou o último tento, com Kevin entrando com bola e tudo pra dentro do gol de Gustavo: 6 a 2.

No final, Machado, lembrou que novamente a equipe teve atuação destacada, como já tinha acontecido no Liga Sul de Futsal, disputada recentemente no Paraná, mas não conseguiu reverter em gols, para alcançar a vitória.

Mesmo assim, o técnico gostou do esforço e luta de seus comandados que segundo ele, ainda tem chances reais de almejar uma vaga entre os oito melhores do returno.

Próximo compromisso da Alaf será em Antônio Prado, diante do time homônimo, no sábado, às 18h, quando a equipe lajeadense tentará a primeira vitória sob o comando de Élson Machado.

________________________________________

Fonte: assessoria de imprensa da Alaf

1 comentário
30 ago16:27

Alaf entrenta ACBF pelo Gaúchão de futsal

Pelo Campeonato Gaúcho de Futsal, a Associação Lajeado de Futebo (Alaf) enfrenta hoje a ACBF, de Carlos Barbosa. O jogo, previsto inicialmente para o fim de semana, foi transferido a pedido da equipe da Serra para às 20h, no ginásio Nelson Branchier.

Depois da campanha negativa da Liga Sul, o jogo marca o reencontro da equipe com os torcedores.

A equipe de Carlos Barbosa coleciona títulos: tetra campeão da liga nacional, oito vezes campeão gaúcho,  bi campeão da Taça Brasil e a maior consagração, campeã mundial. Já o jovem time da Alaf tem no currículo o título de campeão gaúcho da Série Prata.

E para tornar essa luta ainda mais difícil, a equipe de Lajeado tem quatro desfalques para essa disputa. O goleiro Gabriel é o último a fazer parte dessa lista. Lesionou o ombro durante o treino. Além dele, Vítor Hugo, Mayco e Paulinho Cambalhota não jogam.

A Alaf deve iniciar a partida com Gustavo, Renan, Juninho, Willian e Biel.

Comente aqui
22 ago10:54

Alaf tem a pior campanha da Liga Sul

A Associão Lajeado de Futsal (Alaf) terminou sua participação na Liga Sul de Futsal amargando a lanterna do torneio. Foram cinco partidas, nenhuma vitória e um saldo negativo de 15 gols.

No sábado, a Alaf enfrentou o Moitas/Avaí (SC), pela penúltima rodada do torneiro. O resultado final: 2 a 0 para o time catarinense.

O clube catarinense, que é comandado pelo técnico Juliano Mateus, saiu na frente com um gol de Dudu, que desviou finalização rasteira do guarda meta Marcos – 1 a 0.

Na segunda etapa, não demorou a ampliar o marcador com um belo gol de Ezequiel, que chutou forte para vencer o jovem goleiro Gabriel, de apenas 19 anos – 2 a 0, resultado final.

1 comentário
19 ago11:14

Alaf perde segunda partida pela Liga Sul

A Associação Lajeado de Futsal (Alaf) enfrentou a equipe do Guarapuava, na noite desta quinta-feira pela segunda rodada da Liga Sul 2011. Jogando no ginásio Arrudão, a equipe do interior do Paraná levou a melhor e venceu pelo placar de 4 a 1.

Depois de perder na rodada de abertura, o time de Lajeado partiu com tudo em busca da vitória no segundo dia de competição. Atento, o elenco gaúcho começou bem melhor, tanto que abriu o placar com apenas dezessete segundos de bola rolando – Biel, livre de marcação, só teve o trabalho de escorar para o fundo da rede protegida por Thiago.

Após ainda sofrer uma bola na trave, a agremiação paranaense cresceu no confronto e partiu pra cima da Alaf, que recuou e tentou surpreender o adversário nos contra-ataques. A mudança de postura do elenco comandado pelo técnico Eduardo Pacheco surtiu efeito aos quinze minutos, quando o ala Nenê entrou em velocidade e finalizou livre de marcação para deixar tudo igual em Francisco Beltrão – 1 a 1, resultado do período.

O jogo desta quinta-feira continuou equilibrado nos vinte minutos finais. Ofensivos, os times não se prenderam na defesa e partiram em busca do segundo gol. Restando doze minutos para o encerramento do confronto, o pivô Alex He-Man recebeu na ala esquerda e encobriu o goleiro Gabriel, que não conseguiu alcançar a bola – virada dos paranaenses. Na sequência, também pelo lado esquerdo, Dionizio concluiu com categoria para ampliar – 3 a 1. O quarto e último tento da vitória paranaense saiu dos pés do ala Adriano.

Clássico estadual na 3ª rodada

O próximo compromisso da Alaf na Liga Sul vai ser contra o Bento Gonçalves, nesta sexta-feira.

Comente aqui
13 ago12:52

Alaf empata em 5 a 5 com o Sananduva

Os treinamentos dos últimos dias já melhoraram a performance da equipe da Alaf em quadra. No quarto compromisso pelo 2º turno da Série Ouro do Gauchão de Futsal, diante da equipe do AES de Sananduva, a evolução tática na atuação dos jovens atletas teve reconhecimento do treinador Élson Machado.

- Demonstramos determinação e comprometimento com a marcação, e nas saídas rápidas em contra-ataques envolvemos o adversário – avaliou ele, após o empate em 5×5, nos fora de casa.

Agora as atenções se voltam para a Liga Sul de Futsal, que será realizada de 17 à deste mês, na cidade de Francisco Beltrão, no Paraná. O campeão garante vaga na Copa Brasil de Futsal. No retorno a Lajeado, o próximo compromisso pelo Estadual será diante da ACBF, de Carlos Barbosa, dia 27, no Complexo Esportivo da Univates.

O jogo

A equipe da Associação Lajeado de Futsal (Alaf) iniciou a partida com garra e determinação. O cronômetro marcava 5 segundos de bola rolando quando Paulinho Cambalhota de meia-bicicleta colocou o elenco lajeadense em vantagem. Alaf: 1×0.

Instantes depois, Cambalhota teve que ser substituído, devido a uma lesão. O escore adverso abalou a equipe mandante, que poderia ter sofrido mais gols, não fosse à má pontaria, nas conclusões dos jogadores visitantes. E quem não faz, leva. Aos 16, Marcos Henrique falhou e Picolé esfriou as pretensões do time do Vale do Taquari:1×1.

Só 20 segundos depois, Picolé apareceu com oportunismo diante do goleiro Gustavo. Na conclusão o rebote e bola nas redes. Era o gol do
vira-vira: 2×1.

A alaf não se intimidou, e saiu em busca da igualdade. E ela veio aos 19 minutos, numa grande jogada de Lauri Pavi Jr: 2×2.

No intervalo Élson Machado pediu atenção na saída de bola ainda no lado da quadra do adversário, em busca de manter o Sananduva sem poder ofensivo. Mas a equipe entrou apática e novamente foi surpreendida. Aos 6, novamente Picolé foi decisivo, aproveitando passe preciso de Paulinho e colocando a equipe mandante em vantagem: 3×2. Depois do revés, o grupo da Alaf se recompôs e reagiu de forma avassaladora, Aos 11, Mayco fez grande jogada individual e dentro da área foi derrubado. Penalidade máxima que ele mesmo bateu e converteu: 3×3.

A torcida do Sananduva que esperava nova reação do seu time, assistiu os visitantes balançarem mais duas vezes as redes do goleiro da casa. O primeiro gol saiu no minuto seguinte depois de grande assistência de Mayco para Juninho: 4×3. Giba então foi para a tática do goleiro-linha. Aos 16, Renan aproveitou vacilada do ADS e anotou por cobertura o quinto gol da Alaf: 5×3. Giba manteve a tática do goleiro-linha e chegou a igualdade, contando com o vacilo defensivo da Alaf.

Frumi, aos 17, e Feijão, aos 18, deixaram tudo igual novamente: 5×5.

Comente aqui