clicRBS
Nova busca - outros

clima

31 out09:50

Massa de ar seco predomina e semana será de tempo firme

Uma massa de ar seco e frio vinda da Argentina se estende sobre o Estado e garante semana de tempo firme no Rio Grande do Sul.

Durante esta segunda-feira, as temperaturas chegam em Lajeado não devem passar dos 22°C. A menor temperatura registrada no dia, às 6h, foi de 13,3 °C.

O dia começou com tempo firme no Rio Grande do Sul. Apenas no Litoral Norte a umidade que vem do mar foi responsável por chuva fraca em Torres durante a madrugada, com acumulado baixo, de apenas 2,2mm segundo a estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

O tempo deve permanecer estável com muito sol no Oeste e no Noroeste, e sol entre nuvens nas demais regiões.

Segundo o meteorologista Fábio Feltrim, da Somar, esta massa de ar frio deve fazer com que os gaúchos sintam as temperaturas mais amenas, com diferença principalmente nas máximas, que ficarão mais baixas em relação aos registros dos últimos dias. Feltrim destaca, ainda, que a sensação de calorão só deve retornar no final de semana que vem.

Na terça-feira, o tempo se mantém aberto em todo o Estado. A madrugada é de frio especialmente na Serra, onde os termômetros devem registrar mínima de 3ºC. A temperatura eleva-se durante o dia chegando à máxima de 26ºC na região Oeste. Em Porto Alegre o sol deve predominar e a temperatura varia entre 13ºC e 22ºC.

Na quarta-feira, o enfraquecimento da massa de ar frio faz com que a amplitude térmica aumente principalmente no interior do Estado. A temperatura deve ter mínima de 2ºC na Serra e máxima de 28ºC no Oeste.

A previsão para quinta e sexta-feira é de muito sol em todo o Rio Grande do Sul. Na Capital, a temperatura fica entre 13ºC e 26ºC, na quinta, e entre 15ºC e 28ºC, na sexta-feira.

Comente aqui
28 out09:03

Amanhecer tem mínima de 10°C no Vale

Pelo segundo dia consecutivo a temperatura mínima ficou abaixo dos 10ºC no Estado. Nesta sexta-feira, a temperatura mais baixa foi 6,5ºC, às 6h, em São José dos Ausentes, na Serra, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Por causa do vento, com rajadas em torno de 30km/h, a sensação térmica chegou a 1,5ºC no município, de acordo com a Somar.

Em Lajeado, a mínima registrada pelo Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates foi deTemperatura 10,9°C às 6h52min, mas como sensação térmica bem mais baixa.

Apesar do frio matinal, as temperaturas devem subir bastante hoje, influenciadas pelo predomínio de sol e pelos ventos que sopram do quadrante norte, e a tarde promete ser de calor no RS. A expectativa é de máxima de 25ºC no Vale do Taquari.

Amanhã a temperatura pode subir ainda mais, com expectativa de até 29ºC para Porto Alegre. No domingo a previsão é de novo declínio por conta da passagem de uma frente fria.

A umidade relativa do ar continua relativamente alta. Hoje, o índice registrado em Lajeado passa por 70%.
Sábado pode ter chuva em áreas isoladas do RS

Uma área de baixa pressão que se forma na altura do Paraguai deve provocar chuvas a partir de amanhã no sul do país. Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, no Rio Grande do Sul pancadas isoladas podem atingir áreas da fronteira com a Argentina pela manhã, e do Oeste, Norte, da Campanha e do Extremo Sul durante a tarde.

Apesar disso, o tempo seco deve predominar na maior parte do Estado.

— Mesmo com o tempo nublado, o dia vai ser abafado e deve ser proveitoso — diz o meteorologista.

Ele ainda destaca que não deve chover forte, mas podem ocorrer trovoadas no Norte, em municípios como Passo Fundo, Erechim e Iraí.

No domingo a previsão é de sol, com garoa da Serra ao Litoral Norte entre a tarde e a noite. Na segunda-feira a expectativa é da volta do tempo seco e frio.

— A semana do feriado não deve ter chuva e será ensolarada, porém as temperaturas ficarão baixas mesmo durante a tarde — antecipa Oliveira.

Comente aqui
27 out10:47

Mínima registrada no dia foi de 11ºC

Após três dias consecutivos de chuva, o destaque nesta quinta-feira no Rio Grande do Sul é a volta do sol e também do frio. Das 35 estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) em operação no Estado, 18 tiveram mínimas abaixo dos 10°C.

Em Lajeado, a temperatura mais baixa registrada pelo Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates foi de 11,9ºC às 6h. A tarde deve ter sol e temperatura de até 23°C.
Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, o Estado ainda está sob influência do ciclone extratropical, que agora se encontra na costa do Uruguai e não tem mais potencial para destruição no território gaúcho, mas provoca frio.

Apesar do frio de hoje, as temperaturas mais baixas da semana no RS devem ser registradas amanhã nas primeiras horas do dia, podendo chegar a 4ºC em Vacaria. Por outro lado, conforme destaca Oliveira, como não há previsão de vento forte, a sensação tende a ser mais amena.

— No fim das contas, amanhã deve ser menos desagradável sair de casa que hoje — brinca o meteorologista.

No sábado o Rio Grande do Sul ainda deve ter mínima abaixo de 10ºC, mas no domingo o frio diminui, segundo Celso. O sol deve predominar durante todo o final de semana e a umidade relativa do ar pode chegar a 30% e 40% — níveis considerados bastante baixos para os padrões gaúchos — principalmente no Interior, devido à influência de uma massa de ar seco. Somente na divisa com Santa Catarina áreas de instabilidade podem provocar pancadas de chuva no sábado.

Comente aqui
26 out09:42

Depois da chuva, tempo deve abrir nesta quarta

Esta quarta-feira ainda começou com tempo fechado em todo o Rio Grande do Sul, mas de acordo com o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, pode abrir ainda pela manhã na Fronteira Oeste. Nas demais áreas, inclusive no Vale do Taquari, há previsão de aberturas de sol a partir do meio da tarde.

A partir de amanhã já não há previsão de chuva em quase nenhuma cidade do Rio Grande do Sul. Segundo Oliveira, apenas em alguns pontos do Litoral Norte e da Serra ainda pode chover fraco no fim do dia.

O calor e a sensação de abafamento que predominavam no Estado desde o final de semana deram lugar à sensação de frio nas primeiras horas desta quarta-feira. De acordo com a Somar, a sensação térmica chegou a 6ºC em Canguçu, no Sul, e Santana do Livramento, na Fronteira Oeste, quando a tempeartura oscilava em torno dos 10ºC nas duas cidades. Isso porque chove pelo terceiro dia consecutivo no Rio Grande do Sul, e o vento forte, que agora sopra do quadrante sul, contribui para reduzir a sensação térmica.

Em Lajeado, a mínima registrada pelo Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates foi de 15,6 °C, às 9h. A máxima prevista para a tarde é de 21°C. Ainda conforme o CIH, a chuva de ontem atingiu os 45,7 mm. Cada milímetro equivale a um litro de água por metro quadrado.

Quinta

O ciclone extratropical fica mais distante do continente e as áreas de instabilidade já não atingem mais o Estado na quinta-feira. Por isso, a massa de ar frio e seco passa a predominar no Rio Grande do Sul, o que por sua vez, inibe a formação de nuvens. O sol volta a brilhar e provoca grande amplitude térmica, ou seja, apesar do frio da madrugada, o tempo ensolarado ajuda a temperatura a subir. A intensidade dos ventos diminui em relação aos dias anteriores.

Sexta

A massa de ar frio e seco permanece sobre o Rio Grande do Sul e garante mais um dia com tempo firme. Ainda faz frio ao amanhecer, porém, o sol ajuda na elevação da temperatura e a tarde fica um pouco mais quente do que no dia anterior.

Comente aqui
25 out09:27

Terça-feira continua com tempo instável

O ciclone extratropical que provocou chuva na região nesta segunda-feira (foto) avança pelo sul do país, causando pancadas de chuva, trovoadas e ventos fortes sobre os três Estados da Região Sul e no Mato Grosso do Sul.

Como está o tempo em seu bairro? Envie fotos

A madrugada teve mais uma vez temperaturas elevadas no Estado, com mínima acima de 17ºC em Lajeado, à meia-noite. Para a tarde, a máxima prevista pelo Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates é de 23ºC.

A previsão é de tempo instável com pancadas de chuva, trovoadas e possibilidade de ventania em todo o Estado hoje. Segundo alerta emitido pelo Inmet, pode ocorrer também queda de granizo em áreas isoladas do Rio Grande do Sul, do Paraná e de Santa Catarina.

No Rio Grande do Sul, a cidade de Torres, no Litoral Norte, registrou rajada de 77,4km/h nesta madrugada, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Já a maior chuva neste começo de terça-feira no RS foi observada em São José dos Ausentes, na Serra. Até as 6h foram quase 50mm de chuva, o equivalente a 35% da média de outubro no município.

Amanhã o ciclone extratropical se afasta para o oceano e a frente fria se desloca para norte. No Rio Grande do Sul, as nuvens dão lugar a uma massa de ar frio e seco que deixa o tempo firme com predomínio de sol na maior parte do Estado e faz as temperaturas ficarem bem mais baixas em relação ao calor dos últimos dias. Apenas no extremo sul ainda chove fraco e de forma isolada em função de áreas de instabilidade provenientes do mar.

Comente aqui
24 out09:56

Segunda inicia com chuva e calor no RS

A segunda-feira começou com temperatura elevada e sensação de abafamento desde cedo no Rio Grande do Sul. Além disso, choveu desde a madrugada em diversos municípios.

Como está o tempo em seu bairro? Envie fotos

Em Lajeado, a precipitação foi de poucos milímetros. A menor temperatura registrada no dia pelo Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates foi de 19°C às 7h. A máxima prevista para a tarde é alta, de 32ºC.

Segundo previsão da Somar, a formação de um ciclone extratropical provoca a intensificação dos ventos. As rajadas podem chegar a 70km/h hoje e até 90kmh/h amanhã.

— Não se pode especificar uma área preferencial para ser atingida por estes ventos porque a área de baixa pressão tem muita abrangência e todo o Estado está sob risco, embora o temporal deva ser mais intenso hoje no Norte e no Noroeste, e amanhã no Litoral — diz o meteorologista da Somar, Celso Oliveira.

Tempo seco e frio retorna na quarta-feira

Após um domingo com máxima de 35,5ºC em Campo Bom e 34,3ºC em Porto Alegre — a tarde mais quente desta primavera até agora na Capital — o calor deve continuar no Estado até amanhã, assim como a chuva.

Já na quarta-feira o RS terá o retorno da sensação de frio nas primeiras horas do dia, com mínimas que devem ficar abaixo de 10ºC, e do tempo seco.

Hoje a máxima fica perto dos 30ºC no Noroeste, em torno de 25ºC no Oeste, na Serra e na Região Metropolitana, e 23ºC no Sul. Amanhã as máximas caem um pouco mais e, segundo o Inmet, não passam dos 28ºC. Na quarta-feira a previsão é de máxima de 25ºC.

Comente aqui
21 out09:14

Em sexta de calor, máxima deve ser de 28°C na região

Tempo seco, sol e muito calor são as características que marcam o tempo no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira e no fim de semana. Isso claro, apesar do friozinho primaveril que tem se repetido, especialmente no começo da manhã, nos últimos dias. A estação do Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates marcou 12,9°C às 6h.

Como está o tempo em seu bairro? Envie fotos

Ontem no Vale do Taquari a temperatura chegou aos 25ºC à tarde. Hoje, conforme a previsão, a máxima deve chegar aos 28 ºC. O chamado vento “Nordestão” deve garantir tanto a elevação das temperaturas quanto da sensação térmica, que não deve ser de frio durante a tarde.

O dia começou com tempo aberto, apenas com mais nebulosidade em algumas partes da Metade Sul, Campanha, do Litoral Norte e da Serra.

Com dias mais longos devido à aproximação do verão e o sol cada dia mais a pino, não é apenas a temperatura que aumenta, mas também o Índice de Ultra Violeta (IUV). A previsão é de IUV alto e muito alto hoje e nos próximos dias de forma geral no Estado, dependendo também da nebulosidade.

Chuva generalizada volta na segunda-feira

Tanto neste sábado quanto no domingo podem ocorrer chuvas em áreas isoladas na fronteira com o Uruguai, mas que não devem passar de pancadas rápidas de fim de tarde.

No domingo o aumento da nebulosidade já será o começo da virada no tempo prevista para se consolidar na segunda-feira. Segundo o meteorologista Celso Oliveira, da Somar, deve chover desde cedo na Fronteira Oeste, e a instabilidade se espalha pelas demais áreas ao longo do dia.

Comente aqui
20 out09:30

Quinta-feira inicia com instabilidade no RS

A umidade que vem do mar é responsável por um início de quinta-feira com nuvens e risco de chuva no Vale do Taquari. No decorrer do dia, conforme previsão da Somar, as áreas de instabilidade enfraquecem e se afastam. Por isso, na maior parte do Estado o sol aparece desde cedo e proporciona elevação das temperaturas.

Como está o tempo em seu bairro? Envie fotos

O Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates registrou mínima de alta, de 15,2 °C às 5h. A temperatura máxima prevista é  a mais alta  da semana, de 26°C. Às 9h, a umidade do ar era de quase 90%.

Comente aqui
19 out08:25

Clima: máxima prevista nesta quarta é de 25ºC

O Rio Grande do Sul voltou a registrar temperaturas baixas no começo desta quarta-feira por causa da influência de uma massa de ar frio, mas o sol deve aparecer entre nuvens hoje na maior parte das regiões, garantindo a elevação das temperaturas.

Como está o tempo em seu bairro? Envie fotos

O sol aparece desde o início da manhã, mas a circulação de umidade vinda do oceano para o estado pode provocar um aumento da nebulosidade durante o dia. As temperaturas começam um pouco baixas e ficam bem agradáveis à tarde. A mínima registrada nesta quarta feita em Lajeado pelo Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates foi de 12,5 °C às 6h33min. A máxima prevista é de 25ºC.

No Sul, entretanto, pode chover fraco ainda pela manhã. À tarde as pancadas isoladas e de curta duração passam a atingir também parte da Campanha e áreas isoladas da Serra e do Litoral Norte. Na Região Metropolitana, a tendência é que a chuva chegue a partir do anoitecer, segundo o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia.

Amanhã ainda pode ter chuva fraca, principalmente pela manhã, em Porto Alegre, no Litoral Norte e na Serra, mas entre estes dois dias os acumulados não devem passar de 10 milímetros em nenhuma das regiões.

Depois o Estado terá mais uma vez tempo seco, e o calor será o destaque do final de semana, com as temperaturas tanto mínimas quanto máximas elevadas em relação aos últimos dias. Chuva forte, com potencial para temporal na Fronteira Oeste, só deve voltar a ocorrer no RS a partir de segunda-feira.

Extremos da temperatura

Até as 7h de hoje a temperatura mínima registrada pelas estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no Estado foi 7,9ºC em São José dos Ausentes, na Serra, ontem a sensação térmica chegou a 3ºC segundo a Somar. Na Capital fazia 14,8ºC às 6h, com sensação térmica de 13ºC. Vacaria, na Serra, e Canguçu, no Sul, registraram temperaturas perto de 11ºC e sensação de 7ºC.

Ontem a mínima foi 5,6ºC em Bagé, na Campanha, e a máxima 29,2ºC, em Santa Rosa, no Noroeste. Hoje a máxima pode mais uma vez chegar perto dos 30ºC, especialmente na região próxima à fronteira argentina. Nas regiões onde chove as temperaturas ficam um pouco mais baixas, entre 21ºC, no Sul, e 25ºC na Região Metropolitana.
Cinzas vulcânicas

Segundo o meteorologista Celso Oliveira o serviço meteorológico da Argentina indica que as cinzas do vulcão chileno Puyehue não estão mais sobre o Rio Grande do Sul. Resquícios da fuligem que encobriu várias cidades ontem, entretanto, ainda podem ser depositados em superfície hoje por causa da precipitação.

— A chuva acaba limpando a atmosfera. A tendência é carregar tanto poeira quanto eventuais partículas de cinzas — diz o meteorologista.

Comente aqui
18 out08:53

Dia começa com baixa sensação térmica e deve ter sol à tarde

O “friozinho”, que tem marcado as manhãs e madrugadas no Rio Grande do Sul nestes últimos dias, voltou nesta terça-feira após uma segunda com registro de altas temperaturas. . Entre a madrugada e o começo da manhã de hoje a sensação térmica era baixa, com mínima de 15°C registrada no Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates.

A previsão para esta terça-feira é de tempo seco e sem nuvens na maior parte do Estado, com predomínio de sol. A temperatura máxima deve chegar a 23ºC no Vale do Taquari.

Cinzas

Depois de um dia ensolarado e de poucas nuvens, no fim da tarde desta segunda-feira, o céu foi tomado por um aspecto acinzentado em várias regiões do Estado, inclusive no Vael do Taquari. Segundo a meteorologista do Grupo RBS, Estael Sias, partículas associadas ao vulcão, que foram trazidas pelo vento, reduziram a visibilidade.

— Não tem outra condição meteorológica que favoreça esta condição. Tudo aponta que sejam as cinzas — diz Estael.

Na manhã de hoje, o fenômeno ainda podia ser registrado em Lajeado (foto acima).

O ar só voltará a ficar “limpo” no Estado quando houver chuva e vento forte para dispersar a cinza. De acordo com a meteorologista Olívia Nunes, da Somar Meteorologia, o vento tem empurrado a nuvem em direção ao Oceano Atlântico. Dessa maneira, os aeroportos argentinos e uruguaios não registraram mais cinzas vulcânicas.

Quarta-feira pode ter chuvas isoladas no RS

Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, deve voltar a chover amanhã no Rio Grande do Sul, porém de forma isolada, atingindo uma faixa que vai da Campanha à Serra, passando pela Lagoa dos Patos, parte do centro do Estado e da Grande Porto Alegre. A chuva forte, no entanto, só deve voltar a ocorrer a partir da próxima segunda-feira.

Comente aqui