Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de setembro 2010

Um dos segredos

23 de setembro de 2010 0

Segredos todo mundo tem um ou mais, as vezes muitos. Mas para aqueles que são amantes da corrida, o grande segredo a ser revelado é: porque os Africanos correm mais do que o resto do mundo?

Na leitura de vários artigos investigando as razões que poderiam explicar essa pergunta, um deles explica sobre a bioenergética dos corredores Kenianos e como seu treino é montado a partir dessa estrutura.

A  bioenergética nada mais é do que o tipo de combustível que utilizamos ao correr ou viver, qual substrato é utilizado se gordura, proteína ou carboidratos. E como isso influência na intensidade de qualquer atividade física.

O principal combustível utilizado na prática esportiva é o carboidrato, depois gordura e por ultimo proteína. Mas quanto mais longa for atividade física, mais gordura utilizamos. O carboidrato nos sustenta por apenas 90minutos. O resto é o metabolismo de gordura.

Todos atletas treinam e aperfeiçoam esse metabolismo, mas os Kenianos. Conseguem aperfeiçoar até velocidades de 20,0 km\h correndo, utlizando pouco carboidrato como combustível nessa velocidade.

E trabalhando a intensidades de 92% ou mais de sua capacidade aeróbia, ou seja são máquinas de correr. Como resultado de um conjunto de fatores: genética, altitude, treinamento, disciplina e ambiente.

Para podermos treinar nessa intensidade, necessitamos de muita vontade. Pois após o treino instala-se um estado de fadiga, que é limitada por uma linha. Que tem de um lado sua melhor condição física e do outro, o sobretreinamento.

Com então é feito esse treinamento? Duas ou três sessões de 30 a 40 minutos, por dia, em intensidades; máximas, submáximas, de limiar e regenerativa. Para podermos entender, por que apenas 30 minutos nessa intensidade. Podemos calcular, se ele estiver correndo em intensidade submáxima ou seja velocidade de 20,0km\h, isso corresponde a 10km em 30minutos. Treino que a maioria de nós não acompanharia por 1km.

Esse tipo de treino para pessoas que não tem esse nível de condicionamento ou condições de descanso, se torna insuportável. Pois eles fazem quase que diariamente. Os mortais teriam que fazer no máximo duas ou três sessões por semana, não aguentariam mais.

Dessa maneira eles conseguem trabalhar em intensidades máximas e reproduzir isso nas provas. E é o que podemos acompanhar na mídia. Parece que não são seres desse planeta.

Mesmo que você corra 3km, a 13km\h que seria seu máximo, tentar repetir esse treino várias vezes na semana, seria irracional.

Mas eles treinam para suportar ritmos máximos e conseguem. Resultado de um longo trabalho.

Então se você quer correr bem, vá devagar e treine bem por muitos anos. E conseguirá alcançar seu melhor.

Procure um assessoria ou consultoria esportiva.

 

Perseguir um objetivo

21 de setembro de 2010 0

Quando uma pessoa decide perseguir um objetivo, essa pessoa sabe que vai ter que fazer sacrifícios de várias formas.

Ocupando seu tempo, que antes era livre ou usado para outras atividades. Se essa pessoa resolve fazer um concurso público ela vai ter que sacrificar festas, horas de sono, de diversão e até mesmo escolher  aquele trabalho que é mais se adecue a seu ritmo de estudo.

Para aquele atleta que busca fazer uma prova longa de várias horas como: uma maratona, uma ultramaratona ou um triathlon Iron Man. Ter isso em mente é algo fundamental. E deve ser pensado com bastante antecedência preferencialmente meses antes de começar a treinar. Pois os treinos longos podem alcançar até 8h num dia. Ou ocupar dois turnos num dia.

Para que ao longo do treinamento não sofra ao ter que fazer escolhas sobre desistir ou não de seu objetivo. Tentar fazer seu melhor ou apenas completar o desafio. Desistir por que surgiu uma lesão por falta de descanso ou festas em excesso.

Ter um objetivo é algo que move qualquer um, mas todo ser humano que está em equilíbrio tem um. Nem que seja temporário.

Mas entender isso é complicado para alguns, pois não valorizam aquelas pessoas que também estão fazendo sacrifícios de outra forma. Muitas vezes abdicando de seus prazeres também para estarem ao seu lado. Ou indo viajar naquele final de semana que por coincidência é o mesmo daquela festa do ano.

Muitas vezes esse atleta vai chegar cansado e vai querer dormir ao invés de ir passear no Shopping, ou ir ao cinema e muitas outras situações. E vai deixar frustado (a) seu parceiro(a), mas que tem razão de estar.

Ele também escolheu ficar ao lado de um(a) atleta de endurance, mas como diz aquela frase: “tudo tem seu preço”. Cuidado talvez ele não esteja disposto a pagar o preço de dessa escolha.

Então conversar com seu parceiro(a) ou familiar é uma necessidade e obrigação. Para que as coisas não terminem erradas. Afinal objetivo é uma coisa que está a nossa frente e pode ser alcançada por caminhos diferentes.

Perseguir um objetivo pessoal exige sacrifício. É coisa para gente determinada que está disposta a pagar o preço. Mas ninguém vive sozinho.