Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Prefeito de Navegantes sanciona lei que proíbe pulseirinhas do sexo

02 de março de 2010 20

Foi sancionada imediatamente pelo prefeito Roberto Carlos de Souza (PSDB) a lei que proíbe as polêmicas pulseirinhas do sexo em Navegantes.

O projeto de lei foi aprovado por unanimidade ontem na Câmara de Vereadores e sancionado hoje de manhã. A partir de hoje, os adereços coloridos estão proibidos em todas as escolas da rede municipal de educação.

_ A repercussão do assunto está provocando discussões equivocadas sobre sexualidade dentro das unidades de ensino. As escolas também vão fazer um trabalho com crianças, adolescentes e família sobre a sexualidade de forma correta _ afirma o prefeito.

Comentários (20)

  • Juliano diz: 2 de março de 2010

    Imagino que Navegantes esteja com a educação e a saúde em dia, que as ruas estejam asfaltadas, que exista saneamento e tratamento de esgoto, segurança pública impecável. Claro, pois se os nobres vereadores estão tão ocupados com tal matéria, a cidade deve estar uma maravilha, certo?

  • Jane diz: 2 de março de 2010

    Para mim Sr. Juliano vc deve morar em outro planeta e não tem filhos para se preocupar……..

  • Denise diz: 2 de março de 2010

    Logicamente a escola deveria restringir se acha correto. Porém, não cabe ao prefeito ficar fazendo leis para tal coisa. Os pais que se preocupam com seus filhos, que passem a conversar sobre o assunto. Proibir é uma forma de instigar a vontade das crianças e adolescentes a continuar a fazer isso. E logo,logo vão encontrar outra forma. Que não sejam pulseiras e sim…aneis ou chaveiros. Falta educar e não proibir!

  • Gustavo diz: 2 de março de 2010

    Ah eu acho ridiculo isso, nem todo mundo usa por causa dos significados eu uso porque é bonito mesmo não preciso de pulseiras para eu fazer algo com alguem, tudo bem que tem gente sem cerebro que no minimo ta fazendo as “coisas” dentro da escola, também tem que se tocar, que se foi pra escola é para estudar.

  • Ana diz: 2 de março de 2010

    Concordo plenamente com o comentários Jane, com certeza o Sr. Juliano não tem filhos para se preocupar.
    Estão de parabens os vereadores e prefeito do municipio de Navegantes, pois com certeza em educação e saude estão em dia.
    Irei propor esta medida aos vereadores de nosso municipio.

  • Juliano diz: 2 de março de 2010

    Sra. Jane, acredita que usar ou não uma “pulseirinha” vai mudar alguma coisa? Acredita também que o poder público de Navegantes vai conseguir controlar o uso destas pulseiras durante o carnaval, por exemplo?

  • Rodrigo Quaresma diz: 2 de março de 2010

    Uma dica para o Fernando Arruda: jamais se pressupõe que alguém esteja a par dos fatos ocorridos ao ler um “post” ou “matéria”.

    Explico: ao entrar pela capa do clicRBS neste “post”, esperava entender do que se tratam essas tais pulseiras. Aconteceu que o texto acima não explicou nada e continuei com a minha dúvida. Também não encontrei nenhum link para outro texto que explicasse o assunto.

    Faço essa crítica, pois gosto do trabalho dos veículos do Grupo RBS e, estando fora do estado, costumo acompanhar por aqui as notícias da região onde cresci.

    Obrigado pela atenção.

    Resposta: Caro Rodrigo, crítica aceita e realmente neste post do dia 02/03 falhei em não dar explicações sobre o funcionamento da brincadeira. Porém, quando a lei foi aprovada, no dia anterior, outro post foi feito explicando a aprovação da lei e com links para as reportagens que haviam sido publicadas no Santa e no DC, com todas as informações necessárias. Ficaremos atentos. Grato por sua observação. Fernando Arruda

  • Jorge diz: 2 de março de 2010

    Deixa a molecada usar essas pulseirinhas do sexo a vontade, isso é uma modinha que vai passar como tantas outras.

  • Simone diz: 2 de março de 2010

    Sr. Juliano,

    Quando sua filha ou irmã (acredito que não tenha) for estrupada por usar essas pulseirinhas, penso que vai mudar sua opinião. É bom não olhar só para seu umbigo……

  • Felipe diz: 2 de março de 2010

    que tem que se preocupar em dar educação sexual para os adolescentes são os pais e não o prefeito, esse está aproveitando a repercussão de tal matéria para aparecer!!!!

  • Cleide diz: 2 de março de 2010

    Concordo com a Jane e apoio a decisão do prefeito!

  • Rafael diz: 2 de março de 2010

    Juliano esta certo; não é papel do Estado controlar o uso de pulseiras. Vão proibir as pulseiras hoje, e amanha as mesmas crianças vao usar colares, brincos ou qualquer outra coisa que terá a mesma finalida.. É papel dos pais educar e fiscalizar os filhos. Sem falar que proibir de usar a pulseira é obviamente incostitucional! Se a pessoa for maior de idade não vai poder usar a pulseira também? Então que comecem fechando os bordeis, que com certeza é frequentado por muito desses que são a favor da lei.

  • Victor diz: 2 de março de 2010

    Acho que proibir nao adianta.. Os pais tem que ensinar e, principalmente, dar o exemplo.

    Tem cada mãe por aí, que veste a filha desde menininha como se fosse uma mini-prostituta.. E ainda acha lindaaaa…

    O que vai acontecer? Vao inventar outra coisa qualquer.. A camiseta do sexo, o anel do sexo, etc etc..

    Educação começa em casa. E nao vendo Big-Brothers da vida..

  • beto diz: 2 de março de 2010

    Estão certos as autoridades constituidas, dar um basta nesta besteira e levar para a sala de aula mais educação é oque está precisando em maioria das escolas de nosso pais. As crianças tem mais que se preocupar no futuro, agora devem brincar e se preparar para ter melhores dias pela frente …

  • Felipe diz: 2 de março de 2010

    Dar educação não compete a escola e nem ao executivo, e sim aos pais. O prefeito está aproveitando o assunto para estar na mídia. Se os pais não tem competência para educar os próprios filhos, não podem culpar os outros por erros futuros.

  • Maria diz: 2 de março de 2010

    eu amoooooooooo essas pulserihas

  • Rudi diz: 2 de março de 2010

    acho que o prefeito deveria ver outras prioridades do que simples pulserinhas.. sobre elas existem educadores, pais, psicólogos que podem tratar de tal assunto, não precisa o prefeito esquentar a cabeça com isso, agora é torcer pra ver se ele tbm encherga a falta de saneamento básico em navegantes, acho que isso ele não viu ainda não é? e olha que são bem grandes os problemas …. faça o que é para ser feito.

  • igor diz: 2 de março de 2010

    eu achei rediculo esse nova lei de proibir as pulseiras
    sera que les nao estao vendo
    sera que eles sao dautonicos
    o que
    so querem enventar lei
    mais do povo que é bom eles nao cuidao
    isso e uma palhaçada eu nao vi nada escrito que a preta e de sexo
    gente acorda aquilo que se chama pulseiras do sexo e so cor
    e uma cor nao significa nada

    o que significa é faser
    que vai atras disendo que ela e causadoras de varios estrupos é pq deixou
    essa e a mkinha rebeliao
    a favor das pulseiras

  • Juçara diz: 2 de março de 2010

    Concordo inteiramente com vc, Jane e mais, esse tal de Juliano não deve nem saber
    o significado das tais pulseiras.
    Parabéns a iniciativa de proibição dessas que não contribuem em absolutamente nada para a educação de nossos filhos.
    Todos os pais RESPONSÁVEIS por seus filhos, jamais irão concordar com tal absurdo de:
    Pulseiras do sexo.

  • Mônica diz: 3 de março de 2010

    se essas besteras nao estivessem soltas ai talvez os prefeitos nao estaria perdendo tempo com “tal materia né” é estariam cuidando de sua cidade!! e logico q os pais tem q dar educaçao mais nen todos os pais ficam o dia inteiro atras de seus filhos os seguindo pra saber o q eles estao fazendo o dia inteiro e os fiscalizando nao …isso talvez nao significa nd pra uns mais pra muitos isso e muito importante e talvez os prefeitos tenha filhos e estao preocupados com eles ….

Envie seu Comentário