Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Proibição das pulseirinhas do sexo em Navegantes repercute pelo mundo

03 de março de 2010 26

A decisão do prefeito de Navegantes, Roberto Carlos de Souza, em proibir o uso das pulseirinhas do sexo nas escolas do município, gerou repercussão não apenas na imprensa catarinense, mas também em veículos nacionais e internacionais. Ontem e hoje, canais de tv, jornais e sites do Brasil e de outros países comentam a aprovação e sanção da lei que acaba com a brincadeira que troca o adereço por um abraço ou até mesmo por uma relação sexual. A lei foi aprovada na sessão desta segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Navegantes, e sancionada terça-feira pelo prefeito Roberto Carlos de Souza. Confira alguns links por onde a notícia se espalhou: The Citizen – África do Sul Brisbane Times – Austrália The Daily Chilli – EUA 3aw – Austrália La Libre – Bélgica Portal G1 Foto de Marcos Porto

Comentários (26)

  • Júlio diz: 3 de março de 2010

    Se os alunos forem de maior,não vejo nada de mais em usar as tais pulseiras,agora,se sãode menor(adolecentes na maioria tem mais é que pensar no estudo antes de usar de tais porcarias)por isso essa promiscuidade do sexo nessa gurizada de hoje….muitos ja perdem a virgindade depois dos 14 anos..absurdo

  • Bruno diz: 3 de março de 2010

    Como é que é? Ao usar uma pulserinha está sinalizando a disponibilidade ou precisa ganhar a pulseirinha para isso?

    Parece a brincadeira de “flash” de peitos do carnaval de Nova Orleans (Mardi Grass), que passa muito no canal E! da TV por Assinatura (programa Wild On!)

  • Elizandro diz: 3 de março de 2010

    Julio, sinto dizer, mas creio que atualmente isso ja ocorra antes dos 14…

  • Luise diz: 3 de março de 2010

    Nao sei o que ta acontecendo com esse mundo, a escola é feita para estudar nao pra pensar e fazer besteira, essas crianças nao sabem nada da vida

  • daniel machado diz: 3 de março de 2010

    proibição não vai mudar atitudes desejos e outras atitudes que pivetes metidos a adultos possam vir a ter… Prefeito quer aparecer em base das pulseiras SE ESSAS VAGA…… QUISEREM se envolver vão se envolver… e NÃO VAI SER A AUSENCIA DE PULSEIRAS QUE VAI INIBIR ISSO E SIM A PREOCUPAÇÃO DOS PAIS SOBRE A ATITUDE DAS “FILHINHAS/OS” DO PAPAI E MAMÃE… AI ACONTECE ISSO PARA POLÍTICOS APARECEREM COM FALHAS DESSES PAIS OMISSOS E RESPONSÁVEIS… E QUER SABER… NÃO VEJO NADA DE MAIS NAS PULSEIRAS… NÃO É ESCOLA, POLITICO E OUTROS QUE VÃO ESCOLHER O QUE USO OU NÃO….

    CABEÇA ABERTA A TODOS, E EDUCAÇÃO FAMILIAR !!! É TUDO

  • HAROLDO diz: 3 de março de 2010

    Que mundo estamos? Não sabia disto e achei um absurdo . Mais absurdo e comico é as autoridades quererem resolver esta questão por decreto. Se as pessoas não dão valor para si mesmas não vai ser um decreto lei que vai acabar com isto. Ao contrário vai incentivar. Se proibição resolvesse não haveria cada vez mais gente consumindo maconha, crack e cocaina.

  • Janaina diz: 3 de março de 2010

    Essas pulseiras deveriam ser proibidas em todas as escolas do país,já que em suas casas não são. Pelo menos nas escolas!!!!!

  • Edevar diz: 3 de março de 2010

    Gostaria de diser que eu ja pensei que a musica EGUINHA POCOTO fosse o pior que poderia haver……mas BEM BOLADO tem levado ate os adultos a fazerem coisa incirveis assim, como as crianças com menos de 14 anos

  • Marcelo-Interior de São Paulo diz: 3 de março de 2010

    Pois eh a nossa realidade eh bem esta mesmo…
    Mas se as pessoas forem maiores de idade o que que há???
    hoje em dia nada nos causa mais espanto!!!
    Jah que a garotada fazem outras coisas desde 8 ou 9 anos….

  • Kleber diz: 3 de março de 2010

    A idade que se perde a virgindade não vem ao caso, e sim, o fato de empresas lucrarem em cima disso.
    Especificamente nesse caso, como o maior (ou o único) público desses produtos são de menores, a comercialização e até a existência dele deve ser questionado e sendo o caso proibido.

  • Douglas diz: 3 de março de 2010

    Acho um absurdo qualquer tipo de proibição, a culpa não é das pulseiras e sim da cultura atual dos jovens. Educar sim, proibir não.

  • soldado diz: 3 de março de 2010

    Corta o pinto da mulecada

  • Cidadao diz: 3 de março de 2010

    Parabens senhor Prefeito!
    Até que enfim um decreto em favor da cidadania e em proteção às crianças contra essa brincadeira irresponsavel e perigosa bolada pelos estudantes ingleses.
    Contra esse tipo de coisa, tem que tomar medidas drasticas mesmo.

  • Peter diz: 3 de março de 2010

    Medida desesperada do Prefeito merece respeito, pois, pelo menos chamou atenção ao problema.
    Não esqueçam que os pais são culpados, mas a TV aberta é que está depravando a mente das pessoas (jovens, adultos, crianças), parece que é bonito ser tudo liberado, precisamos cultivar a Moral e bons costumes.

  • Rafael diz: 3 de março de 2010

    Só para rir, meu deus proibiram isso por que não gera lucro pra eles e muitos pais reclamam, mas ele não tem mais com o que se preocupar??
    Por que ele não proibe o cigarro de ser vendido nas cidades, por que enquanto as pessoas reclamam que seu filho com essas pulserinhas deve ser isso, aquilo,….
    deve estar é fumando em algum lugar, nem na escola deve estar ¬¬

  • Vinicius Araújo diz: 3 de março de 2010

    Concordo com o Douglas , do comentário acima !
    Proibir não adianta e não muda nada , educação e
    respeito com os outros veem de casa meeus amigos !

  • Félix diz: 3 de março de 2010

    Se uma filha de vocês, ou uma irmã, cair numa armadilha dessas na escola, não vão responsabilizar a escola?
    Se os pais permitirem o uso dessas pulseiras com a consequente “brincadeira”, que o façam fora da escola, sem influenciar quem não quer participar dessa idiotice.

  • Gilson diz: 3 de março de 2010

    se a prevenção falhou, tem que reprimir!!
    está certo o prefeito!
    se continuar pensando que proibir é retrogrado então vamos liberar o uso de drogas. Se proibindo já está um caos!! imaginem, se deixar, a promiscuidade vai tomar conta, tendo em vista que agora já é uma vergonha…

  • SulaAB diz: 3 de março de 2010

    Parabéns, Sr. Prefeito e Vereador!!! Se tivermos sempre alguem lutando contra atos precedentes ao sexo tão cedo em nossos adolescentes com certeza teremos em nosso país mais
    gente formada do que pais precoses desinformados, filhos indesejados e crianças abandonadas ou até mortas por pais sem estrutura ou estudo!

  • Alexis diz: 3 de março de 2010

    Fico só imaginando esses pais liberais, de pedagogia moderna que não pode reprimir os filhinhos frecalhões,receberem a notícia da filhinha dissendo que tá grávida. Vai fazer o que?
    Vai criar, otários, que são ou vão encher as clinicas de aborto clandestino.
    Crianças safadas, filhos da promiscuidade aberta em todos os canais e novelas.
    Pais Imbecis, amor e disciplina são amigas na formação se dosados corretamente.

  • lino diz: 3 de março de 2010

    A camara de vereadores deveria tambem criar uma lei revogando a lei da gravidade porque so atrapalha fazendo tudo cair no chao e outra revogando a lei da oferta x procura que faz os precos subirem e cairem toda hora….rssrsrs.

  • Gue Ge diz: 3 de março de 2010

    O prefeito de Navegantes mostra que imaginação ele tem. Meus filhos usam e gostam por que nem pensam safado como os adultos. O prefeito de Navegantes Roberto Carlos de Souza vai proibir agora para toda a população asistir TV? Big Brother e os piores programas que tem no TV .. as novelas?

    Ridiculo toda esta materia .. rsrs

  • ulisses diz: 3 de março de 2010

    ‘ HAROLDO” “Decreto Lei” já éra, desde 1988 com a atual CF

  • roberto diz: 3 de março de 2010

    discordo da opinião acima. Sempre os nossos são os inocentes, promiscuos ou mal educados sao o dos outros…
    se cada prefeito fosse fazer uma ação dessas com certeza nem big brother nem novelas iriaamos ter, e convenhamos, nao faz nenhuma falta!!isso acabaria com a hipocrisia no Brasil, isso só foi necessário pq a educação em casa está deixando a desejar!!! se é assim então temos que reprimir!!

  • manoela diz: 4 de março de 2010

    na real eu acho que não precisa de pulseirinhas ou outros objtos pras pessoas fazer o que querem… pq não é de uma hora pra outra que as pessoas vão começar a fazer sexo a toda hora…. é só ter um pouco de bom senso pq se não usar a pulseira dentro do colégio é só sai do colégio que ela vai ser utilizada!

  • Clarice diz: 17 de março de 2010

    gente, tenho 16 anos, uso pulseiras de silicone desde 2006 quando nem havia esta coisa de “pulseira de sexo”, pra mim e so mais um tipo de pulseira, so fui saber das tais “regras” do tal “jogo”, uma noite vendo altas hora,s quando vi um cantor famoso comentando sobre o assunto, e que ele usa a pulseira. e usando a pulseira permaneço virgem, e nao vou ter relaçoes sexuais com alguem so por que esta tal pessoa arrebetnte minha pulseira, nem relaçoes sexuais, nem beijo, nem qualquer tipo de carinho, acho que e muito hipocrisia dizer que crianças e adolescentes usam as tais pulseiras para obter este tipo de contato com outras pessoas, e faicl dizer que a culpa sao das pulseiras, e nao da ma educaçao sexual que e dada nos colegios.

Envie seu Comentário