Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Acusados de sequestrar filho de empresário em Itapema são condenados

21 de maio de 2010 0

A 2ª Vara Criminal de Itapema condenou ontem os três acusados de envolvimento no sequestro de Alcino Pasqualotto Neto, em julho de 2009.

Pedro Thais Ohlweiler Cardoso foi condenado a 14 anos de prisão. Estevan de Aguiar Mariotto e Adílio Neves Dumas pegaram 12 anos.

Alcino Paqualotto Neto foi sequestrado na noite de 6 de julho passado, quando saiu para jogar tênis com um dos condenados, o amigo Pedro Cardoso. Ele foi mantido em cativeiro por 28 horas. O jovem, de 22 anos, é filho de um empresário do ramo de construções em Itapema.

Cardoso foi apontado pela Justiça como o mentor do sequestro. Estevão Mariotto foi preso em flagrante em Cascavel, no Paraná, com duas pistolas, capuzes e o dinheiro do resgate (R$ 500 mil e US$ 75 mil). Conforme a Justiça, Mariotto confessou a participação no sequestro.

A defesa de Adílio Dumas afirma que ainda não foi notificada da decisão judicial e que soube da sentença pelo site do Tribulan de Justiça de Santa Catarina. Apesar disso, adiantou que irá recorrer da decisão ao tribunal.

A reportagem tentou falar com advogados de defesa dos outros dois acusados, mas até o momento, não conseguimos contato.

Envie seu Comentário