Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Marcílio Dias deixa escapar vitória contra o Concórdia nos acréscimos

02 de fevereiro de 2011 0

Jogando fora de casa, o Marcílio Dias deixou espacar das mãos a vitória diante do Concórdia. O time itajaiense vencia a partida até os 45 minutos do segundo tempo, mas sofreu um gol polêmico nos acréscimos e acabou somando apenas um ponto, mantendo-se na sétima posição, com sete pontos.

O Marinheiro começou a partida com mudanças nas duas laterais. Willian, que vinha sendo improvisado na esquerda foi para a direita, substituindo Adans, e cedeu lugar ao estreante Caíque. Em um primeiro tempo de poucas oportunidades e raros lances de perigo, o time itajaiense tentou mais o toque de bola e deixou a pressão para o lado do Concórdia, que quase sempre parou as jogadas com faltas.

No segundo tempo, aos 15 minutos, Maicon fez belo cruzamento no primeiro pau e o zagueiro Dudu escorou, de cabeça, e marcou para o Marinheiro.

O Concórdia respondeu com perigo, mas esbarrou em mais uma boa atuação do goleiro Márcio Kessler e do zagueiro Dudu. A dupla salvou três vezes o que seria o gol de empate.

O jogo ficou pressão nos dois lados. Rincón perdeu uma chance incrível de ampliar aos 25 minutos da segunda etapa. O atacante recebeu cruzamento de Willian e mandou no travessão.

Aos 29, o Concórdia teve um gol anulado pelo árbitro Evandro Carlos Zanatto e na confusão, o lateral-esquerdo do Marcilio Dias, Caíque, acabou expulso.

O gol de empate do Concórdia veio nos acréscimos. Depois de confusão na grande área, o atacante Torres só empurrou para o fundo do gol. Os jogadores do Marcílio reclamaram de impedimento no ataque do Concórdia.

Na próxima rodada, o Marcílio Dias volta para Itajaí, onde recebe a Chapecoense. Já o Concórdia joga novamente em casa contra o Brusque.

Envie seu Comentário