Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Polícia vai investigar acidente no Bondindinho que deixou mulher ferida

03 de maio de 2011 1

A Polícia Civil de Balneário Camboriú vai instaurar um inquérito para investigar as circunstâncias de um acidente, envolvendo o ônibus de turismo Bondindinho, que deixou uma mulher gravemente ferida na segunda-feira. A desembargadora aposentada Júlia Mercedes Cury Figueiredo, 75 anos, teve fratura na coluna vertebral e corre o risco de ficar com sequelas.

Ontem, o filho dela procurou a Delegacia de Polícia para registrar um Boletim de Ocorrência. Segundo o relato dele, Júlia estava sentada no Bondindinho quando o ônibus colidiu com outro veículo, na Avenida Brasil. Com o impacto, a mulher caiu do assento e bateu a nuca.

Socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Júlia foi levada para o Hospital Santa Inês, onde está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com o diretor do hospital, Eroni Forest, a desembargadora aposentada vai passar por uma delicada cirurgia nesta quarta-feira.

_ Ela teve uma lesão de medula grave e não mexe os membros inferiores. O risco de sequelas existe, mas só no pós-operatório vamos saber o que vai acontecer _ disse Forest.

A delegada Maria de Fátima Ignácio informou que nos próximos dias a empresa Expressul, proprietária do Bondindinho, será intimada para que o veículo envolvido no acidente passe por uma perícia. Ela pretende ouvir o motorista do ônibus e também o de um Fiat Uno, que se envolveu na colisão com o Bondindinho.

O Jornal de Santa Catarina procurou a Expressul, mas nenum diretor foi encontrado para comentar o caso.

Comentários (1)

  • Patrícia Auth diz: 4 de maio de 2011

    Bom dia Luciano!
    Obrigada pela observação. O erro já foi corrigido na publicação. Tenha um bom dia!

Envie seu Comentário