Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Enchente provoca rebaixamento no berço de atracação do Porto de Itajaí

12 de setembro de 2011 0

A Superintendência do Porto de Itajaí anunciou no início da tarde desta segunda-feira, que ocorreu um recalque no berço de atracação número 1, construído pela APM Terminals Itajaí e inaugurado em 2009. As vigas e a plataforma de sustentação da estrutura sofreram um rebaixamento, que a princípio seria de 15 a 20 centímetros. O problema só foi constatado com a redução do volume do Rio Itajaí-Açu.

- Nós já convocamos a Secretaria Especial de Portos e a construtora contratada pela APM Terminals para realizar a obra. Nesta terça-feira de manhã, os técnicos já estarão aqui para realizar a vistoria técnica. Por enquanto não há condições de se dizer o que realmente aconteceu  e quais serão os prejuízos – afirma o superintendente do Porto de Itajaí, Antônio Ayres dos Santos Júnior.

O berço 1 possui 285 metros de comprimento. Segundo o Porto de Itajaí, o rebaixamento atingiu entre 100 e 120 metros da estrutura. Durante esta segunda-feira, a superintendência fará o monitoramento da área para verificar se o recalque progredirá.

A construção do berço 1 já havia iniciado no período da enchente de 2008, e de acordo com a APM Terminals, na época não teria sofrido prejuízos com a cheia.

O canal de acesso ao Complexo Portuário do Rio Itajaí-Açu continua impraticável. A correnteza ainda está muito forte e impede, inclusive, a realização do estudo de batimetria. A Praticagem de Itajaí informou que sete navios esperam em alto mar para atracar nos portos de Itajaí e Navegantes.

Envie seu Comentário