Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Entidades de Balneário Camboriú se posicionam contra mais vagas na Câmara

26 de setembro de 2011 0

A possibilidade de Balneário Camboriú passar a ter 17 vereadores a partir de 2013 – sete a mais do que tem hoje -provocou uma manifestação das entidades de classe. Um ofício enviado à Câmara de Vereadores por 15 sindicatos e associações pede a manutenção das 10 vagas que existem hoje no legislativo.

A lei orgânica de Balneário Camboriú já permite o número de 17 parlamentares, e um projeto de emenda está em tramitação para confirmar o aumento. A proposta chegou a ser levada à discussão na semana passada, mas o vereador Claudir Maciel (PPS) pediu vistas e a votação foi adiada.

A esperança dos sindicatos e associações responsáveis pelo manifesto é que possam convencer os vereadores a dizer não ao aumento. No documento, as entidades argumentam que um maior número de parlamentares significa mais gastos para o município e não trará benefícios à comunidade.

O pedido já começa a surtir efeito. Nesta segunda-feira, o diretório do PSDB na cidade emitiu nota dizendo que vai recomendar aos três vereadores do partido que votem contra a proposta que confirma o aumento, por entender que vai contra a vontade da população.

O líder da oposição, vereador Claudir Maciel , por sua vez, pretende protocolar nesta terça-feira a proposta de uma nova emenda à lei orgânica, para manter as 10 cadeiras do legislativo. A vereadora Silvia de Mello (PSDB) também assina o projeto.

Envie seu Comentário