Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Termina a greve dos conferentes de carga no Porto de Itajaí

20 de novembro de 2011 0

Na tarde de sábado, a expectativa de fim da greve dos conferentes de carga e descarga, que completou 23 dias, finalmente se tornou realidade. Os trabalhadores analisaram uma nova proposta da APM Terminals, arrendatária do Porto de Itajaí, e chegaram a um acordo.

A holandesa APM abriu mão de contratar parte da categoria. E aqueles que foram contratados serão demitidos. O sindicato fez um acordou com a empresa que, durante dois anos, os trabalhadores terão garantia de serviço, atuando como avulsos e ganhando pela produção — como era antes da greve.

A APM também concordou no valor do incentivo à aposentadoria e reajuste salarial de acordo com o INPC. Em contrapartida, terá desconto na mão de obra. Durante a greve, os armadores que haviam programado atracar o navio em Itajaí, tiveram que mudar a rota para os terminais concorrentes.

Segundo a autoridade portuária de Itajaí, em cada dia de greve o prejuízo ultrapassou um milhão de reais à cadeia logística. Os conferentes poderiam voltar imediatamente ao trabalho, mas como não há entrada de navio neste fim de semana, eles só devem efetuar as operações na segunda-feira.

Por Jornal de Santa Catarina

Envie seu Comentário