25 jan19:48

Estiagem compromete oferta de terneiros até 2012

Jandira Vanin, RBS TV Livramento

A estiagem na região da Campanha, onde não chove há pelo menos três meses, vai comprometer a oferta de terneiros até 2012 no Estado. O reflexo imediato do clima é sobre o peso dos exemplares que vão ser comercializados em feiras municipais ou diretamente nas propriedades.

A pastagem que ainda resta no campo está seca e desidratada. Sem alimento, o leite das vacas diminui e o peso dos animais também. O pecuarista Cristiano Vargas Cabrera alimenta o rebanho de 500 cabeças misturando arroz na ração. Mas a alternativa não deve resolver o problema do baixo índice reprodutivo das matrizes e mortalidade dos terneiros.

- Nós já perdemos metade do ciclo das pastagens de inverno, onde tivemos problemas de parição devido aos animais estarem fracos. Esse ano não vamos poder colocar em cria as vacas porque elas não tem estado corporal para entrar em cria, isso deve representar uma safra de terneiro a menos – diz o Cristiano.

A região da Campanha tem um rebanho de 4,7 milhões de cabeças. A estimativa é de que o nascimento de terneiros sofra uma redução de 40%. Os prejuízos com a pecuária na cidade estão calculados em 32 milhões de reais.

Por

Comentários