14 de julho

16 mai09:23

14 de Julho vence o Glória na estreia da terceira fase
























Nesse fim de semana aconteceu o primeiro jogo da terceira fase da segundona gaúcha. A partida foi entre o 14 de Julho e o Glória de Vacaria, em Santana do Livramento. E a equipe rubro negra venceu por um a zero.

O 14 começou bem a partida. Aos quatro minutos, Eduardo cobrou escanteio e Vando aproveitou e balançou a rede do glória. Depois de uma falta contra o Leão da Fronteira, houve tumulto e um jogador de cada time foi expulso. O primeiro tempo não saiu do um a zero para a equipe rubro negra.

O 14 de julho demosntrou ser superior ao Glória, com boas jogadas, vários lances ao gol do adversário, mas não conseguiu ampliar o placar nos segundo tempo. O jogo no estádio João Martins terminou asssim: 14 de Julho, um, Glória de Vacaria, zero.

O próximo adversário do 14 de julho é o Juventus, na quarta-feira em Santa Rosa.

14 de Julho 1: Yai, Fabio Souza, Botcha, Leo, Leo Korte, Vando, André Silva, Alexandre, Luis Paulo (Michel), Hilton (Martin), Eduardo (Vagner).

Técnico: Julio Fuentes


Glória 0: Cristiano Taffarel, Xicote (Jean), Acácio, Leo, Marcio Reis (Douglas), Jean Marcelo, Alejandro, Miquimba, Lourival, Felipe, Chimbica.

Técnico: André Luis


Arbitragem: André Cieslak, auxiliado por Paulo Ricardo Silva Conceição e José Inácio de Souza

Comente aqui
25 mar16:10

14 chega aos 11 pontos e volta à vice liderança da chave

Com o resultado do jogo de ontem, o 14 chegou aos 11 pontos e voltou à vice liderança da chave, enquanto o Bagé somou seu primeiro ponto da competição. Os próximos jogos do Campeonato Gaúcho da 2ª Divisão inclui os times: 14 de Julho, Bagé, Brasil de Pelotas, Farroupilha, Guarany de Bagé, Rio Grande, São Paulo. Abaixo segue os jogos do 14 de Julho. 

- 14 X Brasil de Pelotas: Dia 27/03 às 16h/ Local: João Martins (Livramento)
 
- Guarany Bagé X 14 de Julho: Dia 03/04 às 15h30min/ Local: Antonio Magalhães Rossel (Bagé)
 
- Rio Grande X 14 de Julho: Dia 06/04 às 20h30min/ Local: Artur Larson  (Rio Grande)
 
- 14 de Julho X São Paulo: Dia 10/04 às 16h/ Local: João Martins (Livramento)
 
- 14 de Julho X Farroupilha: Dia 13/04 às 16h/ Local: João Martins (Livramento)
 
- Bagé X 14 de Julho: Dia 17/04 às 15h30min/ Local: Pedra Moura (Bagé)


Confira AQUI a tabela com todos os jogos do Campeonato Gaúcho da 2ª Divisão

Mais informações sobre o turno da Segundona no blog Entrevero

Comente aqui
22 mar21:00

Equipe do 14 decide vaga nesta quinta

O 14 de Julho vive uma situação privilegiada na chave fronteira/sul e tem a chance de decidir a vaga em casa, já na primeira rodada do returno. Para garantir a classificação, basta o 14 vencer o Bagé nesta quinta-feira (24) às 16h no Estádio João Martins. No domingo (27) o jogo é contra o Brasil de Pelotas às 16h. O time luta pela vitória para se manter na Série B e conquistar a vaga na próxima fase.

Para isso a equipe necessita do apoio do torcedor e lança uma promoção a partir de hoje (22). Está a venda os ingressos antecipados por R$ 5.00 a menos. Os ingressos adquiridos até quarta-feira na geral custam R$ 10.00 e no dia, nas bilheterias do estádio, sobem para R$ 15.00. Os pontos de venda são o Hotel Portal e no departamento de piscina do clube.

1 comentário
22 mar14:30

14 vence o Farroupilha e volta à vice-liderança
















O 14 de Julho retornou nesta última madrugada para Livramento após dois jogos fora de casa. A última semana do Leão da Fronteira foi de vitórias, sendo uma na quinta em Rio Grande e outra nesta segunda em Pelotas contra o Farroupilha. Esta última vitória deixou a equipe na vice-liderança com 10 pontos e com chance de decidir a vaga nos próximos dois jogos, que será contra o Bagé na quinta, e contra o Brasil no domingo, abrindo o returno.

Em Pelotas ontem (21), o time do uruguaio Júlio Fontes foi ao campo com algumas mudanças, como o jovem Alex na lateral direita, os retornos do capitão Alexandre no meio campo e Hilton no ataque. Desta forma, o 14 mantinha a compactação em todos os setores, criando assim a primeira chance aos 7 min, com Moisés, batendo por cima após troca de passes. Aos 15min, Eduardo lançou para Hilton que dominou dentro da área e bateu contra a defesa do goleiro. O gol do 14 ocorreu aos 40min, após uma troca errada de bolas na frente da área da defesa do Farroupilha, Luis Paulo surgiu em velocidade, roubou a bola e bateu no canto direito, marcando 1 X 0. O 14 mexeu com Martin em lugar de Luis Paulo. Aos 15min, Fábio Souza se jogou nos pés de Carlão para salvar a chance do Farroupilha, mas acabou se machucando no lance. Botcha entrou no seu lugar.

Aos 16min, o treinador do 14, queimou a última substituição com Michel no lugar de Moisés. Aos 43min, porém, Boiadeiro e Alfinete receberam o passe na esquerda, mas no momento da conclusão, Julio Cesar saiu do gol dividiu com os dois jogadores, salvando o gol de empate do Farrapo. No lance, Boiadeiro acabou se lesionando e deixou o campo. Os últimos minutos foram de pressão, mas a resistência do Leão da Fronteira se manteve sólida e garantiu a vitória e a volta da vice-liderança.

Farroupilha:

 Diego, Carlão, Evandro, Aladio, Max, Matarazzo, Kiki (Maico), Dega, Juninho (Alfinete) Manga (Boiadeiro)Jonas, Técnico, Bebeto Rosa 14 de Julho 1: Julio Cesar, Alex, Fabio Souza (Botcha), Leo, Leonardo, Vando, Alexandre, Moisés (Michel) Eduardo, Luis Paulo (Martin) Hilton.

Técnico Julio Fuentes.

1 comentário
18 mar17:50

14 de julho assume a vice-liderança da competição


Jogando no Estádio Aldo Dapuzzo debaixo de muita chuva, o São Paulo deixou escapar a oportunidade de alcançar a vice-liderança da Segundona 2011. Com um gol nos acréscimos da segunda etapa, após falha grave de Tiago Chitão, o Leão do Parque perdeu de virada por 2 a 1 para o 14 de Julho, de Livramento.

Mesmo desorganizado e errando muitos passes o São Paulo saiu na frente. Aos 45 do primeiro tempo Kesler, de pênalti, marcou. A vantagem dos rio-grandinos durou até os dois minutos da segunda etapa. Após cruzamento de Luís Paulo, o zagueiro Fábio Souza mandou para as redes, empatando a partida. A virada do 14 de Julho veio no final do jogo. Alexandre cobrou falta da intermediária, a bola escapou das mãos de Tiago Chitão e foi parar no fundo do gol; 2 a 1.

Com a vitória o 14 de Julho assumiu a vice-liderança da competição, empatado com o Rio Grande no número de pontos, mas com maior saldo de gols.

Já o São Paulo precisará buscar a recuperação no clássico Rio-Rita do domingo, no Estádio Arthur Lawson, às 19h30min.

São Paulo (1)

Tiago chitão; Caio Gomes, Rudi, Neto e Rafael Gaúcho; Matheus (Rodrigo Gaúcho), Dudu Branco (Leonel), Cristian Fábian (Diego Batista) e Mazinho; Késler e Tainã.

Técnico: André Luís

14 de Julho (2)

Júlio César; Gamela, Fábio Souza, Leonardo e Léo; Vando, Moisés (Michel), Marcos (Alexandre), Eduardo; Luís Paulo e Martín.

Técnico: Júlio Fontes

*informações do clicrbs Rio Grande

Comente aqui
26 dez09:44

Júlio Batisti deixa o projeto futebol do 14 de Julho

O intervalo entre a Copa RS e o Campeonato Gaúcho da Série B tem sido de mudanças radicais no 14 de Julho. A última informação relacionadas as mudanças no futebol do clube é a saída do diretor executivo de futebol.


No blog do clube, o dirigente fez o anúncio da sua saída para a imprensa. Júlio Batisti justificou uma mudança no planejamento que vinha sendo elaborado pelo clube, como a causa de seu desligamento do Leão da Fronteira. Júlio chegou aos 14 de Julho em janeiro deste ano depois de uma parceria que o clube fechou com a empresa do qual ele era um dos sócios.

Com o final do Campeonato no primeiro semestre, a parceria acabou, mas Júlio permaneceu no clube e acabou virando o homem forte do futebol. Ele participou ativamente do processo de estruturação do clube, sendo o elo entre o clube e a nova gestão. Júlio teve participação em diversas situações importantes, como a criação do conselho consultivo, conselho fiscal e virou o diretor executivo para comandar o futebol. Veio a Copa RS, e ele seguiu atuando com o homem de confiança dos novos gestores, montando a equipe para a Copa Ênio Costamilan, onde o clube chegou a segunda fase.

Nesta competição, Júlio montou a base do time para o ano que vem e já estava atuando na busca de reforços e montagem da comissão técnica, dando sequencia ao planejamento para a Série B do Gauchão 2011. Na sua despedida, o dirigente não deu maiores explicações sobre seu desligamento do clube, apenas agradeceu a torcedores, atletas e funcionários pelo apoio ao seu trabalho que encaminhou o clube para um novo momento.

Júlio revelou que mais que um trabalho profissional, era identificado com o clube, onde jogou no inicio dos anos 90 e agora como dirigente e se sentida inserido no clube e na cidade. O ex-diretor, natural de Venâncio Aires, tinha seu trabalho reconhecido pelos torcedores.

Comente aqui
17 nov08:43

Torcedor ganha moto, mas doa novamente ao clube para nova promoção

Um gesto nobre e apaixonado. Assim pode se definir a atitude tomada por um torcedor do Esporte Clube 14 de Julho. Ele é desconhecido e fez questão se assim permanecer, depois desta segunda-feira, dia 15.

As únicas duas informações que foram possíveis se obter deste torcedor é que ele é um quatorzeano fanático e que foi o responsável pela compra da cautela de número 02536, da promoção do Esporte Clube 14 de Julho que sorteou uma moto Honda, modelo 2000/2001, pela última extração da Loteria Federal.

A promoção, criada para arrecadar recursos para o clube e gerada a partir da doação ao clube do veículo, feito pela representação da Honda na cidade, a Revenda Baluarte Honda, teria seu desfecho no intervalo do amistoso entre 14 de Julho e Guarany.

O contemplado, porém, se apresentou a direção do clube, confirmou ser ele o ganhador da moto, mas abriu mão do clube. Ele doou novamente a moto ao 14 de Julho para que seja utilizada numa nova promoção e uma nova receita seja gerada.

O belo gesto do torcedor foi recebido com agradecimento pela direção do Leão da Fronteira, que vai divulgar nos próximos dias a nova promoção envolvendo a moto Honda 125CC.


Comente aqui
16 nov17:48

14 faz 5 X 2 no Guarany-BA e ganha a Taça 27 anos da Rádio RCC FM

O 14 de Julho fechou a temporada em grande estilo. Em dois jogos amistosos com o Guarany de Bagé, o rubro-negro santanense, marcou nove gols e venceu os dois jogos com autoridade. Na primeira partida, em Bagé, deu 14, 4 X 2 e na tarde desta segunda-feira, no Estádio João Martins, no jogo de despedida, novamente deu 14 de Julho.

Diante da torcida o 14 não deu chances ao reforçado time do Guarani, que trouxe Luciano Correia e o goleiro Sandro, ausentes na primeira partida e venceu por 5 X 2, com facilidade.

O 14 começou melhor e aos 6 minutos, Luis Paulo bateu cruzado, com perigo. Aos 8min, Hilton recebeu na direita e quase sem ângulo bateu cruzado, vencendo o goleiro Sandro e abrindo o placar. O Guarany tentava, mas o 14 tinha o controle do jogo, com marcação forte e toques rápidos.

Desta forma, o segundo gol veio logo. Aos 18 minutos, a jogada iniciou na direita com Marcelo Castro. A bola chegou a Hilton, que cruzou para Luiz Fernando bater no canto e ampliar. Enquanto o goleiro Julio Cesar, do 14, era mero expectador, o veterano Sandro, se desdobrava para não sofrer o terceiro gol.

Aos 30 minutos, ele fez grande defesa no chute do zagueiro Dakimalo, um dos destaques do jogo. No rebote, a bola sobrou para João Fernando, que bateu cruzado e marcou o terceiro gol do rubro-negro.

O 14 seguiu pressionado e aos 39 minutos, Vando, dividiu com Sandro, que deu rebote após o chute de Luís Paulo. O Guarany só chegou ao gol do 14, aos 41 minutos, com Edinho cruzando da direita e Michel concluindo por cima do gol. O 14, respondeu rápido e aos 45 minutos, Gamela cruzou da direita e Vando se antecipou a marcação e ampliou para 4 a 0.

O técnico Omar fez algumas mudanças na sua equipe e o Guarani voltou para a etapa complementar para diminuir o vexame do primeiro tempo. Aos 3 minutos, em cobrança de falta, Willian bateu com perfeição e descontou.

O goleiro Júlio César fez duas grandes defesas, aos 6min, no cabeceio de Michel e no chute de Alexandre. Aos 15 minutos, o clima amistoso da partida mudou. Alexandre, volante do 14, foi expulso, após uma dividida com Edinho. Mesmo com 10 jogadores em campo, o 14 quase ampliou com Luís Paulo, depois que Hilton driblou toda a defesa do Guarany. Marcelo Castro recebeu na entrada da área, mas bateu prensado. Aos 20 minutos, foi o zagueiro Bicudo que foi expulso após se exaltar numa confusão com jogadores do 14.

Com 10 jogadores para cada lado, saiu mais um gol para cada lado. Aos 30 minutos, Edinho colocou a bola na cabeça de Michel Lugo, que descontou para 4 X 2. Mas no final, com as duas equipes já modificadas e o 14 com Gabriel, Alemão, Alex, Sandro e Diego no time, Dakimalo bateu da entrada da área, e no rebote, Hilton encobriu o goleiro Rafael, do Guarany, marcando seu quatro gol na série de amistosos, o quinto do jogo. No final, o diretor do Guarani, Geraldo, entregou a taça 27 anos da Rádio RCC FM, ao capitão Arruda, do 14 de Julho. Futebol profissional no 14 de Julho agora, só em 2011.


14 de Julho 5: Julio Cesar (Luis Felipe) Marcelo Castro (Alex), Dakimalo, Arruda, Alexandre, Gustavo (Gabriel) João Fernando, Vando (Diego), Luis Paulo (Alemão), Luiz Fernando (Sandro), Técnico: Rodinei Lucas


Guarany-BA 2: Sandro (Rafael), Edinho, Bicudo, Norton, Luciano Correia, Marlon (Gustavo), Willian, Michel (Pantela), Michel Lugo, Hector (Alex), Alexandre,

Técnico: Omar

Arbitragem: Anderson Echevarria, auxiliado por Solon Fagundes e Ciro Ronaldo

Comente aqui
22 out10:49

14 leva gol no final e empata em casa

“Os detalhes em decisões acabam fazendo a diferença” foi à frase mais usada pelo técnico Rodinei Lucas na preparação do 14 de Julho para o jogo com o Porto Alegre. Ele estava certo, pois foi o detalhe que acabou definindo o placar do primeiro jogo entre as duas equipes na tarde desta quinta-feira, no Estádio João Martins.



A equipe projetava vencer, e chegou a estar vencendo. Não podia levar gols e assim o fez até os 40 minutos, quando o detalhe de um chute de media distancia acabou no empate. Outro detalhe desfavorável foi o pênalti não dado aos 35 minutos do segundo tempo, sonegado pelo árbitro Gean Pierre, após o zagueiro Rodrigo cortar a bola com a mão dentro da área. Os detalhes decidiram e fizeram com que a façanha do 14, ficasse mais árdua, mas ainda possível, no jogo da volta, domingo em Porto Alegre.

O 14 de Julho começou o jogo não teve a bola no primeiro tempo, mas foi dele as primeiras chances de gol. Aos 5 minutos, Luiz Fernando ganhou da defesa e bateu cruzado, mas o goleiro defendeu. Aos 11 minutos, Luiz Fernando fez nova jogada pela esquerda, mas Hilton concluiu a direita. Aos 22min, o Porto Alegre, que tinha a bola, mas não chances de gols, assustou. Na cobrança de falta, Sitva, cobrou falta e o goleiro Maxi fez uma grande defesa.

Aos 28 minutos, Hilton entrou a dribles na área, mas bateu para fora. Aos 32min, a melhor chance de gol. Hilton lançou Cristiano na esquerda. Ele bateu cruzado e a bola bateu na trave.

No segundo tempo, o 14 voltou disposto a fazer o abafa nos 10min iniciais. Assim foi feito e aos 5 minutos, após cruzamento, a bola ficou viva dentro da área do Porto Alegre e Luiz Fernando a empurrou para o gol, abrindo o placar.

O jogo seguiu equilibrado e aos 26 minutos, Gustavo arriscou de longe, assustando o goleiro Willian. Nos 15 minutos, finais, o ritmo do jogo caiu e o 14, sentiu o desgaste da sequencia de viagens e os 1.400 quilômetros rodados na última semana. A equipe do Porto Alegre foi para cima, apertou, mas o goleiro Maxi, de grande atuação, segurou o ataque do visitante. Aos 32 minutos, após contra ataque de Luis Paulo, a bola foi cruzada da esquerda e o goleiro Rodrigo, dentro da área cortou com o braço, mas o árbitro Gean Pierre, não entendeu como toque e sonegou o pênalti para o 14.

O 14 tratou de defender o placar mínino, mas acabou castigado aos 41 minutos. Junior, meia que entrou no segundo tempo, recebeu a bola no meio campo, e acertou um chute forte, no ângulo direito do goleiro Maxi, empatando o jogo. O 14 ainda pressionou e aos 42 minutos, o zagueiro Fabio Souza arrancou da defesa, tabelou com Cristiano, e escorou o cruzamento já dentro da área, mas a bola acertou a rede por fora. O 1 X 1 beneficiou o visitante, que empatou fora e ainda marcou gols. O 14, porém, não desistiu e vai a Porto Alegre, no sábado, para buscar a vitória ou empate com gols para voltar classificado.

Em outro jogo realizado a tarde, Cruzeiro e Pelotas empataram em 0 X 0.


14 de Julho 1: Maxi, Marcelo Castro, Fabio Souza, Arruda, João Fernando, Sergio Leites (Gustavo), Alexandre, Moisés (Vinicius), Cristiano, Hilton, Luiz Fernando (Luis Paulo), Técnico Rodinei Lucas


Porto Alegre 1: Willian, Airton (Serner) Rodrigo, André Ribeiro, Thiago Costa, Sitva, André Luiz, Jenderson (Junior), Vanderson, Juninho, Leandro, Técnico Luis Antonio Zaluar


Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima

Assistente 1: Marcelo Bertanha Barison

Assistente 2: Paulo Ricardo Silva Conceição

Comente aqui
21 out14:44

14 encara o Porto Alegre em jogo decisivo

Hoje, às 16h, o 14 de Julho recebe o Porto Alegre no primeiro jogo decisivo que vai definir um dos participantes da terceira fase da Copa Enio Costamilan.

O rubro negro busca uma vitória para chegar com vantagem ao jogo de volta, na casa do adversario, no domingo.

Após treino leve na manhã de ontem, é possível o retorno do zagueiro Fábio Souza e do atacante Luiz Fernando ao time. Marcelo Castro, que cumpriu suspensão também mantém a titularidade.

A expectativa, segundo o Jornal A Platéia, é que o jogo reúna o maior público da competição no Estádio João Martins.

O time da casa espera o apoio da toricda, e por isso manteve os valores da primeira fase nos preços dos ingressos:

Arquibancada – R$ 10,00
Social – R$ 15,00
Cadeira – R$ 20,00
Meia-entrada – R$ 5,00 (esta reservada para idosos, mulheres, estudantes e torcidas organizadas)

Comente aqui