clicRBS
Nova busca - outros

estiagem

24 mar15:00

Defesa Civil entrega 500 cestas básicas

Jandira Vanin, RBSTV Livramento








A Defesa Civil do Estado entregou hoje (24) pela manhã, 500 cestas básicas para Livramento e cada uma tem 12 pacotes de alimentos não perecíveis. Os alimentos serão distribuídos para as famílias atingidas pela estiagem que ocorre desde o mês de outubro do ano passado.

A entrega das cestas será realizada pela Prefeitura e deve começar amanhã (25). A previsão é de que mais de 1000 cestas básicas sejam entregues para a população rural da cidade nos próximos meses.

Comente aqui
22 mar17:36

Defesa Civil entrega mais 500 cestas de alimentos

Jandira Vanin, RBSTV Livramento

A seca atinge os municípios desde o ano passado

A Defesa Civil do Estado, através da 6º REDEC, prepara mais uma ajuda humanitária para o Município de Santana do Livramento. Nesta quinta-feira (24) serão entregues mais 500 cestas básicas com o objetivo de assistir a população rural afetada pela estiagem que assola a região desde o ano passado.

De acordo com o Coordenador do 6º REDEC Max Geraldo Meinke, neste ano a Defesa Civil do Estado repassou:
1- 3 unidades de pipas de vinil, entregues a partir de 15/2;
2- 500 unidades de cestas de alimentos, entregue em 15/2;
3- 500 unidades de cestas de alimentos, entregue em 28/2;
4- 100 unidades de filtros de água, entregue em  15/2;
5- 100 unidades de filtros de água, entregue em 10/3;
6- 200 unidades de caixas de água 500 litros, entregue em 1/3;
7- 167 toneladas de trigo para ração animal (do total de 1.282 toneladas Previstas);
8- 500 unidades de cestas básicas, previsto para ser entregue às 13h do dia 24/3.

Atualmente 72 Municípios estão em situação de emergência no Estado, destes, 22 em função da estiagem.

1 comentário
19 mar16:30

Chega ajuda para famílias prejudicadas com a estiagem

Jandira Vanin, RBS TV Livramento

Desde ontem (18) está sendo entregue 105 toneladas de trigo em Livramento, para ser distribuído para mais de mil famílias atingidas pela estiagem no município. Os primeiros a receber o benefício serão os produtores de leite, que se inscreveram na EMATER para receber a ajuda. A entrega vai ser feita considerando o número de cabeças de gado que cada família tem, pois o grão será utilizado como alimento para os animais que deixaram de ter pastagem devido à falta de chuva desde outubro do ano passado.

Até o momento, foram descarregadas no pavilhão do Distrito Industrial, três carretas de trigo vindos de Santa Rosa. Mais duas carretas estão previstas para chegar semana que vem, totalizando 180 toneladas do grão. De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura, seria necessária cerca de 800 toneladas de trigo para atender as mais de 1300 famílias, que ainda enfrentam problemas com a estiagem em Livramento.

Comente aqui
22 fev15:35

Agricultores bloqueiam BR-293 em protesto por providências para combater a estiagem

Um protesto de assentados e pequenos agricultores de Hulha Negra, Pinheiro Machado, Piratini e Santana do Livramento bloqueia desde a manhã desta terça-feira a BR-293, no trevo de acesso a Hulha Negra, na Campanha. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, cerca de 150 pessoas estão no local.

O diretor do MST Lourenço Souza informa que os bloqueios vão acontecer de hora em hora, com o objetivo de esclarecer aos motoristas os motivos do protesto, e não há previsão para acabar. Eles pedem a criação de políticas para reduzir os impactos da estiagem na região, como abertura de poços e açudes e linhas de financiamento para irrigação.

Na semana passada, o Incra realizou a entrega oficial de uma patrulha agrícola com 27 equipamentos para municípios da região. As máquinas inicialmente realizariam o serviço de manutenção das estradas, mas podem ser utilizadas para a abertura de poços e açudes. De acordo com o diretor do MST, o benefício ainda não chegou aos assentamentos. As prefeituras informaram que os equipamentos começam a ser utilizados nos próximos dias.

Os manifestantes vão montar acampamento no local. São esperadas 700 famílias na manifestação. Policiais do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar e da Polícia Rodoviária Federal estão acompanhando o protesto.

Comente aqui
12 fev12:16

Assentados recebem visita de avaliação dos prejuízos da seca

Após reivindicações do MST alertando para problemas relacionados à falta de água na zona rural, o prefeito Wainer Machado visitou, na tarde de sexta-feira, acompanhado pelo coordenador da Defesa Civil, Major Oscar Luís Moiano e o Adjunto da Defesa Civil em Livramento, sargento Brasil, os assentamentos mais prejudicados pela seca.

Banhado Grande com tem 13 famílias e o Dom Camilo com 37 contam as dificuldades que assolam a vida dos assentados sem água para consumo. A prefeitura busca soluções e, na próxima semana deve começar a perfuração de poços e ser realizada a entrega das cestas básicas às famílias.

Na quarta-feira, foram disponibilizados aos assentamentos Banhado Grande e Herdeiros de Oziel filtros de barro para melhorar a qualidade da água consumida.

Os assentados estavam tomando uma água de coloração amarelada, imprópria para consumo


Comente aqui
09 fev19:16

Governo municipal atende reivindicações do MST

A comissão de assentados de Livramento esteve na prefeitura para reivindicar agilidade na solução da falta de água na zona  rural do município.

Sem água potável, os integrantes do MST pediam reservatórios, pois o líquido que vem sendo consumido, tirado de um açude próximo a um dos assentamentos, apresenta coloração amarelada e é apontada como a possível causa de mal-estar apresentado por adultos e crianças.

Uma reunião foi realizada na prefeitura de Santana do Livramento na presença do prefeito Wainer Machado, do coordenador municipal da Defesa Civil capitão Max Meinke, e a comissão dos assentados. Para o prefeito, o pedido das famílias é legítimo e será atendido. De acordo com ele, Livramento já solicitou junto ao governo do Estado o licenciamento para construção de poços nas propriedades e o envio de mais caminhões-pipa para transportar mais água para os assentamentos.

Segundo o representante da banca do PT na Câmara de Vereadores, Fabrício Peres da Silva, a reunião definiu ainda a entrega de duas pipas de água, que irão somar-se aos dois caminhões pipas já cedidos pela Defesa Civil. A prefeitura deve viabilizar também um caminhão para o transporte de uma das pipas, ficando o outro a cargo do Exército local.

Os cem filtros de barro já entregues ao prefeito serão enviados ao local, porém só devem resolver o problema a medida que a água retorne ao local. Fabrício conta que 500 cestas básicas serão distribuídas para os assentados em situação mais crítica.

A partir da resolução, ficou acertado que o chefe da Defesa Civil do RS, major Oscar Luis Moiano, se deslocará até Santana do Livramento na próxima sexta, dia 11 , e a partir das 13h30min realizará  agenda in loco para resolução da situação dos assentados. Para o vereador, sua vinda pode facilitar possíveis conquistas para esses assentados.

Livramento recebe ainda cerca de 2 mil toneladas de trigo para alimentação dos animais, porém, como serão necessárias em média 70 carretas para o deslocamento do alimento, o transporte ainda está sendo negociado com a Granja Santa Rosa, de onde vem o trigo. O alimento beneficia não só os assentados, como também pequenos produtores que acessam o Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf).

Os integrantes do MST, que chegaram à prefeitura por volta das 12h30min, deixaram o local às 19h, após o encontro com o prefeito.

Comente aqui
09 fev18:14

MST ocupa prefeitura pedindo soluções para a falta de água

Cerca de 60 integrantes de 11 assentamentos do MST que vivem na área rural de Livramento ocupam desde de as 12h30min a prefeitura à espera de auxílio. A assentada Jocerlei dos Santos explica que a revindicação se deve à falta de água na área rural e diz que eles não devem sair do local até alcançarem a certeza de uma ação concreta para resolver o problema.

- Em dezembro eram três assentamentos sem água. Agora já são oito dos 34. O problema é que esse número deve crescer – diz.

A estiagem já prejudica a agricultura local há cerca de seis meses, porém a partir do dia 22 de dezembro, segundo a assentada, a situação se agravou. Durante esse período, a Secretaria da Agricultura levou água a alguns assentamentos com caminhões pipa, porém a maioria deles não tem reservatório de água.

Estiagem preocupa zona rural da Fronteira Oeste

Os sem-terra pedem caminhões-pipa para a locomoção de três a cinco reservatórios, já que alguns dos assentamentos chegam a se localizar a 100 quilômetros do centro de Livramento. Jocerlei conta que já existem sete poços perfurados, porém sem rede de água

- Para esses poços precisamos de bomba e rede de água, queremos a perfuração de poços urgente com redes. Para o gado, pedimos algumas caixas de água e açudes.

Por enquanto, os assentados bebem água de um açude próximo a um dos acampamentos, porém, a água apresenta uma coloração amarelada e não parece própria para o consumo. Até o momento, 28 crianças e e alguns adultos apresentam vômitos e diarréia, segundo os assentados.

Prefeitura e Defesa Civil receberam 100 filtros de barro e 2 viniliq – Pipas de 4500 litros , a serem entregues na zona rural
do município às famílias assentadas atingidas com a estiagem

- Estamos preocupados que mais pessoas adoençam, sem falar na perda da produção, teve famílias que perderam 80% da lavoura e 50% da produção de leite por falta de água. Outra famílias nem conseguiram plantar – conta Jocerlei.

Entre os assentamentos sem água confirmados até o momentos estão: Dom camilo, Banhado Grande, Ibicui e Cerro da Cruz.


Leia também:

Definida data do cadastro para retirar recursos da estiagem

Defesa Civil recebe filtros de barro e pipas destinados a assentamentos prejudicados com as secas

Assentados fazem manifestação em frente à prefeitura



1 comentário
06 fev09:42

Governo libera R$ 20 milhões para o RS

Canal Rural

O Ministério da Integração Nacional anunciou a liberação de R$ 20 milhões para o governo do Rio Grande do Sul com a finalidade de atender aos municípios atingidos pela estiagem. O recurso será administrado pelo Estado na execução de ações de defesa civil, de socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais, em municípios com a situação de emergência reconhecida pela Secretaria Nacional de Defesa Civil.

Já o ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, durante entrevista coletiva em Porto Alegre, anunciou que o governo federal vai disponibilizar 30 mil toneladas de grãos, principalmente trigo, para alimentação de animais. A prioridade é distribuir aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária que trabalhem com a produção de leite.

Entre as medidas, também estão previstas a entrega de 27 conjuntos de equipamentos para irrigação. No caso das dívidas, agricultores e pecuaristas que acessaram o Pronaf, terão mais 180 dias após o vencimento da primeira parcela para começar a pagar.

Além dessas medidas, o governo do Estado pretende começar a trabalhar em projetos de irrigação e pesquisa de diversidade de culturas para essa região do Estado.

A estiagem que atinge a região da campanha gaúcha há mais de dois meses traz reflexos para diversas culturas. As pecuárias de leite e de corte estão entre as atividades mais prejudicadas devido a falta de alimentação para o gado.

Os municípios que serão beneficiados com os R$ 20 milhões são Candiota, Cerrito, Herval, Hulha Negra, Pedras Altas, Pedro Osório, Pinheiro Machado, Piratini e Santana do Livramento.

A situação de emergência é solicitada pelo município quando ocorre uma situação anormal, provocada por desastres, causando danos e prejuízos que impliquem o comprometimento parcial da capacidade de resposta do poder público do ente atingido.

Comente aqui
05 fev14:34

Defesa Civil recebe filtros de barro e pipas destinados a assentamentos prejudicados com as secas

Nesta sexta-feira o Prefeito Wainer Machado juntamente do Coordenador Municipal da Defesa Civil, André Pereira, receberam 100 filtros de barro e 2 viniliq – Pipas de 4500 litros , a serem entregues na zona rural do município às famílias atingidas com a estiagem.

Após o recebimento do material, o responsável pela Defesa Civil, iniciou ja nesta sexta a entrega dos filtros e pipas em parceria com o Departamento de Água e Esgoto (DAE), levando primeiramente aos assentamentos localizados no Passo da Cruz, tendo visto nestes as maiores prioridades, baseando-se em pesquisas de campo na região.

O Prefeito Wainer Machado frisou que os filtros trarão melhorias na qualidade de vida dos moradores dos assentamentos, assim como as pipas, já que estas serão levadas em todas as regiões que atualmente enfrentam problemas com a estiagem.

Durante o recebimento dos filtros e pipas, o Coordenador da Defesa Civil Municipal, André Pereira, foi salientado pelo mesmo a parceria realizada com a Brigada Militar, na qual disponibilizou o caminhão para a busca dos materiais na capital do Estado.

Comente aqui
01 fev15:25

Livramento aguarda a chuva que não vem

Desde a tarde ontem, o céu em Santana do Livramento parece se preparar para a tão esperada chuva. Hoje, já logo cedo, chovia em grande parte do Estado, enquanto na Fronteira da Paz o tempo segue pesado e abafado e o calor castiga santanenses e riverenses.

A presença da frente fria vai deixar grande parte do Rio Grande do Sul com nuvens desde cedo. Na metade sul do Estado chove ainda pela manhã e a região da Campanha, tão castigada pela estiagem, receberá acumulados de 30 a 45 mm de chuva. Além da frente fria, a formação de uma área de baixa pressão irá provocar ventos fortes, com rajadas em torno de 70 km/h.


No litoral, a terça-feira começa bem abafada e a máxima chega aos 30°C. A nebulosidade aumenta no decorrer da manhã. Tem pancadas de chuva durante a tarde e a noite. Mar calmo, com ondas abaixo de 1m de altura e ventos de leste/nordeste com 23 km/h.



Comente aqui