clicRBS
Nova busca - outros

infraestrutura

10 fev13:54

BR 158 recebe reparos

A BR 158, na entrada de Santana do Livramento passa por reparos e trafegava apenas por lado da pista no início dessa semana.

As melhorias estão sendo feitas para melhorar o tráfego no local e facilitar a passagem dos santanenses que vão para o litoral. Os ajustes permeiam também a boa recepção dos turistas de todo o Estado que não param de chegar na cidade atrás da novidades dos free shops de Rivera. Durante o verão, turistas argentinos também passam pela cidade para veranear nas praias gaúchas e catarinenses.

O trevo da faxina que dá acesso à Santana do Livramento, que apresenta problemas de sinalização e tem sido alvo de muitos acidentes de trânsito e também deve receber reparos.



Comente aqui
01 fev16:48

Definida data do cadastro para retirar recursos da estiagem

Nesta segunda-feira o Prefeito Wainer Machado reuniu-se com o Secretário de Agricultura, Gregório Herédes, e com representantes da Coperforte, do Sindicato Rural, inspetoria veterinária, Emater e demais entidades competentes para discutir as orientações iniciais a respeito do repasse de trigo aos animais que sofrem com a estiagem na região.

Durante o encontro foram apresentados os critérios do Governo do Estado para definir os produtores que se encaixam nos requisitos para receber o benefício, além da data limite do levantamento de plantel dos produtores. que ficou estabelecida que será até o meio-dia da próxima quinta-feira.

Os produtores que se enquadrem nos requisitos citados abaixo, devem procurar sua classe sindical, a Emater, Coperforte, Secretaria de Agricultura , inspetoria veterinária ou demais sindicatos rurais para realizar o cadastro para o recebimento do benefício.

A Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo do Estado do Rio Grande do Sul faz as seguintes orientações iniciais:

1.  Até o dia 31 de janeiro de 2011, as prefeituras municipais deverão enviar para a Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), o número do plantel municipal ( Avicultura; Suínos; Bovino de Leite; Bovino de Corte; Ovinos ) dos agricultores Familiares e Assentados da Reforma Agrária.

2.  O trigo estará disponível para retirada a partir do dia 1º de fevereiro, dia em que será liberado 30% do estoque disponível. O restante será definido a partir do levantamento apresentado por cada prefeitura.

3.  O transporte de trigo, dos locais de estoque até os municípios, será de responsabilidade das prefeituras, que deverão informar qual o nome do condutor do veículo com sua placa, para efetuar retirada do produto nos locais indicados pela SDR.

4.  A entrega do produto no município para os Agricultores Familiar e Assentados da Reforma Agrária, só poderá acontecer após aprovação dos beneficiários pelo Conselho Municipal de Agricultura ou outro Conselho e/ou Comissão a ser criada para esta finalidade, juntamente com entidades locais.


Critérios – Distribuição.

1.  As prefeituras deverão informar os números de animais dos agricultores familiares e dos assentados da reforma agrária (pecuaristas familiar) e descrever o tipo de plantel de cada beneficiário com base no cadastro da inspetoria veterinária.

2.  Os agricultores familiares e assentados da reforma agrária deverão se dirigir ao Sindicato, as suas organizações ou a Secretaria Municipal de Agricultura para o preenchimento do cadastro. No cadastro deverá conter as seguintes informações: Nome, CPF,  Endereço,  Tipo de Plante.

3.  Os escritórios municipais da Emater receberão os cadastros para organização (fiscalização), que serão encaminhados para o Conselho Municipal para a homologação.

4.  O Conselho Municipal aprovará a relação de beneficiários. A referida relação aprovada deverá ser enviada para a SDR, para posterior prestação de contas ao Governo Federal.

5.  O critério base para a definição do volume mensal por beneficiário será o mesmo utilizado no Programa Milho balcão da Conab:

Avicultura 1,72 Kg / mês por cabeça;

Suínos 38 Kg / mês por cabeça;

Bovino de Leite 60 Kg / mês por cabeça;

Bovino de Corte 15Kg / mês por cabeça;

Ovino 13,2 / mês por cabeça;

6.  Após aprovação no Conselho Municipal e pelas entidades, da relação dos beneficiários. Será definida a logística de distribuição.

7.  A prestação de contas deve ser realizada através de um recibo de entrega, com as seguintes informações: Nome,  Município,  CPF,  Endereço,  Volume recebido,  Assinatura do beneficiários.

8.  A partir dos recibos de entrega deverá ser elaborado um relatório de beneficiários a ser encaminhado a SDR.

9.  O monitoramento, avaliação e fiscalização se darão por uma Comissão Estadual que sería incumbida de percorrer os municípios para avaliação do processo e de seus resultados com o acompanhamento técnico da Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Comente aqui
29 jan15:15

Trabalhadores limpam as ruas em período noturno

Durante a semana, as secretarias de Serviços Urbanos e de Obras, coordenadas pelos secretários Marcirio Silva e Hélio Bênia, realizaram um trabalho em conjunto para revitalizar o centro da cidade.  Limpeza das ruas, raspagem e pintura dos meios fios foram algumas dos trabalhos propostos pelos secretários.

Para desenvolver o trabalho sem obstruir o fluxo de veículos nas vias, aumentado pelos visitantes que vieram a cidade prestigiar o Gre-Nal e fazer compras nos free shops, foi escolhido um horário especial para o serviço, que iniciou às 19h e terminou somente às 23h.

Na quinta-feira, algumas turmas operacionais das secretarias deslocaram-se para efetuar os trabalhos previstos no cronograma, entre os quarteirões da Avenida Tamandaré até 7 de Setembro, entre a rua Rivadávia Corrêa e a Almirante Barroso.

O serviço que está sendo desenvolvido inclui jardinagem, raspagem da rua e meio-fio, limpeza e pintura do meio-fio.

O Prefeito Wainer Machado destacou que estas ações conjuntas, facilitam na redução do tempo do serviço, e a revitalização do centro visa uma melhor apresentação da cidade, tanto para a própria comunidade santanense, como aos turistas que visitam a fronteira.

Comente aqui
27 jan17:34

Secretaria de Trânsito, Trasporte e Mobilidade Urbana melhora sinalização de vias do município

Nesta segunda-feira o Secretário de Trânsito e Mobilidade Urbana, Roni Dário, a pedido do Prefeito Wainer Machado , deslocou integrantes de sua pasta para realizarem o trabalho de pintura da lombada da Rua Antônio Fernandes da Cunha com a Rivadávia Corrêa, assim como a troca de placas, a fim de aumentar a visibilidade dos motoristas que cruzam nesta.

O Secretário Roni, destacou que vários pontos do município estão recebendo renovação das placas e pintura de faixas de segurança, e que as vias onde os argentinos cruzam com maior fluxo vem recebendo um cuidado especial, para que desta forma seja reduzido o número de acidentes.

- No trechos como João Goulart, Thomas Albornoz, Silveira Martins e Antônio Fernandes da Cunha, local onde os argentinos mais transitam para chegarem até o prédio da Policia Federal, estamos dedicando uma atenção maior, para diminuir o risco de possíveis acidentes – frisou Roni

Comente aqui
27 jan12:12

MDS prepara edital para a construção de seis mil cisternas no RS

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome prepara um edital para construir seis mil cisternas em cidades do Rio Grande do Sul. A finalidade é amenizar os prejuízos da seca às famílias das áreas rurais, com a armazenagem da água da chuva. De acordo com a pasta, essa reserva é suficiente para suprir a população por cerca de oito meses.

A estiagem que atinge parte do Rio Grande do Sul desde a segunda quinzena de dezembro levou 13 municípios a decretarem situação de emergência – Candiota, Pedras Altas, Herval, Hulha Negra, Cerrito, Santana do Livramento, Lavras do Sul, Pedro Osório, Bagé, Pinheiro Machado, Aceguá, Piratini e Dom Pedrito. Até terça esta terça, dia 25, mais de 340 mil pessoas haviam sido afetadas pela seca. O governo estadual usa dez caminhões-pipas para abastecer as regiões afetadas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê para os municípios do Estado, durante esta quarta, dia 26, tempo seco com sol durante o dia e noite com muitas nuvens.

Comente aqui
15 jan15:06

Batuva fica mais atrativo e bonito para visitantes e banhistas

Jandira Vanin, RBSTV Livramento

O parque do Lago do Batuva está sendo revitalizado. Quinze servidores públicos estão fazendo os serviços de manutenção e limpeza para deixar, um dos pontos turísticos da cidade, mais atrativo e bonito para os visitantes e banhistas.

O calor atrai muita gente para o parque nessa época do ano. Nele, os visitantes  encontram muita água, mata nativa, sombra e um belo cenário, nos finais de tarde sempre há alguém apreciando o local.

Para que os visitantes possam desfrutar ainda mais e melhor o parque, estão sendo feitas obras de manutenção no local. São serviços de limpeza às margens do lago, roçadas, podas, pintura e recolhimento do lixo em todo o espaço. Também estão sendo construídas três churrasqueiras e uma outra praça com brinquedos para as crianças. E as melhorias não devem parar por aí. Um outro serviço realizado Batuva é para a segurança dos banhistas, a área de banho foi demarcada e as guaritas dos salva-vidas já foram reconstruídas.

O parque do Lago do Batuva está ficando ainda mais bonito com os serviços de limpeza. Agora, é só aproveitar os dias de calor e não esquecer que é preciso  que cada vistante ajude para mantê-lo sempre assim.

1 comentário
14 jan12:01

Posto Médico do Armour recebe reforma

O servidores da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Obras, estão desenvolvendo a reforma no prédio onde funciona o Posto Médico do Armour, junto ao Sindicato da Alimentação.

A execução do projeto tem o objetivo de melhorar as condições do espaço físico do local, a fim de promover um atendimento de qualidade para os pacientes que necessitam de saúde básica no município.

O prefeito Wainer Machado, esteve com os secretários Valmir Silveira e Hélio Bênia acompanhando a Força Tarefa que executa os trabalhos junto ao postinho, e solicitou para à comunidade dos bairros Industrial e adjacentes que tenham paciência pela falta de atendimento, devido os transtornos que possam ocorrer durante os próximos vinte dias.

Silveira salientou a necessidade de melhorar o ambiente de trabalho tanto para os profissionais da área da saúde quando para os usuários dos Sistema Único de Saúde (SUS). E até o final de mês de janeiro, os serviços estarão concluídos e o funcionamento será normalizado.

- Enquanto isto, as pessoas desta região poderão, caso necessário, usar os postos de saúde do Caic ou da Tabatinga para as suas consultas – finalizou o secretário.

Comente aqui
13 jan18:16

Estiagem no RS: Defesa Civil confirma cinco municípios em situação de emergência

Zero Hora

Das 12h02min até as 20h36min, este site informou equivocadamente que sete toneladas de alimentos e um caminhão com 4,5 mil litros de água estariam sendo enviados hoje para Lavras do Sul. Na verdade, o pedido de ajuda à Defesa Civil foi feito pelo prefeito do município apenas na tarde desta quarta-feira e não há previsão para o envio dos alimentos. O texto foi corrigido.

A Defesa Civil do Estado já recebeu notificações e confirmou hoje cinco cidades em situação de emergência devido à estiagem: Lavras do Sul, Candiota, Herval, Pedras Altas, Santana do Livramento. As prefeituras de Pinheiro Machado e Piratini também assinaram decretos de situação de emergência, além de Hulha Negra e Cerrito, mas os documentos ainda não foram recebidos pela Defesa Civil.

O órgão vai enviar, ainda nesta quarta-feira, cerca de 6,7 toneladas de alimentos para a comunidade de Pedras Altas. Uma carga com 7,2 toneladas também será entregue para o município de Herval. Conforme a Defesa Civil, no início da semana foram entregues 300 cestas básicas e 50 filtros de água para Candiota que, assim como Cerrito e Pedro Osório, também recebeu viniliq pipas para o abastecimento de água.


Dados da Emater apontam que a produção de leite, por exemplo, caiu 40% na região da Campanha. De acordo com o assistente técnico regional da Emater em Bagé, Erone Lôndero, a pior situação é dos pequenos produtores que registram perdas de até 60% na produção leiteira.

A produção de grãos, como o milho e a soja, registra perdas de entre 30% e 50%. Em toda a Metade Sul, as perdas ultrapassam R$ 100 milhões.

No entanto, não é somente a agricultura e a pecuária que são afetadas pela seca. O gerente de uma loja de equipamentos elétricos e eletrônicos de Santana do Livramento Nilo Munhoz afirma que a estiagem afetou, também, o comércio da região. Segundo ele, a queda nas vendas chega a 6%, representada pela perda de poder aquisitivo da população da área rural.

Outros municípios podem decretar situação de emergência nos próximos dias. Canguçu, Aceguá e Bagé ainda dependem de estudos técnicos para assinatura dos documentos.

>> Leia mais e veja os mapas da estiagem na matéria da zerohora.com


Leia também:

Perdas com a estiagem superam R$ 100 milhões na Fronteira Oeste

Decretada situação de emergência em Santana do Livramento

Santana do Livramento assina decreto de situação de emergência

Livramento decreta situação de emergência por falta de chuvas nas próximas horas

Pesquisa indica que RS deverá sofrer ainda mais transtornos com a estiagem

Estiagem prejudica produção leiteira e pecuária de corte no Sul


Comente aqui
11 jan11:37

Decretada situação de emergência em Santana do Livramento

Lucia Righi

Nesta segunda-feira, o prefeito Wainer Machado decreta situação de emergência em Santana do Livramento pela falta de chuvas no município. A estimativa é de que os prejuízos cheguem em torno de R$29 milhões.

Segundo o decreto assinado pela prefeitura de Livramento, a diminuição considerável da capacidade de exploração da água causou perdas consideráveis nas lavouras de milho, soja, feijão, culturas de subsistências, na criação de gado leiteiro, aves e afetou seriamente a produção da bacia leiteira.

No domingo, o coordenador da Defesa Civil de Santana do Livramento, André Pereira, já havia encaminhado um relatório de notificação preliminar de desastre para o Ministério da Integração Nacional e para a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. Um levantamento da Emater e da Secretaria da Agricultura deste Município consideraram grandes perdas ocorridas na agropecuária local.

Segundo o coordenador, as maiores perdas foram identificadas no plantio de soja, pecuária de leite e pecuária de corte. A soja teve dificuldades em torno de 16% de replantio e prejuízo de 15% de diminuição da área plantada em um safra de 12 mil hectares. A pecuária de leite teve uma quebra de, até então, 40%. Segundo Pereira, até a semana passada, a estimativa era de que a perda chegasse a 60%, porém, alguns milímetros de chuva dos últimos dias amenizaram a situação. Na pecuária de corte, em 569 mil cabeças de gado existentes na região, nascem anualmente 100 mil terneiros, desses, prevê-se uma redução de 20%.

Nas propriedades rurais há escassez de água nas fontes naturais e açudes que abastecem o consumo local. Um contato com representantes dos trabalhadores rurais esclareceu alguns problemas de água potável na região. O coordenador confirma que as regiões de Ibicuí, Cerro Chato, Banhado Grande e Dom Camilo estão entre as que a água captada não é suficiente devido a falta de estrutura dos poços artesianos.

A vistoria da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil deve ser realizada nesta terça. Foram solicitados caminhões-pipa, pois os existentes na cidade são pequenos para abastecer todos os locais afetados pela estiagem.

No final de dezembro ouve graves transtornos com o abastecimento de água na cidade, devido a problemas com os reservatórios do Departamento de Água e Esgoto, já que a demanda de consumo no final do ano foi aquém do que os reservatórios tinham condições de abastecer. Porém, o racionamento não foi considerado, já que o problema está normalizado.

Comente aqui
10 jan14:21

Santana do Livramento assina decreto de situação de emergência

Guilherme Mazui, Zero Hora

O prefeito de Santana do Livramento, Wainer Machado, assinou às 13h desta segunda-feira o decreto de situação de emergência devido à estiagem. Com a seca, o município tem perdas nas lavouras e no rebanho bovino, além de enfrentar falta d’água em localidades do interior.


Após a assinatura do documento, que engloba somente à zona rural, a prefeitura aguarda a vistoria da Defesa Civil, marcada para amanhã. Conforme o parecer dos técnicos, o órgão homologa a situação. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e o Ministério da Integração Nacional já foram notificados da decisão.

- Com a seca, estimamos que as perdas cheguem a R$ 240 milhões ao longo do ano – afirma o prefeito Wainer Machado.

Sem chuvas regulares nos últimos meses, Livramento começou a tratar do assunto no dia 23 de dezembro. A precipitação do dia 24, cerca de 40 milímetros, não amenizou a situação. Em janeiro foram 22 milímetros de chuva. A média do mês é de 110.

O levantamento feito pelo município indica perda de 60% dos 6 mil hectares de milho plantados. Dos 12 mil hectares de soja, quebra de 15%. Na bacia leiteira a redução da produção já é de 40%. E cerca de 20 mil terneiros deixarão de nascer devido à perda de peso do gado.

- Precisamos de ajuda logo. Suporte para o campo, envio de caminhões-pipa para abastecer as famílias do interior. A situação é preocupante – frisa o prefeito.

Até o momento três cidades gaúchas estão em situação de emergência: Candiota, Pedras Altas e Herval. Além de Livramento, o município de Hulha Negra, na Campanha, aguarda a homologação do seu decreto.


Visualizar Cidades em situação de emergência por conta da estiagem em um mapa maior

Leia também:

Estiagem prejudica produção leiteira e pecuária de corte no Sul

Pesquisa indica que RS deverá sofrer ainda mais transtornos com a estiagem

Três municípios do RS decretam situação de emergência por causa da estiagem



Comente aqui