universidades

14 fev08:25

Cursos da Unipampa preparam projeto conjunto

Um projeto conjunto entre os cursos de Engenharia de Software e Enfermagem da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), ainda em fase de preparativos, cria oportunidades de aprendizado para acadêmicos de ambas as áreas. Enquanto os estudantes de Alegrete vão se exercitar no desenvolvimento de programação, os alunos da área de Saúde em Uruguaiana terão contato com soluções digitais apropriadas para as atividades do Laboratório de Práticas de seu curso.

Um encontro entre professores de ambos os cursos aconteceu na terça-feira, 8 de fevereiro, no Campus Alegrete. As professoras do Campus Uruguaiana Anali Martegani, Cenir Tier, Fernanda Silva e Josefine Busanello reuniram-se com os professores Cleo Billa, Marcelo Pinto e Vanessa Vieira para iniciar tratativas desse trabalho conjunto.

De acordo com informe enviado pelo professor Marcelo Pinto, a proposta é informatizar partes do Processo de Enfermagem, incluindo os registros dos dados da anamnese e exame físico, diagnósticos e cuidados de enfermagem, com o intuito de facilitar as atividades e propiciar o contato dos alunos com um sistema de registro de dados informatizado no Laboratório de Práticas do curso.

- Este processo será desenvolvido pelos alunos do segundo ano de Engenharia de Software, pois as atividades relacionadas a esta informatização são tema de todas as componentes curriculares do semestre que se inicia – conta o professor Marcelo. Os docentes dos cursos de Enfermagem e de Engenharia de Software deram início ao projeto conjunto com a descrição dos processos que serão atendidos pelo sistema.

Um novo encontro já está agendado para o dia 23 de fevereiro, em Santana do Livramento, e inclui a participação dos professores Amanda Melo, Daniel Welfer, Sérgio Dill e Sam Devincenzi do Campus Alegrete, para acertar os detalhes e formalizar a realização deste projeto.

- O fato de a Unipampa ser multicampi não impede que existam trabalhos em conjunto entre diferentes áreas de conhecimento. O mais difícil na verdade é haver a integração de áreas distintas em um único projeto, mesmo em locais onde as pessoas se encontram na porta ao lado – pondera o professor Marcelo.

Outros passos do desenvolvimento do sistema de dados estão definidos. No dia 5 de abril, uma nova reunião no Campus Alegrete, desta vez entre professoras do curso de Enfermagem e alunos da Engenharia de Software, vai tratar de esclarecimentos quanto aos recursos digitais que serão usados no projeto.

O professor Marcelo adianta que, posteriormente, os alunos do curso de Engenharia de Software farão uma visita ao Laboratório de Práticas do curso de Enfermagem em Uruguaiana, para que os acadêmicos envolvidos possam conhecer detalhes dos processos desenvolvidos lá.

Comente aqui
11 fev16:30

SiSU: Terceira chamada será divulgada no domingo

O número de novos alunos que já garantiram suas vagas na Universidade Federal do Pampa (Unipampa) aumentou com a segunda fase de matrículas do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que ocorreu nos dias 8 e 9 de fevereiro.

Ao todo, 1.116 pessoas já estão matriculadas nos cursos da instituição, somando as duas chamadas. A ocupação efetiva de vagas após a segunda fase de matrículas chega a 40,9% do total de vagas ofertadas (2.725) e 1.609 vagas permanecem em oferta para a terceira chamada, cuja lista de classificados será divulgada no dia 13, domingo.

A agente educacional do Estado, Gislaine Martins Moreira, garantiu sua vaga no Ensino Superior na segunda chamada do SiSU e está matriculada no curso de Ciência Política. Mesmo sendo graduada em Relações Públicas pela Universidade Federal de Santa Maria, a são-borjense preferiu não esperar pelo processo seletivo complementar – no qual poderia obter a vaga na modalidade Portador de Diploma:

- Eu gosto de desafios, não posso ficar parada e queria testar meus conhecimentos, por isso fui me preparar e fazer as provas do ENEM [Exame Nacional do Ensino Médio, cuja nota serve para a classificação no SiSU] – conta ela, entusiasmada.

Gislaine conta ainda que se decidiu pelo curso de Ciencia Política por ser algo diferente dos estudos em Comunicação Social. O retorno ao ambiente acadêmico, segundo ela, é movido pela saudade que sente dos debates e do contato com outras pessoas em busca de conhecimento.

Mais pragmático, o catarinense de Concórdia, Pablo Henrique Machado, se decidiu pela vaga que conquistou em Serviço Social no intuito de concretizar a conquista do seu espaço no Ensino Superior. Além disso, conta o rapaz, outros fatores que influíram na escolha foram o fato de a Universidade ser pública, portanto gratuita, e a presença de parentes que moram em São Borja. Ele diz que se surpreendeu com o aumento constante da nota de corte.

Gislaine e Pablo aproveitaram a segunda chamada do SiSU para garantir suas vagas no Ensino Superior


Serviço

A terceira chamada do SiSU será divulgada no hotsite do sistema no dia 13 de fevereiro, domingo. Após a divulgação, os candidatos classificados terão os dias 15 e 16 para a realização de suas matrículas. Os candidatos não-classificados podem declarar o interesse em participar da lista de espera, que ficará aberta para inscrições do dia 13 ao dia 17 de fevereiro.

De acordo com informações constantes do hotsite do SiSU, as regras para inscrição na lista de espera são as seguintes:

* Poderão manifestar interesse em participar da Lista de Espera os candidatos que ainda não foram aprovados em nenhuma chamada do Sisu 2011/1.

* Quem foi aprovado em sua segunda opção, em qualquer chamada, poderá manifestar interesse em participar da Lista de Espera referente à sua primeira opção de vaga.

* IMPORTANTE: Quem já foi aprovado em sua primeira opção, em qualquer chamada, independentemente de ter efetuado matrícula, não poderá manifestar interesse em participar da Lista de Espera em nenhuma de suas opções.


A Unipampa oferece, nos dias 15 e 16 de fevereiro, o expediente especial de atendimento nas Secretarias Acadêmicas, das 9h às 20h, sem intervalos – como já fez nas duas etapas anteriores deste Processo Seletivo e no processo Seletivo de 2010.

A medida permite o atendimento constante e com qualidade, sem filas, e também permite que os classificados vindos de outras cidades, que queiram se deslocar às cidades onde a instituição está presente, consigam chegar a tempo de se matricular e providenciar outros arranjos necessários à sua futura instalação.

Outros serviços úteis estão à disposição:

* O site do Processo Seletivo Unipampa SiSU 2011 tem informações sobre o processo, a documentação e indica os locais para matrícula, além de trazer todos os contatos necessários;

* O mapa da Unipampa no Google Maps localiza os campi da Universidade e facilita o planejamento da viagem e o contato para mais informações;

* As secretarias acadêmicas podem indicar aos candidatos de locais distantes o serviço de procurador voluntário;

* A pró-reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários gerencia o Programa de Apoio à Instalação Estudantil, que oferece benefício em parcela única para despesas relacionadas à vinda de candidatos de cidades distantes para as cidades onde a Unipampa tem campus, e as assistentes sociais em cada campus possuem informações e contatos para auxiliar a encontrar moradia.

Comente aqui
09 fev11:24

Unipampa realiza formaturas 2010/2

As solenidades de colação de grau do período de conclusão 2010/2 da Universidade Federal do Pampa (Unipampa)
começam no próximo dia 12 de fevereiro, sábado, em Bagé, e serão encerradas no dia 18 de março, em São Gabriel. Serão 14 cursos lançando novos profissionais no mercado de trabalho.

A série de solenidades será oferecida pela universidade através da equipe do gabinete da Reitoria e as comissões de formatura de cada campus, e contará com o apoio de diversos setores da instituição. O trabalho será baseado no realizado para as primeiras formaturas, realizadas em 2010.

Agenda de formaturas

* Bagé – Licenciaturas em Física, Matemática e Química

>> 12 de fevereiro, às 19h, no Palacete Pedro Osório (Av. Tupy Silveira, 1436, Centro).

* Jaguarão – Licenciaturas em Pedagogia e Letras

>> 18 de fevereiro, às 19h, no Cine Regente (Rua 24 de Maio, esquina com Av. 27 de Janeiro, Centro).

* Santana do Livramento – Curso de Administração

>> 19 de fevereiro, às 19h, no Ginásio de Esportes da Unipampa ( Rua Barão do Triunfo, 1048, Centro).

* Caçapava do Sul – Curso de Geofísica

>> 25 de fevereiro, às 19h, no Rodeio Churrascaria (Rua Presidente Kennedy, 670, Vila Batista).

* Uruguaiana – Curso de Enfermagem

>> 26 de fevereiro, às 19h, no Ginásio de Esportes da Unipampa (Campus Uruguaiana, BR 472, Km 592).

* São Borja – Cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Serviço Social

>> 11 de março, às 18h, no Centro Nativista Boitatá (Av. Francisco Miranda, 225, Bairro Passo).

* Alegrete – Curso de Ciência da Computação

>> 12 de março, às 19h, no Campus Alegrete (Av. Tiarajú, 810, Bairro Ibirapuitã).

* São Gabriel – Cursos de Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura)

>> 18 de março, às 19h, na Escola Municipal Ginásio São Gabriel (Rua Celestino Lopes Cavalheiro, 938, Centro).

Comente aqui
08 fev15:38

Jovens utilizam gel agrícola para minimizar os efeitos da estiagem

Egressos do curso de Tecnologia em Fruticultura da Uergs e do curso de Agricultura Familiar da Ufsm, cursado a distância nas dependências Unipampa, uniram-se para criar um novo conceito de empresa em Santana do Livramento. No mercado desde 2008, os jovens comercializam seus produtos em grandes centros como São Paulo.

Criada para auxiliar no fortalecimento da micro e pequena agricultura local por meio da utilização de tecnologias aliado à conservação ambiental, Agroppampa Produtos Agroecologicos Ltda utiliza o gel agrícola, produto importado de israel que minimiza os efeitos da estiagem.

- Trabalhamos em duas propriedades em Livramento, uma que é a sede da empresa, no Rincão Bonito, onde fica o viveiro e pomares de nogueiras e romãs entre outras frutíferas e na propriedade do km 5, nesta safra trabalhamos com melões e abóboras cabotia – explica um dos sócios, Alexandre Thomaz Maia.



2 comentários
04 fev14:45

NTIC da Unipampa lança sistema de certificados digitais

A diminuição de gastos com papel é uma das maneiras mais lembradas, mas ainda pouco executada, de reduzir o impacto no meio ambiente e as despesas, e nesse sentido a computação pode oferecer alternativas eficazes.

Um exemplo desses esforços pode ser encontrado no Sistema de Gestão de Certificados, desenvolvido por técnicos do Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação (NTIC) da Universidade Federal do Pampa (Unipampa).

O sistema permite emitir e validar certificados digitais, evitando um gasto de tinta e papel que pode se tornar bastante alto – especialmente em uma universidade, o tipo de instituição em que a todo momento surgem eventos como seminários, conferências e cursos rápidos, além de projetos de pesquisa e extensão, para citar alguns momentos da vida acadêmica em que são gerados documentos.

Ao final de um ano de atividades, o custo econômico e de recursos naturais aumenta a conta. O SGC criado na Unipampa ajuda a reduzir esses custos ao gerar documentos validáveis, isto é, com legitimidade verificável por meio da Web.


Testes apoiaram a maturação

De acordo com o diretor do NTIC, professor Diego Kreutz, a organização da oitava edição da Escola Regional de Redes de Computadores (ERRC 2010), em outubro de 2010, foi o primeiro campo de testes. Com a colaboração do acadêmico de Ciência da Computação, Lucas Arbiza, a equipe responsável pelo projeto – além do professor Diego, os analistas de Tecnologia da Informação Patric da Silva Ribeiro e Pedro Conrad Jr. – criou um protótipo em forma de programação executável em linha de comando, que deu origem à versão atual, para Web.

Em uma estimativa acerca de apenas três eventos dentre os diversos que a Unipampa realiza todos os anos, a economia é de R$ 2,6 mil poupados com a geração de 2,5 mil certificados eletrônicos. Isso sem contar os custos de energia e de mão-de-obra. O diretor do NTIC, no entanto, afirma que a economia de recursos é consequência da busca por outros benefícios:

- A automatização, a agilidade, a eficiência e a eficácia (excelência na prestação de serviços) estiveram mais à frente, como premissas primárias do sistema. Claro que a economia sempre vem bem a calhar e é pensada no processo.

O SGC está em plenas condições de uso, de acordo com Kreutz, e dentro da Universidade será oferecido como mais um serviço, a exemplo das webconferências. A previsão mais concreta de emprego do sistema em 2011 é na edição anual do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão (Siepe).

Entre os possíveis clientes internos está o Núcleo de Desenvolvimento de Pessoal da Pró-reitoria de Planejamento, Desenvolvimento e Avaliação (Nudepe/Proplan), que desenvolve cursos de capacitação voltados aos servidores da universidade.

O sistema será publicado em um repositório na Web como freeware (programa gratuito), o que vai permitir que outras organizações possam usá-lo para gerir sua documentação com economia e segurança, a partir de uma instalação própria. A Unipampa não oferece esse serviço a outras instituições, exceto no caso de eventos promovidos conjuntamente em colaboração com a Universidade.


Praticidade e segurança

Da concepção ao estágio de plena funcionalidade foram gastos cerca de 45 dias, conta Pedro Conrad Jr., arquiteto do SGC. Ele usou um framework baseado no cliente de banco de dados PHP para conferir agilidade, e seguiu um modelo de desenvolvimento padrão no NTIC, para garantir a qualidade da programação.

Uma das inovações trazidas durante o desenvolvimento foi criar a interface gráfica, o quetorna o SGC mais fácil de usar. O certificado pode ser ajustado de acordo com a necessidade, explica Pedro.

- Podem ser alterados as distâncias entre essas regiões na área do certificado, a sua imagem de fundo e o tipo, as cores e o tamanho do texto de cada uma das regiões do certificado, de forma que os modelos estejam de acordo com o que a organização de cada evento desejar – detalha.

Além de adaptável e prático, o SGC também é seguro. Cada organizador tem uma senha para a autenticação de seu login, e assim pode gerenciar a criação dos certificados.

A emissão do documento e sua validação são realizadas por meio de uma chave criptografada, criada no momento da geração e enviada posteriormente por e-mail para o titular de cada documento. A mensagem assim enviada contém um link pelo qual a pessoa pode emitir o seu certificado.

Para verificar a validade, basta digitar no navegador de web o endereço constante no rodapé do certificado. A página informa todas as informações do documento e a situação atual de sua validade.

Comente aqui
03 fev15:41

PPG em Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde recebe inscrições

A Especialização em Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, oferecida através de parceria interinstitucional entre a Universidade Federal do Pampa (Unipampa), a Escola de Saúde Pública (ESP/RS) e a Associação dos Secretários e Dirigentes Municipais de Saúde (Assedisa), cadastra interessados até o dia 10 de março. O processo seletivo ocorre de 11 a 17 de março, e o resultado final será divulgado no dia 18.

O curso gratuito é financiado pelo Ministério da Saúde e coordenada pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), com carga de 400 horas/aula na ESP/RS, em Porto Alegre, às sextas-feiras – tarde e noite – e aos sábados – manhã e tarde -, e previsão de carga horária para os trabalhos de conclusão.

O objetivo é desenvolver e melhorar as qualidades gerenciais de gestores e funcionários das secretarias municipais e da Secretaria Estadual de Saúde, para apoiar a qualificação do atendimento do setor de saúde na esfera pública.

São 30 vagas gratuitas, destinadas a gestores e trabalhadores das secretarias de Saúde dos municípios e do Estado e graduados na área de Saúde. A duração prevista é de oito meses – seis para o desenvolvimento do curso e dois para a elaboração dos trabalhos finais.

A coordenação do curso recebe inscrições de 2 de janeiro a 10 de março de 2011, pessoalmente na Secretaria Acadêmica da ESP/RS (Av. Ipiranga, 6311, Bairro Partenon, CEP: 90610-001, Porto Alegre/RS), ou por Sedex com postagem até 10 de março de 2011. O edital retificado e a ficha de inscrição, disponíveis no portal da Unipampa, também podem ser acessados na página da ESP/RS.


Cronograma

* Período de Inscrição: 2 de janeiro a 10 de março de 2011

* Processo Seletivo: 11 a 17 de março de 2011

* Divulgação do resultado do processo seletivo: 18 de março de 2011

* Período para recurso: 21 e 22 de março de 2011

* Divulgação do resultado final do Processo Seletivo: 25 de março de 2011

* Período para Matrícula: 28 de março a 1° de abril de 2011

* Início das aulas: 8 de abril de 2011

Comente aqui
02 fev20:26

Unipampa presente em reunião da Seduc-RS com universidades da Metade Sul

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) participou de reunião promovida pela Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Sul (Seduc-RS) na cidade de Piratini, no sábado, 29 de janeiro.

O encontro reuniu o secretário de Educação, José Clóvis de Azevedo, os reitores das Instituições de Ensino Superior da Metade Sul do Estado e os dirigentes estaduais da Educação Básica, no que foi parte da primeira agenda de descentralização do governo estadual.

Secretário estadual de Educação (à dir.) e reitores trataram de ideias para ofertar formação continuada através de projetos conjuntos (foto crédito: Marcela Santos/Seduc

A reitora da Unipampa, professora Maria Beatriz Luce, e as professores Clara Zeni Camargo Dornelles e Zíla Letícia Goulart Pereira Rêgo, do Campus Bagé, representaram a Universidade na reunião que debateu ações conjuntas entre as instituições de ensino para formação de professores da rede estadual.

De acordo com notícia sobre a reunião no site da Seduc, o intuito foi promover a construção de iniciativas conjuntas para oferecer mais oportunidades de formação continuada para os docentes da rede estadual de ensino. Além da Unipampa, a Universidade Católica de Pelotas (UCPel), a Universidade Regional da Campanha (Urcamp) e a Universidade Federal de Rio Grande (Furg) estiveram presentes ao debate, que resultou no acerto de parcerias de trabalho entre as instituições e o governo estadual.

A reitora Maria Beatriz Luce relata que as instituições presentes reafirmaram a disposição em contribuir para a formação e aperfeiçoamento de docentes e a pesquisa sobre a Educação Básica no Estado, e o interesse em atualizar e fortalecer os convênios de estágio e práticas para os cursos de licenciatura em escolas estaduais, assim como a oferta de educação continuada para os profissionais da Educação, por meio da Plataforma Paulo Freire e diversos outros programas apoiados pelos governos estadual e federal.

Projeto tem potencial para ser eixo da parceria

O projeto institucional da Unipampa chamado Articulações Universidade-Escola para a Qualificação da Formação e da Prática Docente, desenvolvido no âmbito do Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), em parceria com o Ministério da Educação com a Capes, poderá tornar-se eixo articulador da parceria com a Seduc, conta a professora Clara Dornelles, que coordena o Pibid na Unipampa.

- Um dos objetivos da Secretaria é compatível com o trabalho que temos realizado no Pibid: diagnosticar, apoiar e implementar práticas educativas inovadoras – detalha Clara.

A professora comenta que durante a reunião do dia 29, o diretor do Departamento Pedagógico da SEDUC, professor Silvio Jandir da Silva Rocha, adiantou quem está em fase de impantação um Programa de Formação Interativo-Reflexiva, para o qual espera contar a cooperação técnica da universidade. Clara diz que a idéia é oferecer cursos de formação para os docentes em serviço.

- Acredito que a experiência nos subprojetos do PIBID nos coloca em uma posição interessante, pois temos já um canal de interação em construção com as escolas e temos também diagnósticos sobre concepções e práticas de ensino-aprendizagem de alunos e professores. Análises da realidade escolar são essenciais para o estabelecimento de metodologias e objetivos de formação que dialoguem com as expectativas dos professores – pondera a docente.

De acordo com a professora Clara, na reunião a Seduc também indicou que fará um levantamento e incentivará ações pedagógicas inovadoras, atividade na qual ela afirma que o grupo do Pibid tem contribuições a dar nesse sentido também. Bolsistas de iniciação à docência e professores supervisores têm realizado atividades e projetos de ensino que buscam relacionar o conhecimento de mundo dos alunos aos conhecimentos científico e escolar, ampliando a participação dos discentes.

O Pibid proporciona financiamento e bolsas para projetos relacionados com a iniciação docente e a formação prática para o magistério, abrangendo por isso apenas os cursos de licenciaturas.

- Na Unipampa, foram envolvidos no projeto institucional todos os cursos de licenciatura que estavam em funcionamento na Universidade durante o ano de 2009, distribuídos nos campi de Bagé (licenciaturas em Química, Física, Matemática e em Letras), Caçapava do Sul (licenciatura em Ciências Exatas) e São Gabriel (licenciatura em Ciências Biológicas), em ações que atingem o ensino fundamental e médio em escolas predominantemente da rede estadual.

Os alunos de licenciaturas contempladas com a inclusão no projeto atuam junto aos docentes das escolas no planejamento e na condução das diversas atividades programadas para a união de teoria e prática no exercício do ensino. Além de proporcionar a ligação dos acadêmicos com a realidade educacional, o PIBID também estimula a experimentação de novos métodos e técnicas inovadoras e com caráter interdisciplinar, com o fim de estimular a valorização do magistério e a reflexão sobre o processo de ensino-aprendizagem.

O Pibid 2011 está em fase de recebimento de propostas. O período começou no dia 10 de janeiro e vai até o dia 16 de fevereiro. Os interessados podem consultar as condições de participação na página do Pibid.

Comente aqui
02 fev17:20

SiSU: primeira chamada registra 27% de matrículas na Unipampa

Após os três dias de matrículas da primeira chamada de aprovados na Universidade Federal do Pampa (Unipampa), 740 candidatos confirmaram o interesse nas vagas da Instituição. O índice de matriculados, que chegou a 27% do total de vagas ofertadas, supera os 17% observados na primeira chamada em 2010, no primeiro ano de uso do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Com os resultados, a Universidade espera obter índices significativos ainda nas duas próximas chamadas organizadas pelo Ministério da Educação via SiSU – não apenas pelo aumento no número de matriculados na etapa, mas também pela mudança nas regras em relação ao ano passado. O coordenador do Processo Seletivo da Unipampa, professor Carlos Dilli Gonçalves, avalia que o resultado é positivo pelo índice, e que o preenchimento das vagas será mais rápido neste ano.

No SiSU 2011, os candidatos classificados na sua primeira opção de curso saem do sistema, não importando se fizeram ou não a matrícula. Em 2010, as regras do SiSU permitiam que os estudantes já matriculados seguissem disputando vagas nas chamadas anteriores – o que tornou mais extenso o processo seletivo.

Um outro detalhe está na diferença entre as 2.725 vagas ofertadas e os 2.661 candidatos aprovados. De acordo com os dados constantes do SiSU, das 64 vagas não-aproveitadas, 52 eram destinadas a pessoas com deficiência, e as outras 12, para estudantes indígenas que tivessem cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas.

Segunda chamada do SiSU acontece no dia 4

As vagas remanescentes serão ofertadas novamente para a segunda chamada, que será lançada no hotsite do SiSU no dia 4 de fevereiro. As vagas ofertadas no sistema de cotas seguem reservadas para os públicos atendidos pelas políticas afirmativas da Unipampa.

O cronograma imediato para a segunda chamada do SiSU começa no dia 4 de fevereiro, na próxima sexta-feira, com a divulgação dos aprovados para as vagas remanescentes, e continua com o período de matrículas nos dias 8 e 9 de fevereiro. A Unipampa vai oferecer nesses dois dias de matrículas o expediente estendido de atendimento nas Secretarias Acadêmicas, das 9h às 20h, sem intervalos.

Para apoiar nas informações, a Unipampa dispõe de alguns serviços úteis:

* O site do Processo Seletivo Unipampa SiSU 2011 explica o processo, a documentação e indica os locais para matrícula, além de trazer todos os contatos necessários;

* O mapa da Unipampa no Google Maps localiza os campi da Universidade e facilita o planejamento da viagem e o contato para mais informações;

* As secretarias acadêmicas podem indicar aos candidatos de locais distantes o serviço de procurador voluntário – que ajudam a realizar a matrícula sem precisar viajar até os campi da Universidade;

* A pró-reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários gerencia o Programa de Apoio à Instalação Estudantil que oferece benefício em parcela única para despesas relacionadas à vinda de candidatos de cidades distantes para as cidades onde a Unipampa tem campus.

Comente aqui
31 jan14:44

Unipampa divulga concurso para professor substituto para Alegrete

Estão abertas as inscrições para professor substituto na área de Cálculo, Álgebra Linear e Geometria Análitica para o Campus Alegrete da Universidade Federal do Pampa (Unipampa). São duas vagas com regime de trabalho de 40h semanais.

As inscrições vão de 28 de janeiro a 21 de fevereiro de 2011 e as provas devem ser realizadas de 28 de fevereiro a 2 de março. Os requisitos são graduação em Matemática, Engenharia ou áreas afins. Os detalhes estão no edital nº 013/2011, disponível no Portal Unipampa.

Comente aqui
27 jan09:46

Unipampa organiza atendimento especial na 1ª fase de matrícula do SiSU

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) está aguardando a vinda dos estudantes classificados na primeira chamada de candidatos aprovados pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Apoio à instalação estudantil, facilidades na realização de matrícula e vasta oferta de informações fazem parte da programação.

Os 2.661 aprovados na primeira chamada do SiSU, que representam possibilidade de ocupação de 97,6% das 2.725 vagas ofertadas, de acordo com dados do sistema do Ministério da Educação (MEC), devem se matricular nos cursos escolhidos nos dias 27, 28 e 31 de janeiro.

Depois dessa primeira chamada, se ainda existirem vagas disponíveis, serão feitas duas outras chamadas para convocação dos candidatos aprovados. De acordo com nota publicada pelo MEC no site do SiSU, os estudantes que foram selecionados em sua primeira opção de inscrição nesta primeira chamada não serão convocados nas chamadas posteriores — nem mesmo aqueles que não fizerem a sua matrícula.

O coordenador do Processo Seletivo da Unipampa, professor Carlos Dilli Gonçalves explica que as vagas remanescentes após as três chamadas, sejam de ampla concorrência ou do sistema de cotas, serão aproveitadas na lista de espera.

- Na ordenação da lista não serão consideradas as ações afirmativas. Os candidatos devem estar atentos aos prazos e chamadas realizados pelo SiSU – alerta o coordenador.

Assistência estudantil

A pró-reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (Praec) divulgou nesta terça-feira, 25 de janeiro, o edital do Programa de Auxílio à Instalação Estudantil. O benefício, que será pago aos alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica e vindos de cidades a mais de 500km de distância do campus onde devem estudar, é uma parcela única de R$ 360,00, destinada a ajudar nas despesas de transporte da mudança, aluguel e outros gastos geralmente feitos nesses casos. Mais detalhes no Portal Unipampa.

As despesas devem ser comprovadas junto à PRAEC e a concessão do benefício é feita por meio de inscrição e avaliação técnica, sendo que o interessado já deve estar matriculado para poder participar do programa. Serão duas etapas de seleção, e a primeira começa a receber inscrições de 26 de janeiro a 4 de fevereiro, com resultados finais divulgados em 16 de fevereiro. A segunda etapa terá inscrições de 14 a 18 de fevereiro e resultados finais publicados em 2 de março. Para participar, os interessados devem ler o edital e preencher adequadamente o formulário de inscrição.


Informações para matrículas

A oferta de informações online para que os candidatos aprovados possam se preparar para a matrícula foi a tônica neste processo seletivo. O site que a Unipampa criou para agregar dados relevantes do SiSU e da instituição traz detalhes sobre como realizar a matrícula, os prazos, as regras e a documentação exigida. Já o mapa gerado no Goggle Maps, com a localização dos dez campi e diversas informações com links, e a divulgação no Twitter durante a etapa única de inscrição. O mapa já conta com mais de dez mil visualizações, indicando um consistente uso para conhecer um pouco mais sobre a instituição através de uma ferramenta bastante conceituada na web.

Uma outra facilidade está no horário de atendimento das secretarias acadêmicas dos dez campi. Da mesma forma que em 2010, esses setores vão funcionar em horário especial, das 9h às 20h, ininterruptamente, nas fases de matrículas das chamadas do SiSU. O intuito é ampliar o tempo disponível para receber os candidatos, repetindo uma atitude que favoreceu estudantes de outras cidades. As secretarias acadêmicas também podem ajudar os candidatos que não possam se deslocar até os campi a contatar um voluntário para servir como procurador.


Documentos exigidos para matrículas

A documentação exigida deve ser apresentada e entregue nas secretarias acadêmicas dos campi, seja através de cópias autenticadas ou de cópias comuns acompanhadas dos documentos originais.

Documentação exigida para as vagas de ampla concorrência

* documento de identidade;

* certificado de alistamento militar – para candidatos do sexo masculino maiores de 18 anos;

* CPF;

* título de eleitor, acompanhado de comprovante de votação ou de justificativa de não-votação na última eleição, de ambos os turnos, se for o caso;

* foto 3×4 atual;

* Histórico Escolar e Certificado de Conclusão do Ensino Médio, ou Diploma de Curso de Graduação.

* os documentos estrangeiros deverão ser autenticados pela Autoridade Consular Brasileira, no país de origem, e acompanhados da respectiva tradução oficial, nos casos de língua diferente do Português ou Espanhol.

* passaporte e visto de permanência no Brasil, ou carteira nacional de estrangeiro, em se tratando de candidato estrangeiro.


Documentação exigida para as vagas de políticas afirmativas (sistema de cotas)

* Candidato com deficiência: deverá entregar, no momento da matrícula, um atestado médico (laudo médico), que contenha parecer descritivo elaborado pelo médico, em receituário próprio, no qual conste o código da deficiência nos termos do Código Internacional de Doenças – CID, e a categoria de deficiência classificada segundo o artigo 4º do Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, alterado pelo Decreto nº 5.296, de 02 de dezembro de 2004

* Candidato que tenha cursado todo o Ensino Médio em escola pública: deverá entregar, no momento da matrícula, o Histórico Escolar e Certificado de Conclusão do Ensino Médio, comprovando tê-lo cursado integralmente em escolas públicas.

* Candidato auto-declarado negro: além de entregar cópias do Histórico Escolar e Certificado de Conclusão do Ensino Médio que comprovem tê-lo cursado integralmente em Escolas Públicas, deverá entregar, também, devidamente assinado, formulário de autodeclaração.

* Candidato indígena residente em território nacional: deverá, além de entregar cópias do Histórico Escolar e Certificado de Conclusão do Ensino Médio que comprovem tê-lo cursado integralmente em Escolas Públicas, entregar, também, o Registro Administrativo de Índio (Certidão de Nascimento emitida pela FUNAI), a Declaração da FUNAI de procedência de reserva indígena para residentes em aldeias ou a Declaração da FUNAI que comprove ser o indígena residente em território urbano.


A documentação prevista nesses casos deverá ser apresentada e entregue em cópia autenticada ou cópia comum acompanhada de original, caso em que a autenticação será feita pela própria Secretaria Acadêmica nos campi da Unipampa. Também é possível realizar a matrícula através de procuração, bastando para isso uma procuração simples redigida de próprio punho pelo candidato, sem necessidade de reconhecimento de firma, acompanhada do documento de identidade original do procurador, bem como dos documentos do candidato.

Comente aqui