clicRBS
Nova busca - outros

Uruguai

30 jan08:20

Clásico de exportacion

Destino Uruguay, Zero Hora

El Gre-Nal se va para la frontera. Más precisamente para la Banda Oriental del Uruguay. Los gaúchos llegan el domingo con el furor de su clásico. Empieza a las 19h30min, en el estadio Atilio Paiva, por la Avenida Sarandí, la calle de los free-shops, del aire-acondicionado a precios bajos, de los whiskys y los electrónicos.

Las tiendas estarán abiertas el domingo. Será posible gastar mucha plata, usar la tarjeta de crédito a discreción y después irse al Gre-Nal.

>>Acompanhe outras novidades da fronteira pré-grenal no blog Dupla Ao Vivo

Claro, no se trata de un Nacional y Peñarol, el clásico más importante de Uruguay. La lucha es aguerrida, salen chispas cuando los adversarios se encuentran, lo mismo que en nuestro clásico. Y en este Gre-Nal, por mas que sea entre jóvenes y reservas, lo que está en juego es la garra en la cancha y sobretodo el honor. Nadie acepta volver al Olímpico o al Beira-Rio con una derrota a la espalda, aunque esta vez el partido sea solo de suplentes.

Lo que se sabe de Grêmio y de Inter es que son conocidos por formar jugadores de talento, incluso muchos de ellos ya fueron mundialistas consagrados. Así, uruguayos y brasileños podrán ver a los futuros ídolos de los equipos.

El Inter tiene un enganche llamado Ricardo Goulart, nada que ver con el Goulart ex-presidente que vivió un tiempo en Uruguay. Este Goulart del Inter hizo tres goles en el Campeonato Gaúcho. Hay otros, como Marquinhos, Rodrigo Moledo y Thiago Humberto.

Grêmio apuesta en Wesley. El nombre es de estrella de Hollywood, pero en el Olímpico hablán que su fútbol es bien brasileño. También está Mário Fernandes, un chico con un fútbol de persona grande. Por ultimo aparece Adilson, en verdad, un titular.

Entonces, es eso. El Gre-Nal empieza a las 19h30min. Después, el ganador podrá comerse un asado de tira con una cerveza Norteña. Y el perdedor también estará invitado a sentarse a la mesa. Eso sí, la cuenta la paga el perdedor.

Comente aqui
29 jan18:13

Time infantil do Peñarol sua a camisa nas ruas de Rivera

Carlos Guilherme Ferreira, clicEsportes

Em véspera de Gre-Nal, quem sua a camiseta nas ruas de Rivera são os guris do Peñarol. O time sub-14 de um dos grandes de Montevidéu — o outro é o Nacional — fez escala na fronteira antes de seguir viagem para a Capital. Vieram de Alegrete, onde disputaram o tradicional Efipan.

>>Acompanhe outras novidades da fronteira pré-grenal no blog Dupla Ao Vivo

Caíram “nos cuartos”, como contou o preparador físico Gabriel González, à espera do ônibus que os levaria a Montevidéu.

— Perdemos para o Inter, por 8 a 7, nos pênaltis — lamentou.

Ele e os guris, todos vestidos com a tradicional camiseta amarela do Peñarol — neste caso, o traje de passeio —, tiveram de descer em Rivera porque este era o destino final do ônibus que os trouxe de Alegrete. Perguntado sobre o Gre-Nal de domingo, Gabriel mostrou alguma surpresa, fez ar de pensativo e, enfim, disparou:

— É amanhã, né?

Sim. Mas isto, os guris não sabiam. Alheios às coisas locais, só decidiram torcer pelo Grêmio no clássico, como garantiu o lateral-esquerdo Marco Perez. Nada em favor dos gremistas: apenas uma espécie de vendeta contra o Inter, o fim da linha uruguaio no Alegrete.

Deste Peñarol sub-14, assegura o preparador Gabriel, a grande promessa é o volante Rodrigo Betancourt. Além dele, o próprio Marco Perez é um bom valor. Nas palavras do fisicultor, têm “um futuro muito bom.”

Comente aqui
22 dez00:28

Noite Mágica promete colocar mais de 30 mil pessoas em Rivera

Marina Lopes, Zero Hora

Com 95% das vagas em hotéis de Rivera, no Uruguai, e Santana do Livramento ocupadas, a décima edição da Noite Mágica deve movimentar US$1 milhão em vendas de mercadorias importadas. O evento é realizado uma vez por ano e consiste na abertura especial da maioria dos 78 freeshops de Rivera em um horário diferenciado, das 20h às 2h, vendendo itens com descontos de até 50%. Por volta das 21h, o movimento já era intenso.

Moradores de Rivera, Livramento e turistas lotaram a Avenida Sarandi

Quanto mais avança a noite, maiores são as promoções. A previsão dos organizadores é de que no período de promoções, em que a rua fica fechada para circulação de automóveis, mais de 30 mil pessoas circulem pelo local. Tanto na rua quanto dentro de cada estabelecimento, estão previstos sorteios de brindes. Show musicais devem animar a noite de compra dos consumidores.




Comente aqui
23 nov12:20

Aduana Uruguaia está paralisada há 24 horas

A Aduana uruguaia de Rivera encontra-se paralisada desde ontem à tarde, devido a uma reinvidicação trabalhista.

Os processos de importação, exportação e transito aduaneiro aguardam o levantamento da paralisação para que sejam liberados. Enquanto isso os veículos seguem aguardando no Porto Seco de Santana do Livramento.

Não há previsão do fim da paralisação.




1 comentário
30 out10:21

Museo Sin Fronteras expõe acervo em Durazno

No início do mês de otubro, o Museo Sin Fronteras foi convidado a expor parte de seu acervo histórico no Parque de la Hispanidad, em Durazno (Uruguai).

A exposição foi uma homenagem ao Bicentenário da Independência do Uruguai, organizado pela División de Ejército II. Além da exposição histórica, pode ser visto também grande parte do material bélico utilizado no país.



Comente aqui
29 out13:37

Doble voto: Cerca de 8,7 mil eleitores escolherão dois presidentes

Marina Lopes, Zero Hora

Dulce Maria Resende Perez, 38 anos, vai escolher dois presidentes da República em um ano. Filha de mãe brasileira e pai uruguaio, a professora tem dupla nacionalidade e, depois de ter votado em novembro passado no Uruguai, deve auxiliar na escolha de quem assume a presidência do Brasil.

Assim, como Dulce Maria, prefeituras e cartórios eleitorais de cidades da fronteira do Estado com o Uruguai, estimam que cerca de 8,7 mil doble chapas passem pelo mesmo processo.

Moradora de Rivera, fronteira com maior número de eleitores doble chapa votantes, cerca de 4 mil, Dulce trabalha em Santana do Livramento e acredita ser fundamental participar do pleito de ambos os países:

- Vivo no Uruguai e trabalho em Livramento, quero progresso e desenvolvimento para ambos os lados. Procuro me informar sobre as campanhas políticas de ambos os países para fazer uma boa escolha. Domingo vou acordar cedo, fazer um chimarrão e ir votar – diz.

A juíza eleitoral de Santana do Livramento, Mirtes Blum, alerta que a pessoa com duas nacionalidades deve obedecer todas as regras eleitorais de ambos os países:

- As obrigações são as mesmas de um eleitor apenas brasileiro. Se não votar tem que justificar, por exemplo – explica.



Lá e cá

Eleições no Uruguai

Realizada em 25 de outubro (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo turno) de 2009, elegeu presidente o ex-guerrilheiro José Mujica (foto), com 52% dos votos. Ele assumiu em 1º de março de 2010.

Os 2,5 milhões de eleitores uruguaios (aproximadamente 500 mil a menos que o Rio Grande do Sul) realizaram também eleições parlamentares e fizeram dois plebiscitos: tanto a revogação da lei da anistia quanto o voto pelo correio de uruguaios que residem no Exterior foram rejeitados por mais de 50% dos eleitores.


Eleições em Livramento

Os 69.207 eleitores da cidade teriam eleito Dilma Rousseff (PT) em primeiro turno. Ela teve 52% dos votos (26.388) contra 34,3% (17.429) de José Serra (PSDB) e 12,84% (6.507) de Marina Silva (PV)

Comente aqui
10 jul15:26

Alemanha bate o Uruguai de virada e conquista o 3º lugar na Copa do Mundo

O 3º lugar da Copa do Mundo 2010 tem dono: Alemanha. Na tarde deste sábado, de virada, a seleção alemã derrotou o Uruguai por 3 a 2. A partida foi disputada no Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth, na África do Sul. O Uruguai termina o Mundial na 4ª colocação.

Abaixo de muita chuva, as duas seleções protagonizaram um confronto equilibrado no primeiro tempo. Justificando o 1 a 1 no placar do intervalo.

Desfalcada de jogadores importantes, como Lahm, Podolski e Klose, a Alemanha ainda assim tentou propôr o jogo, no sistema tático 4-2-3-1. Já o Uruguai, distribuído no 4-4-2 em duas linhas, apresentou-se com uma estratégia mais defensiva, apostando nos contra-ataques.

Leia mais no clicEsportes.

Não perca também a cobertura da Rádio Gaúcha.

Comente aqui
07 jul09:41

Técnico Oscar Tabárez se diz orgulhoso dos jogadores uruguaios

O técnico uruguaio, Oscar Tabárez, se disse orgulhoso dos jogadores da seleção celeste depois da eliminação nas semifinais da Copa do Mundo para a Holanda, na Cidade do Cabo. Em jogo realizado nesta terça, os holandeses venceram por 3 a 2.

- Esta partida foi digna de uma semifinal de Mundial. Estou orgulhoso dos meus jogadores – afirmou o técnico, cuja equipe fez sua melhor Copa desde o 1970, no México, ao chegar às semifinais.

Forlán marcou um dos gols do Uruguai contra a Holanda

No sábado, o Uruguai disputará o terceiro lugar com o perdedor da partida desta quarta entre Espanha e Alemanha.

- Aceitamos a derrota para um adversário melhor do que nós. Estamos tristes porque não chegamos mais longe – acrescentou o técnico.

Comente aqui
07 jul09:38

ESTATÍSTICAS: Números mostram equilíbrio entre Holanda x Urugua

Apesar da vitória da Holanda sobre o Uruguai, na primeira semifinal da Copa do Mundo da África do Sul, nesta terça-feira, as estatísticas mostram que o confronto foi bastante equilibrado e que qualquer equipe poderia ter saído com uma vitória do Green Point, na Cidade do Cabo. Durante a partida, cada equipe acertou seis finalizações contra o gol adversário.

Confira a páginas com as estatísticas da Copa do Mundo do clicEsportes

A Holanda deu um chute a mais para fora do arco. Enquanto os europeus chutaram quatro vezes, os sul-americanos deram três chutes desviados.

Na posse de bola talvez esteja a maior vantagem holandesa. O time de laranja ficou 54% com a bola nos pés, já os de celeste apenas 46%.

Comente aqui
07 jul09:04

Mesmo com derrota, torcida uruguaia festeja em Rivera

Leandro Behs, Zero Hora

Foram poucos minutos de decepção em Rivera. A derrota por 3 a 2, para a mesma Holanda que mandou a Seleção Brasileira para casa, entristeceu os uruguaios da fronteira. Mas apenas por alguns minutos.



Enquanto Livramento seguia a vida normal, sem comemorações, quase indiferente á eliminação dos vizinhos, Rivera explodiu em festa. Sim, festa. Houve carreata e foguetório na Avenida Sarandi.

A mesma que por 90 minutos transformou-se em arquibancada, com os torcedores assistindo ao jogo nas TVs de LCD, que estavam nas vitrinas dos free shops. Isso depois de engolir os gols em laranja.

– Estamos festejando porque os uruguaios não se entregam nunca – disse o estudante Miguel Rosas, 17 anos, enquanto pulava abraçado aos amigos. – Vamos comemorar, ficamos à frente do Brasil e da Argentina. Somos um dos quatro melhores do mundo – gritava ele.

Comente aqui