Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de agosto 2009

Filé com crosta de nozes acompanhado de tortelini

31 de agosto de 2009 3

Mateus Santos/ Divulgação

O Livro de Receitas cumpre a promessa feita no último domingo e traz uma das receitas ensinadas pelo chef Mateus Santos durante o curso Cozinha Regional Contemporânea.

No domingo, contei aqui que o Mateus, dono do L`Alcova di Gelsomina, em Silveira Martins, na região central do Rio Grande do Sul, está dando aulas na cozinha do bistrô. Desde o último sábado, um grupo se reúne lá em Silveira Martins para aprender conceitos e pratos que trabalham a alta gastronomia e a cultura regional.

Para quem não teve a oportunidade de fazer o curso, Mateus mandou para o blog uma das receitas mais tradicionais que irá ensinar. Delicie-se.

Ah! Informações sobre o curso pelos telefones (55) 3224-1453 (Silveira Martins) e (55)-3025-1136 (Santa Maria)

Filé com crosta de nozes acompanhado de tortelini di zucca e coolis de pimentão

Ingredientes
Coolis de pimentão
1 pimentão vermelho assado, limpo e picado
1/2 xícara (média) de açúcar refinado
1 pimenta dedo de moça sem sementes
1 anis estrelado (opcional)

Tortelini di zuca
Massa
6 gemas e um ovo inteiro
300 gramas de farinha
Nós moscada a gosto
Recheio
200 gramas de abóbora
50 gramas de queijo parmesão
1 colher chá de mel
Pimenta preta e sal a gosto

Filé
280 gramas de filé em medalhão
40 gramas de nozes
40 gramas de pão caseiros ou italiano
30 gramas de manteiga sem sal
2 colheres de ervas frescas

Preparo
Coolis de pimentão
— Em um processador, misture todos com os ingredientes. Depois, cozinhe tudo com 1 xícara de água, em fogo baixo, até chegar a ponto de almilbar (ponto de fio puxado)
— Reserve na geladeira e coloque fria sobre o tortelini

Tortelini di zuca
Recheio
— Cozinha a abóbora até que ela fique em ponto de esmagar para fazer o purê. Amasse a abóbora e  misture os outros ingredientes. Misture bem e reserve na geladeira até o momento de fazer o ravióli
Massa
— Misture todos os ingredientes e amasse até ficar homogêneo. Abra a massa sobre uma mesa e recheie com a mistura de abóbora. Use um cortador para massas recheadas e faça raviólis num formato diagonal (o tamanho é de sua preferência)
— Cozinhe os raviólis por 5 minutos em água bem quente
— Sirva em um prato temperando com manteiga de sálvia e coolis de pimentão

Filé
— Em um mixer, misture todos os ingredientes da pasta de nozes (exceto o filé). Numa panela teflon ou chapa de grelhar, sele o filé de todos os lados e condimente com sal e pimenta em ponto mal passado. Ligue o forno a 180°C graus. Em uma forma pequena de borda baixa, coloque o filé e cubra com a pasta de nozes que já foi preparada anteriormente. Leve ao forno por 8 minutos
— Quando o filé estiver pronto, monte o prato com o tortelini di zuca e cubra a massa com o coolis de pimentão

Postado por Silvana Silva

Café Tablado

30 de agosto de 2009 0

Marielise Ferreira
Ingredientes:
200ml de leite
2 colheres (sopa) de
chocolate em pó
1 colher (chá) de essência de coco
50g de coco ralado

Preparo:
– Numa xícara, coloque o chocolate em pó e 1 colher (chá) de essência de coco;
– Misture até formar uma pasta;
– Com uma colher, espalhe sobre as bordas da xícara de forma artesanal, criando uma crosta;
– Polvilhe com coco ralado;
– Encha a xícara com leite vaporizado puro sem adoçar e polvilhe com coco ralado. Rende uma porção.

Postado por Diário de Santa Maria

Gastronomia regional

30 de agosto de 2009 1

O chef Mateus Santos, dono do Bistrot L`Alcova di Gelsomina, em Silveira Martins, na região central do Rio Grande do Sul, anda sempre inventando. Neste sábado, ele deu a primeira aula da Cozinha Regional Contemporânea, um curso que  debateu com os alunos como a alta gastronomia pode ter uma releitura da culinária regional.

– A nossa intenção é valorizar o sabor e o valor histórico e cultural da matéria prima local – contou Mateus.

Durante o curso, os alunos aprenderam receitas com carnes exóticas, filés, combinações com massa fresca e acompanhamentos.

Não fique triste se você perdeu. O chef garante que outras edições do Cozinha Regional Contemporânea irão rolar. Quem quiser informações sobre o curso, pode entrar em contato pelo e-mail chefmateus@hotmail.com. Ah! Na próxima semana, o Livro de Receitas trará uma das receitas feitas no curso.

Postado por Silvana Silva

Filé Zeppelin

30 de agosto de 2009 0

Charles Guerra
Um dos bares da noite santa-mariense onde dificilmente o cliente sairá de lá sem provar uma delícia do cardápio é o Zeppelin. Há sempre uma boa combinação para alguns dos 34 tipos de cervejas – entre nacionais, importadas e artesanais.

Além de pizzas, bolinho de batata e outros petiscos, o Zeppelin agregou novos pratos no menu de verão, que estreou na metade de agosto. Segundo a dona do bar, Mila Rios, o carro-chefe da casa são os filés. Por isso, foi criada uma nova variedade do prato, o Filé Zeppelin. No cardápio de verão, ainda há as bruschettas (com tomate seco e rúcula), o Fish in Chips (filé de anjo com batata frita) e o sorvete Zeppelin (sorvete com calda).

Mila conta que prato de inverno, como o caldinho de feijão e os escondidinhos, continuarão sendo servidos.

– São pratos que saem em qualquer estação. O caldinho, por exemplo, faz muito bem para quem bebeu bastante – brinca ela.

Ingredientes
Filé
350 gramas de escalopes de filé mignon
200 gramas de batata inglesa
150 gramas de mussarela ralada
2 colheres de sopa de farofa temperada
Tempero (ajinomoto) a gosto
Shoyo a gosto
Tempero verde

Molho Zeppelin
3 ovos
1 maço de salsa
2 colheres de sopa de mostarda
50ml de vinagre de maçã
Azeite (até dar ponto)
Pimenta branca a gosto
Sal a gosto

Modo de fazer
Filé
– Corte o filé em cubos e tempere com ajinomoto e shoyo
– Frite os pedaços de filé na chapa, sem óleo. Se você não tiver chapa em casa, pode ser feito em uma panela. Nesse caso, é preciso colocar um pouco de óleo
– Descasque as batatas, cozinhe-as e, quando estiverem frias, corte-as em cubos
– Doure as batatas em uma fritadeira
– Ao tirá-las da fritadeira, coloque as batatas na chapa (ou prato) junto com o filé. Depois, coloque o queijo e o tempero verde picado
– Acrescente a farofa ao lado do filé e das batatas
– Sirva com o molho e torradinhas

Molho Zeppelin
– Misture todos os ingredientes (exceto o azeite) e mexa bem
– Quando a mistura estiver homogênea, vá misturando o azeite até deixar o molho em ponto de maionese feita em casa

Confira na revista MIX do Diário, neste final de semana, uma reportagem sobre as opções de bares e boates de Santa Maria

Postado por Mauren Rigo

Ratatouille do Sertão

29 de agosto de 2009 0

Cássio Vasconcellos, Divulgação

Ingredientes

100g de abóbora
100g de batata-doce
100g de chuchu
50g de batata-da-terra
50g de jiló
50g de abobrinha caipira
4 maxixes
50g de quiabo
1 pimenta dedo-de-moça óleo de canola sal e pimenta-do-reino
8 folhas de coentro
1 colher (sopa) de manteiga de garrafa

Modo de fazer:


- Descasque a abóbora, a batata-doce, o chuchu, a banana-da-terra e o jiló e corte em cubos de 1,5cm. Reserve;
- Retire os cabelos do maxixe e lave bem;
- Corte 3 deles em pedaços de 1,5cm e o quarto, em 4 gomos;
- Cozinhe em água quente com sal por 1min, esfrie em banhomaria de água com gelo, escorra bem e reserve;
- Corte os quiabos em rodelas de 1cm;
- Corte a pimenta em rodelas finas;
- Em uma frigideira antiaderente bem quente, com um fio de óleo, toste um a um todos os legumes dos dois lados até que fiquem bem dourados e macios;
- Coloque os legumes, incluindo os gomos de maxixe e a pimenta dedo-de-moça, em uma assadeira e tempere com sal e pimenta. 9. Esquente no forno, a 180 graus, por 2min;
- Misture cuidadosamente os legumes e coloque em um prato;
- Espalhe folhas de coentro por cima;
- Finalize com os gomos de maxixe cozido e 1 colher (sopa) de manteiga de garrafa.

Postado por Diário de Santa Maria

Filé Locomotiva

29 de agosto de 2009 1

Ronald Mendes/especial

Ao passar a porta de madeira do Locomotiva, um dos últimos bares/pub inaugurados em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, percebi de cara a proposta: ambiente rústico, decoração em tom escuro, balcão amplo e mesas de boteco, perfeito para um happy hour (com esticadinha) entre amigos.

Pois o cardápio, montado pelos próprios donos, é a cara do lugar. Nada de pratos sofisticados e drinques mirabolantes. Tudo bem simples, mas nem por isso menos saboroso. 

Entre as tradicionais receitas para acompanhar uma cervejinha (batata e polenta fritas, picadinho etc), o bar oferece o Filé Locomotiva. Poderia ser só mais um filé dos tantos servidos pela cidade. Mas o modo de preparo _ com cerveja preta _ dá um toque especial à receita. O prato é bem servido e comem, sem muita fome, quatro pessoas. É um ótimo petisco para curtir o som (ao vivo) dos músicos que tocam por lá de segunda-feira a sábado.

Outro destaque do cardápio _ ah! antes que você fique se perguntando, o nome do bar é, sim, uma homenagem à história ferroviária da cidade _ é o lambari frito. Nos mais de 30 minutos que fiquei por lá, vi pelo menos quatro mesas pedindo o peixe como tira-gosto. Só senti falta de uma mesa de sinuca de canto. Fica a dica.

Para quem quiser conferir as atrações in loco, o Locomotiva fica na Rua Visconde de Pelotas, 91, e abre de segunda-feira a sábado, a partir das 19h. O telefone de contato é o (55) 3307-6831, e o atendimento fica por conta dos donos, Eduardo e Fernanda e Fernando e Patrícia.

..

Ingredientes
Picanha
6 ovos de codorna
2 pepinos em conserva cortados em rodelas
6 tomates cerejas cortados ao meio
4 torradas médias
6 bifes finos de picanha cortados em tiras
1 colher de sopa de cerveja preta
1 colher de margarina sal a gosto

Farofa
4 colheres de sopa de farinha de mandioca bacon em cubos pequenos a gosto sal a gosto

Molho rosê
1 colher de sopa de maionese
2 colheres de sopa de ketchupe
2 colheres de sopa de mostarda
1 colher de sopa de molho inglês

Modo de fazer

Picanha
_ Em uma panela, frita com sal, a carne na margarina. Quando estiver dourando, coloca a cerveja preta e deixe dourar

Farofa
_ Em uma frigideira, coloca o bacon cortado e frita. Quando soltar a gordura, coloca a farinha e vai mexendo até dourar. Em seguida, coloca o sal

Molho rosê

_ Em um recipiente, misture todos os ingredientes e bata bem

Postado por Silvana Silva

Sábado é dia de hambúrger

29 de agosto de 2009 0

Tudo bem. Hambúrger está longe de ser um alimento saudável, mas _ convenhamos _ ele está bem posicionado na lista mais gostosa e calórica dos fast food. Já que ninguém é ferro e difilmente consegue aguentar muito tempo sem cair na tentação, aproveite para comer seu lanche neste sábado. Mas, ao contrário do que ensinamos no blog, não invente de fazê-lo.

Pelo menos dessa vez, dirija-se a um McDonald`s e peça um Big Mac. Você estará saciando sua fome e, de quebra, colaborando com alguma entidade de combate ao câncer infanto-juvenil. Este sábado foi a data escolhida ano para o McDia Feliz, promovido pelo Instituto Ronald McDonald e que acontece em 568 lojas da rede de todo o Brasil. Desde sua primeira edição (este ano é a 21ª), já foram doados mais de R$ 90 milhões de reais para entidades.

Em Santa Maria, é beneficiado o Centro de Apoio a Criança com Câncer (CACC).

Postado por Mauren Rigo

Mundinho forno e fogão

28 de agosto de 2009 2

Divulgação

Lembro como se fosse hoje a angústia que senti naquela tarde de 21 de maio, dia em que nós, jornalistas do Diário, fomos apresentados para o nosso novo desafio. Sentados no salão frio do galpão da RBS, escutamos todas as instruções sobre como fazer o site 24 horas do jornal.

Entre tantas informações, todos pensavam nas novidades que gostariam de apresentar ao leitor. Sim, a partir daquele momento, poderíamos sugerir blogs, vídeos, seções, enfim, coisas que achássemos legais de compartilhar. Ouvi colegas sugerindo blogs de política, música, literatura, esporte, ecomonia, meio ambiente, cultura… E eu só conseguia pensar em uma coisa: um espaço para falar de culinária. Mas era tão “coisa de mulherzinha” diante dos tantos “assuntos sérios” que meus colegas estavam propondo…

Não sei dizer ao certo quando foi que meu amor pelo mundo da gastronomia nasceu. Lembro de uma cena na cozinha da minha mãe. Eu, pequeninha, lenço na cabeça (bem italianinha), em cima de um banquinho que ela colocava ao lado do fogão para eu poder alcançar na panela e mexer o carreteiro. Foi a primeira receita que ela me ensinou a fazer. Lembro também que cresci ouvindo elogios à comida da minha mãe. Acho que herdei dela o gosto pelos ingredientes e suas misturas.

E em meio aos planos dos meus colegas, só conseguia pensar em uma das coisas que me dá mais prazer: cozinhar. Nunca fiz faculdade de gastronomia, mas sempre fui curiosa. Adoro testar ingredientes, novos sabores e provar misturas. No final da reunião, sai do meu mundinho de pensamentos, ergui a mão e sugeri: o Diário online deveria ter um livro de receitas, uma espécie de caderninho de anotações com um arquivo de pratos saborosos que publicamos no jornal impresso ao longo de sete anos. Ainda não seria o meu blog, mas já um espaço para quem adora o universo da cozinha. Assim nasceu o Livro de Receitas.

Quando fiz a sugestão, já pensava, em um dia, me “apoderar” do blog. Pois bem, a partir desta sexta-feira, eu e minha colega e amigona Mauren Rigo (que descobriu os encantos da culinária após uma overdose de miojo com empanado quando foi morar sozinha) vamos rechear o Livro de Receitas. Traremos dicas de culinária e alimentação saudável, sugestões de bares e restaurantes bem bacanas e muitas receitas de chefs, anônimos e famosos que gostam, como nós, de forno e fogão. Como cozinhar tem muito de partilhar, espero que os nossos leitores sugiram, peçam, opinem, elogiem… enfim, preencham com a gente este Livro de Receitas.

Postado por Silvana Silva, Redação

Brownie crocante

27 de agosto de 2009 0

Fernando Gomes

Ingredientes

1/2 xícara de farinha de trigo
6 colheres (sopa) de chocolate em pó
1/2 xícara de manteiga
3/4 de xícara de açúcar
2 ovos
1 colher (chá) de baunilha
1/2 xícara de noz picada
1/2 xícara de amêndoas
1/2 xícara de castanha de caju
200g de chocolate ao leite

Preparo


- Em uma tigela, misture a farinha de trigo com o chocolate em pó. Reserve;
- Derreta o chocolate, em banho-maria, adicione a manteiga em temperatura ambiente, os ovos e misture bem;
- Junte o açúcar à mistura de farinha de trigo e ao chocolate em pó;
- Acrescente a baunilha e bata bem;
- Ponha a massa em uma assadeira redonda de 22cm;
- Alise a superfície e cubra com as castanhas;
- Leve ao forno preaquecido, em temperatura média, por 45min;
- Deixe esfriar na própria assadeira por 30min e desenforme;
- Sirva ainda morno, com calda de chocolate e sorvete de limão siciliano.

Postado por Diário de Santa Maria

Tomate Seco

26 de agosto de 2009 0

Divulgação
Ingredientes
4 kg de tomates firmes
1 xícara (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) de sal
2 xícaras (chá) de azeite de oliva
1 xícara (chá) de salsa picada
3 dentes de alho picados
1 colher (chá) de sal
1 xícara (chá) de orégano

Preparo
- Corte o tomate ao meio, tire as sementes e passe o açúcar e as duas colheres (sopa) de sal ao redor;
- Coloque numa fôrma com a parte cortada para cima e leve ao forno, numa temperatura de 250 graus, durante 1h30min, cuidando sempre para não queimar;
- Retire o tomate do forno, escorra o excesso de água, transfira para outra fôrma, desta vez com a parte cortada para baixo, e deixe no forno, por mais 1h30min;
- Tire novamente os tomates do forno e coloque-os numa outra fôrma, virando-os de lado, por mais 1h;
- Depois das três fases de desidratação, o tomate está pronto para ser colocado no tempero;
- Para o tempero, passe no processador o azeite de oliva, o restante do sal, o orégano, a salsa e o alho;
- Alterne o tempero com os tomates. Guarde na geladeira.

Postado por Diário de Santa Maria