Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Imobiliárias de Joinville estão contra projeto da Prefeitura

27 de junho de 2013 1

O Sindicato da Habitação (Secovi) a entidade que reúne as imobiliárias de Joinville, é radicalmente contra o projeto de lei da prefeitura de Joinville que quer permitir a cobrança do IPTU em atraso via cartório.

“O texto é inconstitucional. Não há relação de consumo que justifique ir para SPC ou Serasa”, diz o presidente Jorge Laureano, defensor de outros modelos de cobrança de inadimplentes.

“Iremos à Justiça se os vereadores aprovarem o texto e vamos divulgar, nas redes sociais, os nomes dos que votarem a favor do projeto da prefeitura”. O projeto pode ser votado hoje, quinta-feira, dia 27.

Comentários (1)

  • Laurides diz: 27 de junho de 2013

    Sou favorável ao projeto da prefeitura. Se o inadimplente não tem dinheiro para pagar o IPTU também não deve poder comprar a crédito. Além do mais, a quem o Secovi está querendo defender? Será que alguém importante poderia ir para o SPC?

Envie seu Comentário