Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Suspensão da licitação do lote 1 da BR-280 é deboche

12 de fevereiro de 2014 1

A informação do cancelamento da licitação do lote 1 da duplicação da BR-280 no trecho entre o Porto de São Francisco do Sul e a intersecção com a BR-101 é um deboche do governo federal para com a sociedade catarinense. A rodovia já produziu centenas de mortes. O tráfego carregado de caminhões, a escoar mercadorias para o porto, é lento. Inúmeras empresas se instalam na região, às margens da estrada, e clamam por obras que nunca vêm.

Não por acaso, as organizações empresariais da região Norte vêm se mobilizando pela causa da duplicação há mais de quatro anos. Pela BR-280 passa boa parcela dos produtos exportados pelas companhias de Joinville, Jaraguá do Sul e São Bento do Sul, principalmente. É urgente se equacionar o problema.

Claro que não dá para atropelar a lei. Ninguém pede isso. O que se exige é um mínimo de eficácia e competência no trato de questões públicas. Como sabemos, é na logística que está o calcanhar de aquiles da competitividade industrial do Estado. E custa a melhorar.

A discussão jurídica entre construtoras e o DNIT já se arrasta desde o ano passado e, agora, o cancelamento da concorrência continua a demonstrar a incapacidade de se superar a burocracia e os interesses contraditórios de partes com negócios vinculados à União.

Também revela a histórica fraqueza de nossa representatividade política junto a Brasília e a forma inconsequente como os órgãos federais nos tratam em situações essenciais a impactar o cotidiano das vidas das pessoas. Santa Catarina continua sendo o patinho feio do Sul maravilha.

A lembrar: estamos em ano eleitoral. Quem sabe conseguiremos dar respostas em outubro, já que quem manda e decide por nós não nos responde e não atende nunca.

Comentários (1)

  • Carlos Timm diz: 13 de fevereiro de 2014

    Perfeito seu comentário. O troco para tanta incompetencia tem que ser a “demissão” em outubro proximo.

Envie seu Comentário