Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Para metade dos joinvilenses, próximos 2 anos do governo Udo serão melhores, diz pesquisa

23 de dezembro de 2014 2

O escritório joinvilense da Flemming Pesquisas, que tem matriz em São Paulo, mostra que praticamente a metade (47%) da população de Joinville acredita que os dois últimos anos da gestão do prefeito Udo Döhler vão ser melhores do que foi o biênio 2013-2014. E 42% da amostra, de 604 eleitores entrevistados, afirmam ser este um governo melhor do que o anterior. Só 14% o consideram pior. A avaliação pessoal do gestor Udo Döhler também é aprovada por 42%. E apenas 16% respondem negativamente. A margem de erro é de 4%.

Até aí, a se basear no trabalho da Flemming, o cenário futuro para a atual administração é marcadamente positivo. A Flemming tem dez anos de experiência. No seu portfóflio, há clientes como Docol, Datasul, Infraero e SAP.

O gargalo de sempre
Mas há, nas respostas, alguns pontos a exigir uma reflexão mais apurada. Entre eles, a percepção de que Udo dá à área de saúde a menor atenção entre todos os serviços públicos. Esta opinião é de 47% dos joinvilenses ouvidos. Preocupante, dada à essencialidade dos serviços, mas faz sentido à medida em que cada vez mais gente (de outras cidades) se utiliza do hospital público municipal. A qualidade do atendimento se reduz.

Difícil entender
Ainda a pesquisa da Flemming. Curiosamente inexplicável é que 13% dos entrevistados entendem que o governo está bem desatento à área da educação. Como assim, se escolas municipais estão modernizadas e professores ganharam prêmios nacionais, num reconhecimento à sua excelência? Será que os eleitores pensaram em escolas públicas estaduais ao darem as respostas para este item?

Comentários (2)

  • JAMIL ZATTAR diz: 23 de dezembro de 2014

    ESTA PESQUISA SO PODE SER COMPRADA, ANDE PELA CIDADE, RODE PELA CIDADE, VA DE BOCA, EM BOCA, ESTE SR. É O SIMBOLO DA INCOMPETENCIA, NÃO SO ELE , COMO TODA A CORRIOLA DO SEU SECRETARIADO, ANTRO DE DESOCUPADOS

  • Roberto Santos diz: 23 de dezembro de 2014

    É claro que a segunda metade do governo será melhor, afinal não só o Udo mas todos os políticos sabem que o povo tem memória curta. Espera-se passar a atenção dada a eleição estadual e federal, pois se fizerem muito pela cidade logo no início do mandato o povo não recordará e não colocará na urna o respectivo voto esperado, tudo isso graças a maldita reeleição. Nunca que o atual governo está sendo melhor que o anterior, está tão parado quanto. Lembro que no governo anterior a educação já tinha destaque e prêmios.

Envie seu Comentário