Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Indústria pressiona Celesc no preço da luz

29 de julho de 2014 0

É zero a possibilidade de a Celesc aplicar reajuste de tarifa de energia menor do que o percentual que a Aneel autorizar e que vai valer a partir de 7 de agosto. A informação é do presidente da empresa, Cleverson Siewert.

Ele entende como legítima a pressão do empresariado, mas explica que tem a obrigação de zelar pela saúde financeira da estatal. Em reunião ontem na Acij, o executivo mostrou como funciona o modelo econômico-financeiro que produz o cálculo. Dos 20,49% pedidos pela empresa, menos de 2% são custos que ela própria gerencia.

INFLAÇÃO

Siewert argumenta que desde dezembro de 2010 a tarifa de luz teve alta de 18% abaixo da inflação do período. Destaca que em dois ciclos seguidos (2012-2013 e 2013-2014) a empresa teve que pagar R$ 42 milhões ao mercado, sem que o órgão regulador a ressarcisse por estes custos adicionais.

POLÍTICA

No Paraná, a Copel havia pedido aumento médio de 32,4%. A Aneel concedeu mais: 35%. Num ato político, o governador do Estado suspendeu o aumento. Aí, a Copel foi autorizada pela União a cobrar 24,8%, garantindo-se o direito de incorporar a diferença no reajuste do próximo ano.

NÃO À INTERVENÇÃO

Côrte falou sobre cenários na reunião da Acij.

– Não vamos pedir ao governador Raimundo Colombo para intervir. A Celesc é uma empresa de mercado e não queremos que ocorra aqui o que o governo federal fez com a Petrobras.

ESTUDOS TÉCNICOS

Diante da pressão, Siewert disse que a Celesc, junto com a Fiesc e a Acij, vai estudar os componentes técnicos que fazem parte da tarifa. Lideranças empresariais acreditam que é possível reduzir a carga tributária que incide sobre o preço da energia. São 14 tributos, que representam 45% do valor total.

Ciser lança parafuso para madeiras leves

28 de julho de 2014 0

De amanhã até 1º de agosto a Ciser participará da 6ª Feira Internacional de Fornecedores da Indústria Madeira e Móveis, em São Paulo. Estarão presentes os principais fornecedores de máquinas, matérias-primas, ferragens e acessórios e serviços do Brasil e de mais de 30 países. A empresa vai lançar o parafuso super fixer para madeiras leves.

Ex-ministro Maílson da Nóbrega estará em Jaraguá do Sul no dia 31

28 de julho de 2014 0

O ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega vai fazer, no dia 31 de julho, palestra no Clube Atlético Baependi, em Jaraguá do Sul, a convite da Acijs. Vai traçar um panorama das perspectivas da economia brasileira. No cardápio, também uma análise das mudanças institucionais das últimas três décadas. Em recentes artigos, ele avalia que um dos riscos é o avanço da inflação por período longo e a reindexação nas negociações salariais, com a volta dos gatilhos.

KPMG

E amanhã, o sócio-diretor da área de serviços forenses da KPMG no Brasil e especialista em fraudes, Claudio Peixoto fará palestra sobre a lei brasileira anticorrupção durante o seminário “Momento Sociedade”, em Joinville, na Acij.

Fiesc investe R$ 14,8 milhões em pesquisa, consultoria e serviços para indústria

28 de julho de 2014 0

A Fiesc lançou na sexta-feira a rede Senai de inovação e tecnologia, que vai reunir os dez institutos a serem instalados em Santa Catarina. Na mesma ocasião, foi inaugurado o Instituto Senai de Tecnologia em Automação e Tecnologia da Informação e Comunicação. Com orçamento total de R$ 14,8 milhões, o empreendimento será voltado ao desenvolvimento de pesquisa aplicada, consultorias e prestação de serviços ao setor industrial.

BMW tem 15 vagas abertas para estágio

28 de julho de 2014 0

Há 15 vagas de estágio previstas na fábrica da BMW em Araquari, até o fim deste ano. As oportunidades estão nas áreas de logística, montagem, carroceria e pintura, tecnologia da informação, compras, RH, gestão de projetos, qualidade, financeira e gestão de segurança e saúde ocupacional.

O tempo de duração do estágio, que oferece assistência médica, transporte e alimentação, varia entre seis meses e dois anos. Informações pelo site www.ielsc.org.br/estagioresponsavel.

Consumidor gastará menos este ano nas compras para o Dia dos Pais

28 de julho de 2014 0

O gasto médio para a compra do presente do Dia dos Pais em Joinville será de R$ 127,59, menor do que no ano passado (R$ 171,92). A situação financeira se manteve a mesma que em 2013 para 57,8% dos entrevistados. Apenas 31,4% dos moradores da cidade declararam estar em melhor situação.

Os números são da Fecomércio e FCDL-SC e constam da pesquisa de intenção de compras. Foram entrevistadas 2,8 mil pessoas nas cidades de Joinville, Blumenau, Chapecó, Criciúma, Itajaí, Lages e Florianópolis entre os dias 21 e 23 de julho.

O estudo traz um panorama sobre previsão de consumo e o perfil das famílias. Inclui fatores como renda, escolaridade, número de estudantes em cada lar, forma de pagamento e comportamento do consumidor na hora de tomada de decisão de compra.

Chance zero para Celesc aplicar tarifa de luz menor

28 de julho de 2014 0

Diferentemente do que quer a Acij, é zero a possibilidade da Celesc aplicar reajuste de tarifa de energia menor do que o percentual que a Aneel autorizar, e que vai valer a partir de 7 de agosto. A informação é do presidente da Celesc, Cleverson Siewert.

Entende como legítima a pressão do empresariado, mas o executivo explica que tem a obrigação de zelar pela saúde financeira da estatal. Ele vai mostrar como funciona o modelo econômico-financeiro que produz o cálculo, aos empresários joinvilenses, na Acij. Do total dos 20,49% pedidos pela empresa, menos do que 2% são custos que ela própria gerencia.

O índice de aumento, para o consumidor, neste ano, poderá ficar entre 18% e 20%.  Siewert argumenta que é preciso olhar cenário mais amplo do que só o de um ano de tarifa elevada. Lembra que nos quase últimos quatro anos (dezembro 2010-julho 2014), a tarifa de luz está 18% abaixo da inflação deste período.

Destaca, ainda, que em dois ciclos seguidos (2012/2013 e 2013-2014), a empresa teve que pagar R$ 42 milhões ao mercado, sem que o órgão regulador a ressarcisse por estes custos adicionais.
Siewert diz mais:

- O momento de reajuste da Celesc é favorável. O custo de energia comprado no curto prazo está bem inferior ao que foi pago no primeiro trimestre. Agora, o valor já subiu muito, novamente, e isso terá maior impacto sobre as tarifas de distribuidoras, que terão reajustes anunciados a partir do próximo mês.

Empresas de Joinville já demitem, diz Acij

28 de julho de 2014 0

A percepção de futuro para os próximos seis meses e até para o início de 2015 não é animadora para os negócios. Neste contexto, empresas de Joinville, sem alarde, já estão promovendo demissões e evitando, a qualquer custo, novas contratações para reduzir custos. Enxergam que estamos num período de pré-recessão.

A informação é do comando da Associação Empresarial de Joinville, em comunicado a seus associados. Significa dizer que a cautela já predo-mina, e vai aumentar mais.

 

Impacto sobre custos

No texto, a Acij também adverte sobre os efeitos de reajuste de energia elétrica, a vigorar a partir de 7 de agosto. A Celesc pede reajuste de 20,49% e diz que o efeito médio, para o consumidor, será de 18,9%.

– Não há como acolher este aumento no custo da energia, já que não haverá como repassá-lo ao preço dos produtos. O efeito desta alta de custos no produto final chega a ser próximo de 5%. E, em média, ficará em 2%.

 

Juiz de Araquari extingue processo movido contra BMW e família Veiga

25 de julho de 2014 0

O juiz da vara única da comarca de Araquari, Frederico Andrade Siegel, extinguiu o processo de número 0300352-33.2014.8.24.0103 sem considerar o mérito.

A ação é do escritório Joaquim Cercal Neto Advogados Associados, de Joinville, representando interesses da Dominio Dona Francisca contra Valdemiro Armíndio Veiga, Zeli Duarte Veiga e BMW do Brasil por suposta ocupação indevida de parte da área onde está sendo construída a fábrica da montadora alemã.

O juiz, em sua sentença, escreveu que não é possível concluir que a autora detenha a propriedade de imóvel mencionado na matrícula 7719. Cercal Neto diz que a sua equipe vai estudar o assunto durante este fim de semana  para definir posição na próxima semana.

Guacamole Cocina Mexicana em Joinville

25 de julho de 2014 0

O Guacamole Cocina Mexicana, que iniciou suas operações em Balneário Camboriú e já conta com unidades em Florianópolis, Rio de Janeiro (RJ) e Porto Alegre (RS), vai colocar sua marca em Joinville até outubro.

Fiesc analisa cenário da indústria segunda-feira na Acij

25 de julho de 2014 0

O presidente reeleito da Fiesc, Glauco José Corte, vai falar na reunião da Acij na próxima segunda-feira sobre o cenário para a indústria catarinense no segundo semestre de 2014.

Sebrae realiza seminário Desafios do Crescimento

25 de julho de 2014 0

O Sebrae-SC realiza, neste mês, quatro seminários Desafios do crescimento: em Florianópolis, Criciúma, Joinville e Blumenau. Em Joinville, será no dia 30, na Expoville, a partir das 18 horas. Os encontros são destinados a donos de empresas de pequeno porte com o objetivo de apresentar novas temáticas e tendências em gestão.

Sindicato dos Mecânicos de Joinville orienta votação do plano da Busscar

25 de julho de 2014 0

O Sindicato dos Mecânicos de Joinville vai fazer último encontro com os trabalhadores da Busscar no dia 17 de agosto, às 9 horas, na recreativa da entidade. Vai avaliar, em conjunto, se orienta a favor da aprovação ou rejeição do plano de recuperação, na assembleia de credores, marcada para o dia 19. Cerca de 300 ex-funcionários participaram (foto) de três reuniões na sede da entidade na última terça-feira.

ArcelorMittal Vega investe US$ 32 milhões na unidade de São Francisco do Sul

25 de julho de 2014 0

A ArcelorMittal Vega vai investir US$ 32 milhões na unidade de São Francisco do Sul, que completa hoje 11 anos de funcionamento. Do total, US$ 17 milhões destinam-se a obras de melhorias e compra de novos equipamentos.

Batizada de Vega Light, a iniciativa vai aumentar a capacidade anual dos atuais 1,44 milhão de toneladas para 1,60 milhão de toneladas. Os outros US$ 15 milhões serão aplicados para iniciar a produção local do Usibor, aço de alta resistência utilizado na indústria automotiva.

Quando finalizado, o Vega Light aumentará a capacidade em 160 mil toneladas por ano e, assim, praticamente vai dobrar a produção da empresa em relação ao início das operações, em 2003. Também vai viabilizar a estrutura necessária para futuras ampliações.

Programas de incentivo atraíram R$ 240 milhões para SC

25 de julho de 2014 0

Os programas Pró-Emprego e Prodec, oferecidos pelo governo do Estado para atração de empreendimentos, tiveram nove processos deferidos no primeiro semestre deste ano. Os investimentos são distribuídos em municípios de diferentes regiões e em segmentos variados, como agroindústria, energia, metalmecânico, transportes e logística. Ao final da implantação, os empreendimentos deverão criar aproximadamente 1,2 mil empregos.

— No total, as empresas beneficiadas investiram R$ 240 milhões em suas instalações no Estado— diz o secretário da Fazenda, Antonio Gavazzoni.