Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "1"

Exportações catarinenses caem 9% de janeiro a maio

05 de junho de 2015 0

As exportações catarinenses acumulam redução de 9% nos primeiros cinco meses de 2015, ficando em US$ 3,309 bilhões. No mesmo período do ano passado, o total embarcado era de US$ 3,634 bilhões. Os dados integram a Balança Comercial de Santa Catarina, divulgada nesta sexta-feira (5) pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc).

Entre os dez principais produtos da pauta de exportações do Estado, as maiores variações percentuais foram registradas pelos motocompressores (-27,9%) e pela carne suína (-24,3%). Em valores absolutos, o líder frango registrou o maior recuo: US$ 118,2 milhões a menos, para US$ 620,4 milhões.

Na comparação entre maio de 2015 e maio de 2014, a desaceleração nas exportações foi de 10,2%. Entre maio e abril foi registrado recuo de 3,6%.

As importações também estão em queda. Nos cinco primeiros meses do ano, desembarcaram no Estado US$ 5,954 bilhões em mercadorias, valor 10,2% inferior ao registrado entre janeiro e maio de 2014. Entre os dez principais produtos importados pelo Estado, os maiores recuos foram registrados nos automóveis (-50,1%) e nos catodos de cobre refinados (-45,9%).

Em 2015, o saldo da balança comercial catarinense está negativo em US$ 2,645 bilhões. No mesmo período de 2014, o resultado era de -US$ 2,962 bilhões.

Henrique Meirelles, ex BC, fala de cenários na abertura da Exposuper

04 de junho de 2015 0

A Exposuper, feira de produtos e serviços de supermercados, começa no dia 15, às 19 horas, na Expoville, em Joinville. O ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles faz a palestra inaugural sobre cenários econômicos.

Além de dar palestras, Meirelles se dedica a criar o banco Original, do grupo J&F. Denomina o empreendimento de banco digital. Será o primeiro do Brasil com esta configuração.

Joinville perde participação no ICMS

03 de junho de 2015 0

Joinville vai perder fatia no índice de participação dos municípios na arrecadação do ICMS 2014, com repasse a ser feito pela Secretaria da Fazenda do governo do Estado em 2016. O índice de retorno, que lhe cabe é de 9,4385466, sobre o total a ser distribuído ao conjunto dos municípios catarinenses.

Significa queda de 0,6 ponto percentual em relação a 2015. Itajaí aparece em segundo lugar, com 6,8386536, recuo de expressivos 5,8 pontos percentuais. Os outros três municípios em destaque são Blumenau (5,1752574), Jaraguá do Sul (3,4569837) e Florianópolis (3,0114324).

O índice é calculado com base no movimento econômico, ou valor adicionado, de cada cidade. Os dados de todos os municípios estão disponíveis no site www.sef.sc.gov.br.

Udo Döhler e Raimundo Colombo se reúnem para discutir sobre infraestrutura

05 de maio de 2015 0

Da série infraestrutura e avenida Santos Dumont: o prefeito Udo Döhler reuniu-se com o governador Raimundo Colombo, em Florianópolis. Saiu do encontro com a perspectiva da vinda de Colombo para assinatura da ordem de serviço de obras e acompanhamento dos trabalhos na avenida Santos Dumont e Minas Gerais.​

Banco do Empreendedor aumenta empréstimos

12 de abril de 2015 1

O Banco do Empreendedor, com matriz em Joinville, aumentou, no primeiro trimestre deste ano, o volume de recursos financiados a empreendedores informais e microempreendedores individuais, no comparativo com igual período do ano passado.

Nos municípios da região Norte do Estado, realizou 357 negócios, com volume financeiro de R$ 1,63 milhão. De janeiro a março do ano passado, foram feitas 307 transações, envolvendo R$ 1,6 milhão A alta foi de 2,6% em dinheiro e de 16,3% em quantidade de operações. Significa dizer que os empréstimos se diluíram por mais interessados e o valor médio caiu.

Em todo o Estado, a instituição fez 2.030 operações nos três meses iniciais deste ano, com financiamento de R$ 8,5 milhões. Em relação a igual período do ano passado, o total emprestado cresceu só 2,9%, mas a quantidade subiu 9,5%.

A explicação para o acréscimo dos negócios passa por um fator decisivo: os bancos comerciais tradicionais estão cada vez mais seletivos e cautelosos na hora de conceder crédito. O Banco do Empreendedor atua com 24 unidades espalhadas por 21 municípios e com abrangência para 112 cidades catarinenses.

Convention Bureau contra reforma administrativa de Udo Döhler

31 de março de 2015 2

A diretoria do Joinville e Região Convention & Visitors Bureau reuniu-se nesta terça-feira, dia 31, e se manifesta, publicamente, contrário à proposta de extinção da Promotur e de outras fundações. Protocola ofício com a posição da entidade quanto à reforma administrativa proposta da prefeitura, que pretende unificar a Fundação Turística a outras secretarias. O Convention acredita que é de fundamental importância o fortalecimento da unidade gestora do turismo. A presidente Áurea Pirmann vai ao ponto:

— O turismo tem de ser tratado profissionalmente; não conseguimos imaginar Joinville sem uma Pasta exclusiva para o setor. ​

Presidente de instituto diz que é hora do governo determinar o racionamento de energia

30 de janeiro de 2015 0

O presidente do Instituto Acende Brasil, Claudio Salles disse, na Fiesc, na sexta-feira, que é hora do governo determinar racionamento de energia. Aliás, já deveria ter sido feito. O problema é como adotar a medida sem afetar de maneira drástica os contratos em vigor. E, ainda, o racionamento deve ser percebido como elemento que vai reduzir mais o fluxo dos negócios, num ano já de expansão mínima.

A tarifa de energia elétrica pode subir 37% ao longo do ano estima Salles. Aponta os motivos: 1- concessionárias têm de pagar os empréstimos bilionários obtidos no ano passado junto a bancos e Tesouro. 2- a adoção de prática nova de bandeira tarifária, com oscilações mensais de valores; 3- o custo de energia adquirida a Itaipu subiu aproximadamente 40% ; 4- a inflação do período tem de ser considerada e, ainda – 5- haverá revisão tarifária extraordinária em 2015. ​

Juiz marca audiências de conciliação sobre a BR-280

04 de dezembro de 2014 0

O juiz da 1ª vara federal de Jaraguá do Sul, Sérgio Eduardo Cardoso, vai promover audiências de conciliação para tratar de indenização das áreas que serão desapropriadas para a implantação da duplicação da BR-280. Será do dia 9 a 11 de dezembro, entre as 13 horas e 18 horas. Neste período deverão ser realizadas as primeiras 36 audiências, de um total de aproximadamente 800. A Superintendência do DNIT concederá uma entrevista coletiva às 10 horas no dia 9, no mesmo local.

Raimundo Colombo entra com ação contra lei ambiental da União

02 de dezembro de 2014 1

O governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 5180) contra o artigo 36, parágrafo 3º, da lei federal 9.985/2000, que exige autorização para licenciamento de empreendimentos de significativo impacto ambiental. O ministro Dias Toffoli é o relator da ação.

Conforme o dispositivo questionado, o gestor das unidades de conservação federais deverá autorizar o licenciamento ambiental de qualquer empreendimento que envolva os espaços, ainda que a questão seja de incumbência exclusiva do ente público estadual. Tal exigência, segundo o governo do Estado, provoca intromissão desses gestores nas responsabilidades da União, Estados, Distrito Federal e municípios.

Na ADI, o governador ressalta que a lei federal 9.985/2000 invade tema reservado a lei complementar. Alega que, em matéria ambiental, para fixação de diretrizes de relacionamento entre União, Estados, Distrito Federal e municípios, exige-se quórum legislativo qualificado. Portanto, sustenta que “a invasão sobre temática reservada a lei complementar acarreta vícios de legitimidade democrática e flagrante inconstitucionalidade formal”.

O autor da ação argumenta que o ajuizamento da ADI visa garantir o adequado exercício da função administrativa no Estado de Santa Catarina.

“Foge totalmente dessa moldura a norma federal que, em sede de matéria legislativa concorrente, deixa de fixar regras gerais, invadindo a gestão administrativa dos estados-membros”, concluiu. Por todas essas razões, o governador alega ofensa ao artigo 18, caput; artigo 23, parágrafo único; e artigo 24, parágrafo 1º, da Constituição Federal.

Dessa forma, Raimundo Colombo requer a declaração de inconstitucionalidade do artigo 36, parágrafo 3º, da lei federal 9.985/2000.

Shopping Mueller de Joinville ganha franquia da Disney

29 de outubro de 2014 0

O Shopping Mueller ganha nova loja em Joinville. Foi inaugurada nesta quarta-feira, dia 29, unidade da Fantasia, uma franquia da Disney, com brinquedos para crianças.

Equipe econômica precisa mudar, diz João Martinelli

26 de outubro de 2014 0

Para o presidente da Associação Empresarial de Joinville, João Martinelli, a presidente Dilma Rousseff terá de mudar toda a sua equipe econômica no seu segundo mandato. Os nomes a serem anunciados para o Ministério da Fazenda, do Banco Central, e das principais estatais (Petrobras, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil darão o tom do que será a próxima gestão. Dilma terá, então, a possibilidade de resgatar a credibilidade, analisa o líder empresarial .

—O ruim é que o país se dividiu. A parte mais desenvolvida votou num candidato (Aécio) e a pouco mais da metade do total escolheu outro (Dilma). Torço para dar certo—, argumenta.

 

**

Há duas semanas, um ex-presidente da Acij portava botton de Aécio Neves na camiseta, em pleno shopping de Joinville. Este comportamento, mais expansivo na demonstração de escolha de candidato, foi exceção entre seus pares. Mesmo assim, ao longo do período de campanha, foi esta a causa defendida por esmagadora maioria da elite econômica. As falas, praticamente unânimes, davam o tom: era preciso mudar.

Outro exemplo: um empresário de sucesso retornou da praia no sábado, dia 25, de tarde, para votar no dia seguinte, pleno de convicções aecistas.

Tamanhos esforços refletiam a inquietação por um segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.

As manifestações são emblemáticas. O voto deles, e de tantos outros, significou muito mais um voto antipetista do que, propriamente, uma opção entusiasmada no político mineiro. Aécio capitalizou o sentimento anti-Dilma por gravidade. Sobrou para ele fazer o enfrentamento ideológico e programático.

 

**

Pendências para a região
As demandas de Joinville e região junto a Brasília continuarão as mesmas. A duplicação da BR-280 é imperativa. As obras do campus da Universidade Federal de Santa Catarina na região norte do Estado, também. O contorno ferroviário, idem. Aporte de recursos em infraestrutura e modelagem de parcerias-público-privadas para efetivá-las são reclamos conhecidos.

O presidente da Acij, João Martinelli, vai ao ponto:

– A presidente terá de mudar toda a sua equipe econômica. Os nomes a serem escolhidos para o Ministério da Fazenda, para o Banco Central e para as principais estatais (Petrobras, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil) darão o sentido do que será a nova gestão. Dilma terá a possibilidade de resgatar a credibilidade – analisa o líder empresarial.
A economia
O crescimento econômico não chega a 0,5% neste ano. Um forte ajuste fiscal (menos gastos públicos, aumento de juros), combinado com desvalorização do câmbio para auxiliar os exportadores serão necessários. Lógico que veremos a continuidade das políticas redistributivistas de renda (o Bolsa Família é o exemplo mais evidente).

Na última semana, quando a petista liderou as pesquisas de intenção de voto até o último momento (tanto do Ibope quanto do Datafolha), o dólar subiu para além de R$ 2,51; a Bovespa recuou. O susto aumentou.

A Bolsa, ao abrir o pregão, nesta segunda-feira, dia 27, dará o tom do humor de investidores. Saberemos o tamanho do mergulho. Oscilações são esperadas. A divulgação dos assessores mais próximos por parte da reeleita pode reduzir a tensão. Poder e negócios se entrelaçam, Os bastidores estarão agitados nas semanas seguintes, até a assimilação do resultado. E terá de vir a acomodação.

Fazenda libera dados econômicos a todos os municípios

20 de outubro de 2014 0

Após decisão judicial que concedeu a Joinville o direito de acesso às informações do movimento econômico, a Secretaria Estado da Fazenda liberou os dados aos demais municípios do Estado. Uma portaria regulamentando a decisão será publicada nesta terça-feira, dia 21. A liberação é válida por 30 dias a partir de amanhã, dia 22 de outubro. A Fazenda alerta que o acesso concedido aos representantes de municípios e de associações de municípios será monitorado como forma de garantir o direito dos contribuintes ao sigilo econômico-fiscal.

Motoristas podem fazer inspeção gratuita de seus carros neste sábado em Joinville

19 de setembro de 2014 0

Motoristas de Joinville poderão fazer uma inspeção gratuita de seus carros neste sábado. O Núcleo de Reparação Automotiva da Associação Empresarial de Joinville (Acij) vai promover o check-up das 9 às 16 horas no estacionamento do Fort Atacadista (rua Coronel Francisco Gomes, 788, Bucarein). A ação tem o apoio do Núcleo Estadual de Automecânicas de Santa Catarina.

Conselho de Entidades Patronais tem novo presidente

16 de setembro de 2014 0

Marco Antonio Corsini e Hamilton Cardoso de Aguiar foram reeleitos ontem presidente e vice-presidente, respectivamente, do Conselho das Entidades Patronais (Consep) da Associação Empresarial de Joinville (Acij) para mais um ano de mandato. A principal meta é dar continuidade as ações de aproximação e fortalecimento dos sindicatos patronais.

Torres Gêmeas de Balneário Camboriú serão entregues no prazo de 60 meses

16 de setembro de 2014 0

As maiores torres gêmeas do Brasil, com mais de 260 metros de altura e 74 andares em cada edifício, serão entregues em um prazo de 60 meses. Elas integram o Yachthouse By Pininfarina, condomínio residencial da Pasqualotto & GT que será construído anexo à Marina Tedesco, em Balneário Camboriú.

O desenho do empreendimento tem a assinatura da Pininfarina, um dos maiores escritórios de design do mundo, responsável por desenhar os carros da Ferrari.