Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de novembro 2009

Sem motivos para dizer "saúde"

30 de novembro de 2009 9

No Centro de Saúde Canoas, na Rua Frei Orlando, vacinas não são aplicadas porque a geladeira para guardá-las está estragada. Foto: Janice Silva, Especial

Este não é um brinde que costumamos levantar ao final de ano em confraternizações. A saúde de nossa cidade não é das melhores, como todos sabemos, pois constantemente há matérias na imprensa sobre o Hospital Nossa Senhora das Graças, o Pronto Socorro Municipal e o Hospital da Ulbra. Agora dirigir-me a um posto de saúde para receber uma vacina e ser informado que não há vacinação porque a geladeira está quebrada e as vacinas devem ser guardadas refrigeradas é um impacto e tanto.

Na semana passada, me dirigi ao Centro de Saúde Canoas, na Rua Frei Orlando, para tomar a vacina contra hepatite B, pois sou doador de sangue há 23 anos e devo fazer esta vacina e deparei com esta situação. Quantas mães também para lá se dirigem com seus filhos para serem vacinados e são impedidas pela geladeira estragada? E quantos são os cidadãos que têm que fazer a vacina da febre amarela e também estão impossibilitados devido a uma geladeira?

Imaginem então uma epidemia de H1N1 na cidade de Canoas no próximo ano, quando o governo anunciar que vai imunizar as pessoas, produzindo no país a vacina e um dos maiores postos da cidade estiver com a geladeira quebrada, sem condições de armazenar as doses.

Fora isso, também tive que interromper meu tratamento dentário no posto Fátima, pois lá o compressor que serve ao dentista está estragado também. Quem sabe com um voto de confiança, pois ainda não é passado um ano deste governo, em 2010 e com as geladeiras e compressores funcionando, possamos levantar um brinde em nossas taças com as cidras de R$ 1,99 e finalmente dizer: saúde.

Postado por Cauê Nascimento, Conselho de Blogueiros

Roteiro de fim de semana

28 de novembro de 2009 0

Geração Coca-Cola

A galera da foto ao lado tem promovido festas para relembrar os anos 80 e 90. Os canoenses Vicente Bartz, Patrícia Chiarel e Ricardo Fan estão por trás da Geração Coca-Cola, que rola neste sábado no Studio Rock Bar (Av. Victor Barreto, 3.702), a partir das 23h. Os ingressos antecipados estão à venda na Back in Black e na Planeta Records por R$ 8. Na hora, custarão R$ 10. Informações: 9977-3871 (Patrícia) ou em www.studiorockbar.com.br
Primeiro as Damas

Hoje e domingo os canoenses poderão se divertir com a peça Primeiro as Damas. Com 1h30min de duração, o espetáculo traz a atuação do estilo stand-up comedy _ gênero de origem americana em que o comediante atua sozinho no palco, falando diretamente com o público. A apresentação será às 21h no Centro de Assistência Social La Salle (Rua Lajeado, 1.300, bairro Niterói).
O show reúne os atores Cris Pereira e Lucas Krug. Cada ator se apresenta individualmente, inspirados na criação de tipos e personagens da atualidade
A peça é dirigida a maiores de 16 anos. Ingressos à venda na Pizzaria Kabana, Lojas Multisom e pela telentrega: 9758-1635 ou 9696-1220. Os antecipados custam R$ 15 (estudante e idosos) e R$ 20. Na hora, custarão R$ 30.
 
Final de motocross

O Parque Eduardo Gomes recebe hoje e domingo, a 7ª etapa e final do Campeonato Gaúcho de Motocross. Hoje, ocorrem os treinos. As provas serão realizadas no domingo, das 10h às 17h. Uma das categorias mais disputadas, a MX2 terá a bateria disputada ainda pela manhã, pois há pilotos que farão vestibular. Durante a semana, foi feita manutenção na pista de mais de 1000 metros que receberá os 150 pilotos. Segundo o presidente da Associação de Esportes a Motor de Canoas (Amec) Gilmar Pedrotti, serão mantidos os mesmos obstáculos construídos para o Brasleiro de Motocross, promovido em maio, no município.

Atividades da prefeitura

A 42ª edição do Prefeitura na Rua e a tarde de Caravana Cultural em Canoas, que ocorreriam hoje na Praça Cinco Colônias, em razão do mau tempo. O vento forte e comprometeu a estrutura física do local. Segundo o coordenador de Defesa Civil, Mauro Guedes, a situação é de alerta, principalmente com os moradores ribeirinhos. O nível do Rio dos Sinos segue em elevação. Ao longo do dia estão previstas visitas aos locais de foco de alagamento e, se necessário, a remoção das famílias em risco.

OUTROS

Canoas C.O.M Dança - Festival de dança, com apresentações de 70 grupos, no Centro Olímpico Municipal (Rua Araguaia, 1.151, bairro Igara). Hoje e amanhã, a partir das 17h30min. Entrada franca.

Grupo Renascer - O grupo de terceira idade Renascer, da Associação dos Servidores Municipais de Canoas, realizará apresentação, no domingo, às 17h, na antiga Fundação Cultural, com entrada franca. Serão quatro danças apresentadas de diferentes estilos. Entrada franca.

Domingão das Crianças - Na Liga Canoense de Futebol (Av. A.J Renner, 1.111, bairro Estância Velha), com discoteca infantil, desfile, grupo de danças, seleção de modelos e concurso de fantasias. A programação começa às 15h30min. No local, haverá gravação de um DVD ao vivo com grupos musicais e cantores canoenses.

BAILES
Clube Caça e Pesca - Domingo, das 16h até a 0h30min, festa com as bandas musical Midia, Cia Brasil Danda Show e Os Atuais. Ingressos, até às 18h, a R$ 10. Após, R$ 12 (F) e R$ 15 (M). Rua Ipiranga, 70, Centro.

Clube Collaziol - Hoje, das 14h às 18h, baile da Terceira Idade com Trio Mania. Ingressos R$ 6. A partir das 21h tocam Banda Detalhes e MCA. Entrada franca até as 21h. Até as 23h, R$ 2. Depois, R$ 5 (F) e R$ 10 (M). Domingo, a partir das 16h, Musical RM e banda MCA. Ingressos R$ 6 (terceira idade até às 18h), R$ 6 (F) e R$ 12 (M). Av. Boqueirão, 2.911, Jardim Atlântico.

Stylus Club - Hoje, musical Conquista. Os shows ocorrem a partir das 23h. Para os dois eventos, ingresso feminino isento até a meia-noite. Após, R$ 5 (F) e R$ 10 (M). Rua Guilherme Schell, esquina com a Rua Boa Vista, bairro Rio Branco.
Clube Cultural Canoense _ No domingo, das 15h às 20h, baile da terceira idade. Ingressos: R$ 6. Rua Dr. Barcelos, 1.271, Centro.

SHOWS
Wave Music Hall -
Hoje, Tributo Total, a partir das 23h, com Trinith (Pearl Jam), Vírus 15 (Raimundos), Hapneyah (Pitty), Chapo Punks (Ramones), Material Fecal (Nirvana), Paradoxo Nervoso (Replicantes) e Dermacidi (Wander Wildner). A partir das 23h. Ingresso feminino isento nos dois dias. Masculino R$ 5 (na sexta) e no sábado R$ 8 ou R$ 5 (antecipado). (Rua Coronel Vicente, 624, Centro).
 
Spiel – Hoje, DJ Roberto Júlio com ritmos variados. Ingressos R$ 15 (M) e R$ 10 (F).

Para divulgar shows, exposições e outros eventos, entre em contato com a redação pelos telefones 3428-7353 e 9917-6760 ou pelo e-mail canoas@zerohora.com.br

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

Saudosa Canoas

27 de novembro de 2009 1

Se você é saudosista, se você gosta de mergulhar fundo na história, se aprecia aprender com o que vem de outrora, não deixe de passar na Biblioteca Municipal João Palma da Silva. Ali, passeando no tempo, você encontrará inúmeras peças que contam, de diferentes ângulos, um pouco mais sobre a vida de Canoas.

A Underwood (ao lado), máquina de escrever de curiosas e clássicas teclas redondas, usada nos anos 1930, para datilografar contratos locais, é um bom exemplo.

Caso música seja o seu negócio, e lhe apeteça aprofundar dotes artísticos, que tal conhecer uma cítara (abaixo) dos anos 1920? Com inúmeras cordas e diferenciada caixa de ressonância, o instrumento musical sempre deixa curioso quem por ali caminha. O item pertenceu a Thereza Fritzen, antiga moradora local, que, na época, ganhou o complexo mimo dos pais.

Já se você sente falta da boa comida da avó, ou se sua batedeira já não estiver dando conta do recado, um inusitado pilão, que passou 80 anos com uma família da cidade, talvez possa lhe ajudar. O belo artefato, confeccionado artesanalmente em madeira envernizada, era constantemente utilizado, junto de um “socador”, para o preparo de paçoca e para triturar outros alimentos do gênero.

Muitos outros itens ainda o esperam para contar um pouco mais sobre a história da cidade. A biblioteca fica na Rua Ipiranga, 105, no Centro. E aí, se arrisca a viajar no tempo?

Postado por Tiago Pinheiro, Conselho de Blogueiros

Hoje, nas bancas da cidade

27 de novembro de 2009 1

No + Canoas que circula hoje, encartado em Zero Hora e no Diário Gaúcho apenas na cidade, lerá sobre o projeto da RS-010, outra alternativa à BR-116, que prevê quatro pedágios. Também vai saber em que fase estão as obras da Corsan pela cidade. Além disso, saberá como fazer parte do Conselho de Blogueiros que abastece este blog.

Entre os personagens em destaque neste número estão o corredor Tauro Bonorino, Roberto Machemer, reempossado como presidente do Simecan, Victor Fuck, o Papai Noel do shopping, e a voluntária Nadja Costa, que ajuda os cães abandonados.

Para participar do jornal, com fotos e textos, escreva para canoas@zerohora.com.br

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

Idosos dão show na Ulbra

25 de novembro de 2009 2

Ontem à tarde, o grupo da Terceira Idade da Ulbra, Ulbrati, recepcionou outros grupos para o Terceiro Festival de Dança da Terceira Idade, que contou com mais de 350 participantes. Compareceram representantes da Universidade de Passo Fundo, Unisinos, Ulbra Gravataí. O evento ocorreu no prédio 11 do campus Canoas. Confira as fotos feitas pelo fotógrafo Edson Torres:

Foto: Edson Torres, Divulgação
Segundo a assessoria de imprensa da universidade, os idosos interpretaram coreografias elaboradas, dignas de grandes espetáculos. No repertório diversificado ficou evidenciada a fusão de gerações, com canções de Frank Sinatra, Daniela Mercury, Simone, Daniel, Carmem Miranda, Cláudia Leite, Sidney Magal, entre outros.


O programa Ulbrati existe há 16 anos, integrando pessoas da Terceira Idade na Ulbra. Nele, são desenvolvidas atividades culturais e esportivas. Uma das idealizadoras do programa, Marliza Froner Argenta, brinca que não existe espaço para a dor. “Aqui ninguém reclama, todos querem aproveitar cada uma das atividades que desenvolvemos. Procuramos sempre celebrar a vida e buscar mais qualidade para cada um dos integrantes”, declarou.


Quem tiver interesse em conhecer o trabalho da Ulbrati ou integrar o programa deve procurar a pró-reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, na sala 322 do prédio 14, no campus Canoas. O telefone de contato é 3477-9200, com Gisele.

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

Aprendizes de vereadores

24 de novembro de 2009 3

Estudantes eleitos passam por formação hoje. Foto: César Barbosa, PMCA, Divulgação

As cadeiras da Câmara de Vereadores foram tomadas de estudantes na manhã de hoje. Foi o início da formação dos estudantes eleitos nas escolas de Canoas para o projeto Parlamento Jovem. A iniciativa da Coordenadoria Municipal da Juventude promove entre as escolas da cidade uma simulação do processo legislativo e pretende despertar nos adolescentes o interesse pela política.
Trinta jovens foram selecionados. Cada instituição de ensino tem um vereador e um suplente. As eleições ocorreram na sexta-feira e ontem, com urnas eletrônicas.
Ao meio-dia, ocorreu um almoço de integração, em um restaurante no Centro. Agora à tarde, eles terão a sequência da formação e farão uma visita à Assembleia Legislativa na Capital. Após o lanche da tarde, retornarão à Câmara de Vereadores para o grande expediente.
Os vereadores selecionados:

E. E. E. M. Guarani (Partido dos Esportes)
Diego de Souza (vereador) e Thiarles Yan (suplente)
Colégio Marechal Rondon (Partido Cultura)
Diego Floriano da Rocha (vereador) e Luccas Bell dos Santos (suplente)
E. M. E. F. Guajuviras (Partido dos Esportes)
Graziela Garcias Toledo (vereador) e Naianne Marcelly Rodrigues Ferreira (suplente)
E. M. E. F. Thiago Würth (Partido da Juventude)
João Henrique Kray (vereador) e Katiane Braga (suplente)
Colégio Luterano Concórdia (Partido dos Esportes)
Bruna Sampaio (vereadora) e Roberto Júnior (suplente)
E. M. E. F. Farroupilha (Partido da Juventude)
Laleska Gonçalves (vereadora) e Meise Pureza (suplente)
Colégio Cristo Redentor (Partido dos Esportes)
Wathália de Oliveira (vereadora) e Alexandre Rodeghier (suplente)
Colégio La Salle Niterói (Partido dos Esportes)
Willian Araújo (vereador) e Amanda Pires (suplente)
Colégio Maria Auxiliadora (Partido dos Esportes)
Rafael Bittencourt (vereador) e Filipe Carioca (suplente)
E. M. E. F. Rio Grande do Sul (Partido dos Esportes)
Philip Aires (vereador) e Bray Willan Motta Pereira (suplente)
Escola Estadual de 1º Grau Guilherme de Almeida
Fernando (vereador) e Douglas (suplente)
Escola de 1º e 2º Graus Affonso Charlier
Gabriela Machado (vereador) e Emanuele Silva das Neves (suplente)

* Você é jovem e mora em Canoas? Que lei acha que os jovens vereadores poderiam propor e aprovar? Responda nos comentários.

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

A precariedade dos sanitários públicos

23 de novembro de 2009 2

Andando pelo centro da cidade, às vezes podemos deparar com a súbita vontade de atender às nossas necessidades fisiológicas. Afora em locais particulares, como shoppings e bares, que muitas vezes exigem que o cidadão “apertado” esteja consumindo no local, a prefeitura disponibiliza banheiros públicos na Praça da Matriz e na Praça Emancipação, os quais, a partir das 18h, não é mais possível utilizar devido à escuridão que reina no local. Nos finais de semana, os mesmos permanecem fechados. Estas fotos demonstram o estado de abandono que se encontra o banheiro na Praça Emancipação, bem em frente à sede do executivo municipal. Cabe salientar mesmo assim todo o esforço que é feito pelos zeladores dos locais para oferecer aos usuários as mínimas condições de uso dos sanitários.

Postado por Cauê Nascimento, Conselho de Blogueiros

Chuva dificulta trabalho da Defesa Civil

22 de novembro de 2009 0

Na prainha de Paquetá, cerca de 300 pessoas estão ilhadas. Foto: César Barbosa, PMCA, Divulgação

Cerca de 400 pessoas estão em situação de risco em Canoas por causa da chuva desta madrugada, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura. O mau tempo agravou os estragos em casas que haviam sido destelhadas no temporal de quinta-feira. Nas moradias de pelo menos 10 famílias do Guajuviras, o cenário é desolador. A água danificou tudo o que tinham. Colchões e roupas encharcadas, alimentos que necessitam de refrigeração sendo jogados fora por falta de energia são algumas das cenas observadas hoje. Em um prédio da morada cidadã, no bairro Fátima, a chuva invadiu os 16 apartamentos onde moram 69 pessoas.
A Defesa Civil de Canoas conseguiu até agora distribuir lonas e colocar telhas em 30 casas. 
- Não conseguimos colocar as telhas em todas as 70 casas que precisam de ajuda porque temos de esperar o tempo melhorar. Nesta segunda-feira, estão chegando mais mil telhas – explica Mauro Guedes coordenador da Defesa Civil na cidade.
Na prainha de Paquetá, cerca de 300 moradores estão ilhados há uma semana. O Rio dos Sinos está 2m80cm acima do nível. Por isso, não há condições de passar pela estrada de acesso para abastecer a região. Se a previsão de mais chuva se confirmar, a situação pode se agravar. As crianças da comunidade também não estão conseguindo frequentar a escola, devido à dificuldade de acesso do transporte público.
Mil e 900 pontos de Canoas ainda estão sem luz.

AJUDE
Quem quiser ajudar com colchões, materiais de construção, eletrodomésticos e roupas pode levar até o Corpo de Bombeiros de Canoas (Avenida Santos Ferreira, 965) ou ligar para a Defesa Civil: 9813-6677.

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

Rescaldos do mau tempo

20 de novembro de 2009 4

Na escola Carlos Drumond de Andrade queda de árvore levantou pavimento. Foto: César Barbosa, Divulgação

Enquanto equipes trabalham no rescaldo do mau tempo de ontem, a Defesa Civil de Canoas alerta para mais temporais até domingo. O coordenador do órgão no município, Mauro Guedes, pediu que as pessoas fiquem em casa durante esse período, mas, caso percebam ameaça de queda de árvores ou postes sobre suas residências, procurem abrigo com amigos ou parentes.
_ Até domingo devem ocorrer temporais. Há risco de vida, realmente _ afirmou Guedes.
Mais de cem árvores caíram ontem em Canoas, muitas delas de grande porte, como a que atravessou a Praça da Bandeira e as duas que atingiram três casas no Guajuviras, obrigando as famílias a deixar seus lares. Para piorar a agonia dessas pessoas, as três residências foram saqueadas durante a noite.

Dez famílias – em torno de 50 pessoas – estão desalojadas no município, conforme a Defesa Civil. O Rio dos Sinos está 1,6 metro acima do seu nível normal e deixou ilhadas mais ou menos 300 pessoas na Prainha de Paquetá. Ainda há postes e árvores ameaçando cair. Duas pessoas morreram por causa da tempestade.
O vento chegou a 99 km/h durante o temporal e causou o destelhamento de 70 casas. A chuva alcançou 32 milímetros, o equivalente ao volume de 15 dias. Duzentas pessoas, entre bombeiros, equipes da Defesa Civil e outros, trabalham para recuperar os estragos em Canoas.

Hospital retoma atividades

O Hospital Nossa Senhora das Graças retomou as atividades do centro cirúrgico hoje pela manhã. A ala foi destelhada ontem, e obrigou a casa de saúde a suspender procedimentos por medida de segurança à tarde e à noite. O setor funciona normalmente, com 20 cirurgias eletivas agendadas. O número pode chegar a 30 devido às urgências do dia. O conserto do telhado deve ser concluído ainda de manhã.

Transtorno nas escolas
Dez escolas municipais de Ensino Fundamental foram atingidas pelo temporal de ontem. O secretário de Educação, Paulo Ritter, visitou as instituições de ensino para avaliar os danos e atender as equipes diretivas. A maioria teve destelhamento e problemas com quedas de árvores e comprometimento da rede de energia elétrica. Entre as atingidas estão a Artur Jochins, a Jacob Longoni, a Max Oderich (foto ao lado), a Barão do Mauá,  Carlos Drumond de Andrade, Castelo Branco, João Paulo I, Guajuviras, Farroupilha e Gen. Neto.  

* Você registrou os estragos do temporal? Envie fotos para canoas@zerohora.com.br

* Que transtornos você está enfrentando em Canoas? Escreva nos comentários.

Posts relacionados:

Estragos do temporal

Hospital é destelhado

Mais fotos dos estragos

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

Ajude o Marley

20 de novembro de 2009 2

Tá vendo o cachorrinho da foto? Ele se chama Marley e tem apenas cinco meses. Não! Não é o Marley daquele livro, mas bem que poderia ser. Assim como no livro, este Marley pode mostrar, na prática, que o amor se manifesta de muitas maneiras e feitios.

Este Marley e mais outras dezenas de cães estarão no Brechó Pró-Cão. O evento acontece amanhã, dia 21, das 9h às 17h, no Parque Getúlio Vargas em Canoas. Se chover, será transferido.

O brechó é promovido e capitaneado por Nadja Costa, que conta com o apoio das amigas Berenice e Roselaine. Juntas, elas formam um grupo de voluntários independentes, que além de manter o amor pelos animais em comum, também atuam como professoras.
Nadja luta pelos direitos dos animais há sete anos. Na escola onde leciona não é diferente. Lá, ela realiza um trabalho educativo pelo bem-estar animal junto aos alunos. Atualmente, ela mantém mais de 40 cães que foram retirados do sofrimento e abandono das ruas, e hoje estão bem tratados, alimentados, castrados e vacinados. Para se ter uma noção de todo este trabalho, são gastos por mês em média 450 quilos de ração. Só neste ano foram quase 50 adoções documentadas com termos de responsabilidade.
“O Brechó Pró-Cão foi a alternativa que achei para pagar contas em clínicas, pets, hotéis, casas de passagem, pois não tenho abrigo próprio para esses animais”, afirma a professora Nadja.
Para o brechó, são aceitas doações de CDs, roupas, calçados e artigos de bazar em bom estado. Também são aceitas doações de ração para cães (adultos e filhotes) e vermífugos.
Para conhecer os animais que estarão esperando por um lar, basta acessar: www.nadjacosta.adoteja.com.br

Postado por Wender Zanon, Conselho de Blogueiros

Hoje, nas bancas da cidade

20 de novembro de 2009 0

No + Canoas que circula hoje, encartado em Zero Hora e no Diário Gaúcho apenas na cidade, lerá sobre os estragos causados pelos temporais na cidade. Também vai saber como funcionam as subprefeituras. Além disso, verá como está difícil dormir em alguns pontos da cidade em função do som alto de carros e clubes.
Entre os personagens em destaque neste número estão Jorge Cardoso, gerente da Acadef, e Pedro Antunes, bailarino canoense que integra um espetáculo no Natal Luz de Gramado.
Para participar do jornal, com fotos e textos, escreva para canoas@zerohora.com.br

 

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

Mais fotos dos estragos

19 de novembro de 2009 8

Confira mais imagens dos estragos no bairro Niterói:

Árvore caída interrompe a Rua Bagé. Fotos: Diego Dias, Conselho de Blogueiros

Fios, poste e árvores interrompem a Rua Capistrano de Abreu.

Árvore caída na Rua Dom Feliciano

Postado por Diego Dias, Conselho de Blogueiros

Hospital é destelhado

19 de novembro de 2009 0

Telhas do Nossa Senhora das Graças se soltaram/Michele Jahnecke, Divulgação

A ala clínica cirúrgica do Hospital Nossa Senhora das Graças foi parcialmente destelhada. Com isso, os pacientes, que se recuperam de cirurgias, estão sendo transferidos. Eles estão sendo encaminhados à clínica médica e ao centro obstétrico.
Os partos, segundo a Secretaria de Saúde, estão temporariamente suspensos até segunda-feira. As gestantes devem procurar o Hospital Universitário da Ulbra durante este período.

 

Posts relacionados

> Estragos do temporal em Canoas

> Danos causados pelo Estado

 

Lona foi colocada sobre a estrutura – Foto: Michele Jahnecke, Divulgação

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

Estragos do temporal

19 de novembro de 2009 0

Árvore tombou na Rua Bagé, bairro Niterói/Diego Dias, Conselho de Blogueiros

Além de destelhar casas e provocar estragos, o temporal de hoje deixou a cidade sem luz nem água. O mau tempo deixou a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) sem energia elétrica. O problema afetou a área de captação de água bruta do Arroio das Garças, estação de Tratamento de água de Niterói. Conforme a AES Sul, não há previsão de retorno da energia, o que impossibilita a normalização do abastecimento. Diego Dias, integrante do Conselho de Blogueiros do +Canoas, enviou a foto acima: uma árvore caiu na Rua Bagé, no bairro Niterói.  

 

Confira os pontos da cidade em que há transtornos:


Árvores sobre a via:

Você fez fotos dos estragos do tempo em Canoas? Mande, com seu nome completo e telefone, para canoas@zerohora.com.br

A sua rua teve estragos? Relate nos comentários.

 

- Sezefredo Azambuja Viera, próximo a Rotatória Açucena.
- Santos Ferreira, esquina Dr. Selbach.
- Araguaia, frente aos N°s 840 e 1200.
- XV de Janeiro, Nº 88.
- Santos Ferreira, em frente ao cemitério Chacara Barreto.
- Santos Ferreira Esquina Nei Brito.
- Farroupilha esquina Santa terezinha.
- Conde de Porto Alegre esquina Almirante Barroso.
- Coronel vicente, N° 80.
- Tamoio, esquina Bage.
- Pandiá Calógeras, N° 1.645.
- Quadra X, S/N, em frente à Escola Carlos Drumond Andrade.
- Dr Barcelos, esquina Domingos Martins.
- Santa Cruz esquina Farroupilha.
- Tamoio esquina Alegrete.
- Tamoio esquina Auguto Severo.
- Alegrete, ao lado da Praça Dona Mocinha.
- Celso Fidélis Jardim, N° 177.
- Mem de Sá, esquina Tamoio.
- Inconfidência, em frente ao Tênis Clube.

Postes e fios caídos na via:

 - Dr. Barcelos esquina Florianópolis.
 - Farroupilha esquina Santa Terezinha.
 - Coronel Vicente esquina Brasil.
 - Mathias Velho esquina Guilherme Shell.
 - Mathias Velho N °564.
 - Nazaré S/N.
 - Itapeva (entre Berto Cirio e Teófilo Otoni).
 - Celso Fidélis Jardim, N° 177.
- Ana Nery esquina Guilherme Schell

Semáforos desligados por pane ou queda de energia elétrica:

- Boqueirão X Getúlio Vargas
- Inconfidência X Getúlio Vargas
- São Pedro  X Santos Fereirra
- Santos Ferreira X General Salustiano
- Farroupilha X Tobias Barreto
- Rua Um X Dr. Barcelos
- Santos Dumont x Tamoio
- Tamoio x Júlio de Castilhos
- Tamoio x Augusto Severo
- Lajeado x Júlio de Castilhos
- Venâncio Aires x Júlio de Castilhos

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH

Como deixar de ser dormitório

18 de novembro de 2009 7

Ontem recebemos um e-mail da leitora Minela Degaspari Bianchi, que descobriu o + Canoas pela internet. Ela vive atualmente em Santo André (SP) e está prestes a se mudar para Canoas. Com a autorização da Minela, reproduzo o texto enviado aqui no blog, que acredito contribuir para o debate sobre o rótulo “cidade dormitório”:

“Caros editores,
Estou me mudando de São Paulo para o Rio Grande do Sul e fiquei contente em ver que Canoas, cidade onde irei residir, tem voz. Alguns comentários:
Tadeu Nascimento / Divulgação

- Sempre morei em Santos (foto ao lado), principal cidade do litoral paulista e por isso muito bem representada na mídia. Estava acostumada a ver a população ser ouvida e os governantes terem seus atos analisados pormenormente. Isso faz com que os políticos tenham medo da população e não o contrário. A cidade ficou fantástica.

- Há cinco anos, me mudei para Santo André, que fica na Grande São Paulo. Ficamos na sombra da cidade de São Paulo, coisa que notei que acontece com Canoas. Fica na sombra de Porto Alegre. No jornal, o assunto é a Capital. Aqui em Santo André noto que os políticos fazem o que querem. Ninguém sabe, ninguém vê. O diário da região não faz muita diferença, também fica falando da Capital. Por isso, fiquei contente em ver que Zero Hora olha para Canoas.

- A cidade assume o título de “dormitório” quando fica perto demais da Capital, como é o caso de Santo André. O que acontece: as pessoas preferem andar 15 minutos de carro até São Paulo, pois as “baladas”, teatros e afins são bem estruturados. Tudo que abre por aqui, fecha. Não tem frequência. O nível de exigência da população é grande porque tem como referência o comércio de lá. Santos não se intimidou com a proximidade que também tem em relação a São Paulo e tem vida própria. Mas graças ao trabalho dos governantes, aliado à iniciativa privada que investiu na região.

Não sei se são comentários pertinentes, mas quis dividir com vocês e parabenizar pelo olhar direcionado à cidade que nos receberá em breve e que está me encantando.

PS: Notei que a cidade quase não possui padarias. Aqui tem uma em cada esquina, para o conforto do café da manhã e o lanche da tarde… Como o canoense faz? Faz o pãozinho em casa? Sério, fiquei curiosa!”

Minela Degaspari Bianchi, administradora de empresas

Postado por Clarissa Ciarelli, Redação ZH