Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 13 abril 2010

Mais policiais para o 15ºBPM

13 de abril de 2010 0

Quem passou hoje pelo Centro de Canoas, entre 9h e 10h, parou para olhar a solenidade da Brigada Militar. Nunca se viu tanto policial no Calçadão. Eles integram o efetivo de 166 novos soldados do 15º Batalhão de Polícia Militar que estarão nas ruas a partir do dia 24 deste mês.

Segundo o comandante do 15ºBPM, major Gérson Gomes, o objetivo do evento foi apresentar a guarnição para a população canoense. Gomes informou que desse total, entre 10 e 15 irão para a cidade de Nova Santa Rita e os demais atuarão em Canoas. Desde dezembro, os soldados estão em estágio operacional.

Depois da solenidade, eles se dividiram entre as estações da Trensurb e postos da BM. Parte integrou as equipes que farão, nesta terça-feira, barreiras nas principais vias como Boqueirão, Venâncio Aires, Santos Ferreira e Rio Grande do Sul.

Durante o evento, o major apresentou um relatório que apontou queda nos índices de criminalidade, comparando o primeiro trimestre de 2010 com o mesmo período do ano passado. Gomes afirma que foi registrado um aumento de 78% nas ocorrências de prisões em flagrante. Destaca ainda que em abril de 2009 ocorreram 16 homicídios e neste mês apenas dois.

 Reduções

Furto de veículos – 24%

Roubo de veículos – 30%

Roubo a pedestre – 20%

Roubo a ônibus – 57%

Roubo a estabelecimentos comerciais – 60%

Homicídios – 13%

Texto e fotos Sabrina Corrêa

Teatro de sombras no La Salle

13 de abril de 2010 0

Relato da professora Rafaela Silva

“A gurizada das 7ª séries do Colégio La Salle Niterói trabalhou neste trimestre com teatro de sombras. Organizaram grupos, criaram cenários e personagens e adaptaram suas histórias em pequenas peças. Começamos a atividade com a lenda do teatro de sombras que diz:

‘No ano 121, o imperador Wu Ti, da dinastia Han, desesperado com a morte de sua bailarina favorita, teria ordenado ao mago da corte que a trouxesse de volta do Reino das Sombras. Se não a trouxesse, ele seria decapitado.O mago usou a sua imaginação e, com uma pele de peixe macia e transparente, confeccionou a silhueta de uma bailarina. Depois, ordenou que, no jardim do palácio, fosse armada uma cortina branca contra a luz do sol, de modo que deixasse transparecer a luz. No dia da apresentação ao imperador e sua corte, o mago fez surgir, ao som de uma flauta, a sombra de uma bailarina movimentando-se com leveza e graciosidade.’

Após a pequena história, passamos por etapas de desenhos para criação do cenário. Ampliamos o desenho no tecido e partimos pra criação do roteiro que poderia ser uma história inventada por eles ou adaptada a alguma já existente.

Logo produzimos os personagens e objetos do cenário. Uma aula antes da apresentação foi dia de ensaio e correção de erros. Testamos a luz e como funcionava cada personagem.

Essa atividade encanta pela questão lúdica e facilita a expressão cênica, pois não expõe diretamente o aluno.”