Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de janeiro 2011

20 mil moradores sem água

31 de janeiro de 2011 0


Os bairros Igara I, II e III, São Luiz (parte alta), São José, Universitário, Morada das Acácias e Ozanan ficarão sem água nesta terça-feira, 1º de fevereiro, das 13h às 20h. A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) realizará interligações de redes de água e, para isso, precisa interromper o abastecimento  nessas regiões.
Aproximadamente 20 mil moradores serão atingidos. O sistema deve voltar a atuar em sua normalidade durante a madrugada de quarta-feira. Em caso de chuva, o serviço será transferido para outra data.



Hoje nas bancas

28 de janeiro de 2011 0

Confira nesta sexta-feira onde ficam as áreas de risco conhecidas pela Defesa Civil de Canoas. Embora a cidade não tenha morros e não sofra com deslizamentos como os ocorridos na região serrana do Rio de Janeiro, pelo menos três situações preocupam o órgão: moradias próximo a valas, a torres de transmissão de energia e perto dos trilhos de trem.

Na seção + Ensino, a garotada pode conferir como faz para participar de concurso cultural que ajudará a escritora canoense Neida Rocha a escolher um personagem para seu próximo livro. O autor da ideia escolhida ganhará um computador.

Leia também sobre o Núcleo de Justiça Comunitária Guajuviras, no qual atua um grupo de moradores do bairro como mediadores de conflitos. Eles oferecem orientações jurídicas, sociais e psicológicas, além de mediação de conflitos. A ideia é fazer com que casos de brigas entres vizinhos não tomem proporções maiores.

O + Canoas circula encartado em edições do Diário Gaúcho e Zero Hora que circulam no município.

Quer participar enviando fotos, textos, reclamações sobre o que ocorre na cidade? Escreva para canoas@zerohora.com.br

Hoje nas bancas

21 de janeiro de 2011 0

A reportagem de capa da edição desta semana conta como funcionam as audiências públicas com o prefeito Jairo Jorge, serviço oferecido pela prefeitura desde o início dessa gestão, em janeiro de 2009. Nesta semana, chegou-se a 1,5 mil atendimentos, quando o prefeito ouviu Darci da Silva, 58 anos, catador de material reciclável em busca de uma moradia maior.

Problemas de rachas relatados por leitor que mora na Rua Erico Verissimo, além de buracos na Rua Curitiba, são os assuntos tratados na seção Voz das Ruas. Confira o que a prefeitura e o Dnit dizem sobre os casos.

Na seção perfil, o presidente da Associação Canoense de Escritores (ACE), Etevaldo Silveira, fala em entrevista sobre sua relação com a cidade. Para completar, a página da seção Em Foco traz fotos de dois momentos do viaduto de acesso à rodovia Tabaí-Canoas, além de foto de mais uma rua para que os leitores tentem adivinhar qual é.

O + Canoas circula encartado em edições do Diário Gaúcho e da Zero Hora no município. Quer colaborar com algum texto, fotos de mascote ou reclamações sobre problemas na cidade? Entre em contato com a Redação escrevendo para canoas@zerohora.com.br

Trinta anos de bola no parque

19 de janeiro de 2011 0

Mário Amaral Teixeira, Conselho de Blogueiros

O parque Getúlio Vargas (Capão do Corvo) recém havia inaugurado quando um grupo de amigos resolveu se reunir para um “joguinho de bola” nas manhãs de domingo. Formado por pessoas de diversas idades e ocupações, o grupo tem como objetivo principal promover o esporte e integrar a amizade dos participantes.

O comerciante César Ribeiro da Silva, apontado pelos colegas como o presidente do grupo, me apresentou algumas curiosidades ocorridas ao longo destes anos:- Jogamos todas as manhãs de domingo e em feriados. Faça chuva ou faça sol. Somente quando a chuva é muito forte é que transferimos para uma quadra de esportes próxima daqui. Atualmente, o grupo é formado por 30 pessoas. Eles vão chegando e formando os times.Ocorrem alguns torneios ao longo do ano, como Copa Dia dos Pais, Copa Dia das Mães e até “Libertadores do Capão”.

César diz ter uma caderneta de estatísticas das partidas. Nela são anotadas o número de gols, as escalações dos times e a quantidade de jogos disputados no ano. É ele também o responsável em trazer a bola e colocar as redes nas goleiras.
- É muito bom o convívio com esta turma. Tem gente que se desloca do Litoral e até de Florianópolis, para jogar. Gostamos de promover confraternizações e festas de finais de ano – afirma César.
- Uma das particularidades do grupo é que todos os que ingressam na turma ganham apelidos. Tem que aceitar a brincadeira – comentou Íbis, um dos mais antigos integrantes.
Perguntados sobre alguns acontecimentos pitorescos ao longo destes anos, todos foram unânimes em apontar uma história:
- Há alguns anos, havia um urubu que pousava sobre a tela para assistir os jogos. Era só a bola rolar que ele aparecia – comentou Íbis.

Para finalizar, o simpático César solicitou a publicação da média de público que assiste aos jogos desta turma:
- Temos sempre de três a seis espectadores.
Realmente um grupo que demonstra o verdadeiro valor das amizades.

Hoje nas bancas

14 de janeiro de 2011 0

Confira na edição desta sexta-feira, o trabalho dobrado que teve o Conselho Tutela em 2010 para averiguar casos de alunos faltosos na rede pública de Canoas.

Em teste feito pela reportagem ao lado de um deficiente visual e dois cadeirantes, veja quais os principais obstáculos na rotina dessas pessoas ao pegar ônibus, deslocar-se por calçadas e entrar em estabelecimentos.

Na seção + Esporte, o 1º secretário do Sport Club Oriente conta um pouco da história do time de Canoas que completou 79 anos em janeiro.

O + Canoas circula encartado nas edições de Zero Hora e Diário Gaúcho no município.

Quer colaborar com algum texto, fotos de mascote ou reclamações sobre problemas na cidade? Entre em contato com a Redação escrevendo para canoas@zerohora.com.br

Forró canoense

08 de janeiro de 2011 0

Mário Amaral Teixeira, Conselho de Blogueiros

Em Canoas há uma diversidade musical de grande qualidade. Dessa diversidade, há dois anos surgiu o Grupo Gang do Arrastapé. Formado por músicos que atuaram em grupos de expressão como Fama, Made in Brazil, Doctor Le (banda de Reagge), a Gang vem trilhando um caminho de sucesso. Os integrantes são na maioria canoenses. Como o tecladista e um dos donos da banda Marcos Thel, com quem conversei.
Ele disse: “A Gang do Arrastapé é formada por músicos experientes. Quase todos com mais de 10 anos de música.  Tínhamos a banda de Reggae Doctor Le. Tocamos por vários anos. Até que um dia, durante uma gravação em nosso estúdio, decidimos que queríamos produzir algo mais popular. Aí passamos a tocar forró e tchê music”.
A decisão foi acertada. A Gang do Arrastapé tem dois discos gravados, fã-clube e agenda cheia. O primeiro CD, intitulado “A Gang Chegou”, teve a faixa “Estressadinha” tocada nas rádios. Já o no CD “Batidão gaúcho” tem a “Deixe-me” como carro-chefe.
A banda afirma que é muito legal ter o trabalho reconhecido: “Saber que o nosso som está fazendo muito sucesso no interior do Estado. Sobretudo em Jaguarão e Rio Grande. Procuramos ter uma identidade própria. Mesmo quando tocamos covers. E valorizamos muito as composições próprias”.
As músicas do grupo são quase todas de autoria de Leandro Luiggi, que é baixista. Quer conhecer mais sobre o trabalho desses canoenses tocadores de forró? Então acessem o site www.gangdoarrastape.com.br


Hoje nas bancas

07 de janeiro de 2011 0

Na edição desta sexta-feira, confira o perfil das vítimas de homicídio e um levantamento sobre os números desse tipo de crime em levantamento feito pelo Observatório de Segurança Pública de Canoas. A polícia diz que deve reforçar ações no primeiro trimestre de 2011, já que, tanto em 2009 quanto em 2010, as mortes ocorreram mais nesse período.
Acompanhe também entrevista com Sonia Beatriz Bagatini, psicóloga que atua e ajudou no projeto de fundação da ONG SOS Casas de Acolhida, que tem unidade em Canoas. Sonia é também moradora do bairro Nossa Senhora das Graças e responde sobre sua relação com a cidade.
Leia também quem acertou a rua da seção Em Foco da semana passada e arrisque um palpite sobre a via retratada nesta semana, escrevendo para canoas@zerohora.com.br
O + Canoas circula hoje encartado em Zero Hora e no Diário Gaúcho, em edições da cidade.

Bazar em prol de cães abandonados neste sábado

06 de janeiro de 2011 1


A moradora de Canoas Nadja Costa, protetora voluntária de cachorros, promove neste sábado um brechó beneficente para ajudar os cães de rua que já resgatou. Ela tem, atualmente, 50 cachorros, todos castrados e vacinados, esperando por um lar.

Nadja não pode resgatar mais nenhum, mas precisa de ajuda para sustentá-los até a adoção, por isso a ideia do brechó, que ocorrerá das 9h às 17h, na Praça Dona Mocinha, no bairro Niterói. Na oportunidade, também serão aceitas doações de rações para os cães cuidados por ela. Em exposição no local, haverá um painel com fotos de cachorros que podem ser adotados.
Está interessado em ter um mascote? Quem sabe essa não é a chance de encontrar um?