Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de novembro 2012

Hoje nas bancas

30 de novembro de 2012 0

O Orçamento Participativo é a forma de a população indicar onde será investido parte dos recursos da prefeitura. Além da primeira etapa, que deu R$ 500 mil para cada microrregião, e da segunda, que dará a mesma verba para um segundo projeto, os canoenses poderão escolher a obra da cidade. A ela será destinado até R$ 1 milhão. Seis projetos concorrem. Quais são eles você confere nesta edição do Mais Canoas.

O caderno mostra também uma receita de croissant recheado com filé e queijos. A delícia é uma dica da Croasonho, empresa que inaugura a primeira filial na cidade na próxima semana, no Canoas Shopping. Nesta edição, você também conhece alguns nomes contratados e especulados pelo Canoas SC para a disputa do Gauchão 2013. A preparação começa no início de dezembro.

A notícia ruim fica por conta do ensino público. Metade das escolas de Canoas ranqueadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão abaixo da média geral nacional e somente uma está entre as 100 melhores do Estado. Saiba como foi cada uma e o que especialistas pensam sobre esta condição da educação no município.

Na seção Em Foco, saiba onde fica a réplica de um castelo medieval em Canoas. Sim, um morador construiu a própria residência inspirado na arquitetura da Idade Média. Sugestões como esta surgem pelo leitor. Contribua enviando um e-mail para canoas@zerohora.com.br e sugerindo pautas, mandando fotos de animais de estimação ou uma foto de alguma cena interessante que você observar na cidade.

Primeira rodada define 15 obras microrregionais do Orçamento Participativo

30 de novembro de 2012 0

Na última semana, encerrou a primeira rodada do Orçamento Participativo. A obra mais votada em cada microrregião receberá um investimento de R$ 500 mil. As cinco finalistas de cada região serão votadas na segunda etapa, em março, junto à obra da cidade.

Confira quais são as obras eleitas na primeira rodada em cada microrregião:

Rio Branco: asfaltamento das travessas Silva, Salvador, Bueno, 28 de Junho, Flor de Oliveira, 9 de Abril, 28 de Março, Nossa Senhora dos Navegantes, Tiradentes, São Jorge, Edvino Wagner e Princesa Isabel

Fátima: regularização fundiária na Bartolomeu de Gusmão

Mato Grande: asfaltamento da Rua Maria Isabel

Niterói: cobertura da quadra de esportes da escola Santos Dumont

João de Barro: construção de Unidade Básica de Saúde

Nossa Senhora das Graças: instalação de quatro kits de videomonitoramento na região das ruas Tamoio, Santa Terezinha, Gomes Andrade, Venâncio Aires, Expedicionário, Monte Castelo e Dr. Selbach

Estância Velha: reconstrução e ampliação da escola Ildo Meneghetti

Guajuviras: asfaltamento da Rua Barbosa Lima Sobrinho

São Vicente: asfaltamento das ruas Sezefredo Azambuja Vieira e B1

Igara: construção de sala de aula, refeitório, cozinha e cobertura da quadra de esporte na escola Castelo Branco

Getúlio Vargas: asfalto nas ruas dos Colonos, dos Operários e Santa Rita, e trecho das ruas União e Beco

Mathias Velho e São Luiz: instalação de quatro kits de câmeras de monitoramento nas ruas Curitiba, São Paulo, Pelotas, Aracaju e Belo Horizonte

Santo Operário: asfaltamento das ruas Beira Campo, Da Cruz, João Paulo I, Nossa Senhora da Luz e Índio Sepé

Mathias Velho e União dos Operários: asfaltamento da Rua 18 de Novembro

Harmonia: cobertura da quadra de esportes da escola Rio de Janeiro

Risco para pedestres na Napoleão Laureano

29 de novembro de 2012 0

Por Mário Amaral Teixeira, Conselho de Blogueiros

Os moradores da Rua Napoleão Laureano, no centro de Canoas, vêm enfrentando um sério problema desde a alteração de trânsito sofrida recentemente no local. A via, que há pouco mais de um ano era de um movimento razoável de veículos, passou a receber um volume intenso quase que incompatível com a sua capacidade.

A rua, que é estritamente residencial, passou a fazer a ligação entre a BR-116 e o Canoas Shopping, ou seja, ligando um quadrante da cidade ao outro. Uma quantidade expressiva de automóveis e motocicletas andam em alta velocidade, colocando em risco a integridade física dos moradores e transeuntes. A infraestrutura do local precisaria passar por alterações antes que fossem postas em prática tais mudanças. Sequer a colocação de placas de sinalização ocorreu. Como resultado, tivemos um acidente no cruzamento com a Rua Caramuru, recentemente. Algo inédito em outros tempos.

Aliás, o mesmo problema recai sobre tal rua. O fato resultou em um abaixo-assinado promovido pelos moradores visando à instalação de redutores de velocidade. E ainda há o problema de a calçada ter sido reduzida e obstruída na Rua Napoleão Laureano. Os pedestres acabam arriscando-se muitas vezes em meio aos veículos. Seria interessante que a prefeitura revisse estas alterações e tomasse providências.

CONTRAPONTO

O que diz a Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade, por meio de sua assessoria de imprensa:

Está previsto para 2013 a implantação de mão única na Rua Caramuru e sistema binário – sentidos intercalados – nas ruas transversais. Verificaremos o bloqueio da calçada e a sinalização. Também há estudos para incluir a área na ampliação da área azul, a fim de evitar acúmulo de veículos estacionados.

Boneco Juca: eterna criança de oito anos

28 de novembro de 2012 0


Por Cauê Nascimento, Conselho de Blogueiros

Um personagem dos mais conhecidos de Canoas tem seus eternos oito anos. Trata-se do Juca, que toma vida pelas mãos das professoras Sonia Petry e Maristela Bongiorni.

É preciso criar maneiras para ativar o imaginário infantil. Para isso, o Juca surgiu como boneco fantoche de luvas, transformando-se no mascote da Hora do Conto da Biblioteca Pública Municipal João Palma da Silva, desde 1998. Em 1º de abril de 2013, Juca estará debutando, declara a professora Maristela.

O Boneco Juca realiza um trabalho itinerante com a finalidade de disseminar tanto a literatura infanto-juvenil como o nosso folclore. Ele se apresenta em feiras de livros, visita escolas das redes pública e privada, além de atuar em alas pediátricas hospitalares  por meio da ação Onde o Dodói não Dói.

Para enfatizar o seu carinho e o respeito pelos livros, resolveu-se lançar as Aventuras do Boneco Juca, obra organizada em três volumes até o presente momento. O boneco conta A História de João Palma da Silva – patrono da Biblioteca Pública, primeiro volume, O Doutor da Alegria na Ala Pediátrica do Hospital Nossa Senhora das Graças, no segundo, e A História da Chama Crioula, no terceiro. Neste último, muitas vezes, para contá-la, Juca pilcha-se como na foto que ilustra este post.

De virada e com força do grupo, Móveis Kappesberg/Canoas vence a primeira na Superliga

25 de novembro de 2012 0

A expressão “foi uma vitória do grupo todo” é um dos clichês mais usados no esporte. Porém, na estreia da Móveis Kappesberg/Canoas, neste sábado, pela Superliga da Vôlei, não há forma melhor de resumir a partida. Com o revezamento de todos os atletas em quadra, a equipe do técnico Paulão derrotou o Super Imperatriz de virada por 3 a 1 (15/25, 25/21, 25/21 e 25/19).

O Canoas começou a partida errando muito na recepção e no bloqueio. O nervosismo deixou que os catarinenses tomassem conta do primeiro set e fechassem com 10 pontos à frente no placar.

– Como treinador, nunca havia passado por essa experiência. Foi difícil controlar a ansiedade. Talvez por isso não fizemos um bom começo de jogo, deixamos a equipe deles crescer no primeiro set – avaliou Paulão.

Com as entradas de Xanxa e, principalmente, Minuzzi, eleito melhor jogador da partida, o resto da equipe acordou. As jogas de meio começaram a funcionar e o Canoas abriu vantagem no marcador até fechar em 25 a 21. No terceiro set, o time manteve a postura e contou com erros do adversário. Dentinho, que fez um ponto após salvar um ace com o pé, deixou a quadra cansado para a entrada de Bozko. E o nível se manteve, tanto que o placar repetiu.

– Mostramos a todos do que esse time é capaz. Superação, capacidade de lidar com situações adversas e vontade de vencer, isso tudo foi visto por quem veio hoje nos apoiar. E é isso que eles podem esperar de nós no restante da temporada – garantiu Minuzzi.

No terceiro, a experiência em quadra prevaleceu. Salsa (na foto atacando) foi o destaque no bloqueio, e até mesmo Gustavo, incentivado pela torcida, entrou no ritmo dos companheiros.

– Foi uma satisfação imensa ouvir o pessoal nos apoiando, gritando o nome de cada atleta em quadra. Não podíamos deixar essa torcida maravilhosa sem a vitória hoje. Temos tudo para seguir evoluindo – afirmou.

A torcida, aliás, foi um espetáculo à parte. Mesmo sem a tradição de ir ao ginásio – afinal, era a estreia da equipe na série A -, lotou as dependência do Poliesportivo La Salle. Torcedores se amontoavam nos corredores e muitos ficaram em pé, pressionando o Superimperatriz.

Agora, o Canoas terá de repetir a postura longe dela. Enfrenta, na próxima semana, dois adversário mineiros. Na quinta-feira, joga contra o atual campeão Cruzeiro, e, no dia 2 de dezembro, contra o Minas. Na rodada de abertura, o Cruzeiro derrotou os conterrâneos por 3 a 0.

Hoje nas bancas

16 de novembro de 2012 0

Após dois adiamentos, a coleta de lixo por contêineres está programada para iniciar em janeiro de 2013. O assunto foi levantado por leitores que compareceram ao Café Mais Canoas na sexta-feira passada e virou tema da capa desta edição do caderno. As razões do atraso e como irá funcionar o serviço são destaques do Mais Canoas.

Ainda sobre o evento, as páginas centrais reúnem os leitores e assinantes que compareceram ao Tomaselli Café, Padaria e Confeitaria. Se você esteve lá, pode conferir se sua foto está no caderno. A reivindicação do leitor Hermes David Ramos, morador do Centro, ganhou voz. Ele questiona a falta de espaço para a circulação de pedestres e ciclistas no viaduto da Avenida Guilherme Schell que liga o bairro ao Fátima. A prefeitura respondeu e já deu início a um estudo sobre a mobilidade no local.

Dois projetos de educação também são destaque. O primeiro fala da ação de dois professores que resolveram a questão do bullying e da dificuldade dos alunos em ler de uma vez só. A segunda levou a dança à sala de aula e ajudou a integrar estudantes de escolas municipais.

Se você conhece algum trabalho relevante ou algum vizinho que tenha uma história interessante para contar, entre em contato conosco pelo e-mail canoas@zerohora.com.br. Faça do caderno o reflexo de seus leitores.

Canoense é campeão estadual de kart em Passo Fundo

14 de novembro de 2012 1

Por Cauê Nascimento, Conselho de Blogueiros

Neste último final de semana aconteceu em Passo Fundo, no Kartódromo de Roselândia,  a última etapa do Campeonato Gaúcho de Kart de 2012, em suas diversas categorias.

Na Fireball Sprinter, tornou-se campeão gaúcho o piloto canoense Cleiton Zimmermann, 28 anos. Ele ficou em segundo lugar na primeira bateria,  e, na segunda, de forma brilhante, ultrapassou na reta dos boxes a dois adversários de uma só vez e manteve-se na frente até a bandeirada final.

FOTO: Confira quem já passou pelo Café Mais Canoas

09 de novembro de 2012 1

Educadores apresentam projeto que usa a literatura na luta contra o bullying

09 de novembro de 2012 0

Fazer com que os alunos se interessem pela leitura e, ao mesmo tempo, manter a ordem em sala de aula é um duplo desafio dos educadores. No caso dos professores Grazielli Fernandes, de português, e Oberdan Peres, de educação física, o cinema foi o aliado para isso.

Eles elaboraram um projeto intiutlado Estudo do gênero textual diário e reflexões sobre o bullying a partir dos filmes Diário de um Banana. O obetivo era levar alunos do 6º ano do Ensino Fundamental para assistir ao filme e, depois, discutir o bullying. Mas não apenas isso. Os debates se tornaram conteúdo de um diário elaborado de forma coletiva, envolvendo todos na produção dos textos.

- Não temos a pretensão de transformar o mundo, mas apenas de contribuir para a educação de nosso município – defendem os idealizadores.

O projeto foi apresentado na Semana Científica do Unilasalle (SEFIC), na qual ficou primeiro lugar na área de Letras, Linguística e Artes. A história, revelada no Café Mais Canoas, em breve ganhará as páginas do jornal. Aguardem!

Venha participar do Café Mais Canoas

09 de novembro de 2012 0

A Redação do Mais Canoas já está instalada na Tomaselli Padaria, Confeitaria e Cafeteria (Avenida Victor Barreto, 2.446, Canoas). Repórteres, editores e fotógrafo estão ouvindo histórias da cidade, conversando com moradores sobre problemas e qualidades do município e recebendo sugestões de reportagem. Tudo isso pode ser assunto do caderno ou figurar em uma das seções especiais da publicação.

Inspirado no já tradicional Café ZH que ocorre em diferentes bairros da Capital desde fevereiro de 2010, quando teve sua primeira edição no Moinhos de Vento, o evento Café Mais Canoas buscará aprofundar o vínculo com os leitores. Essa aproximação é considerada essencial para o hiperlocalismo, uma tendência mundial na imprensa.


PARTICIPE

O quê: Café Mais Canoas

Quando: hoje, das 14h às 18h

Onde: Tomaselli Padaria, Confeitaria e Cafeteria (Avenida Victor Barreto, 2.446, Canoas)


Coordenadora do caderno, Rossani Thomas conversa com morador | Foto: Emílio Pedroso


Associação de Moradores da Vila Ideal celebram 36 anos

09 de novembro de 2012 0

O jantar baile do chope de aniversário de 36 anos da Associação dos Moradores do Jardim Ideal será neste sábado, dia 10 de novembro, às 21h. A festa é na Rua Nazaré, 617, com o conjunto Cia Mega Brasil  e apresentação dos Ninjas do Samba e Bateria Show.

Ingressos limitados.

Hoje é dia de Café Mais Canoas

09 de novembro de 2012 1

Pessoal da Redação que faz o jornal Mais Canoas convida a comunidade, pela segunda vez, para uma tarde de bate-papo. Instalados com notebooks, blocos de anotações e máquinas fotográficas, jornalistas e fotógrafo estarão na Tomaselli Padaria, Confeitaria e Cafeteria, das 14h às 18h, para o segundo Café Mais Canoas.

A ideia é ouvir dos moradores histórias da cidade, conversar sobre os problemas e as qualidades do município e receber sugestões de reportagens dos leitores. Tudo isso pode ser assunto do caderno ou figurar em uma das seções especiais da publicação (veja abaixo).

Os melhores momentos da segunda edição do evento serão divulgados no Blog Mais Canoas, durante e depois do evento. Inspirado no já tradicional Café ZH que ocorre em diferentes bairros da Capital desde fevereiro de 2010, quando teve sua primeira edição no Moinhos de Vento, o evento Café Mais Canoas buscará aprofundar o vínculo com os leitores. Essa aproximação é considerada essencial para o hiperlocalismo, uma tendência mundial na imprensa.

PARTICIPE

O quê: Café Mais Canoas

Quando: hoje, das 14h às 18h

Onde: Tomaselli Padaria, Confeitaria e Cafeteria (Av. Victor Barreto, 2.446, Centro)

COMO PARTICIPAR

> Seu bairro sofre com problemas de trânsito, infraestrutura ou falta de serviços? Relate essas questões durante o encontro> Leve fotos de algo curioso, de uma paisagem interessante ou de algum problema da cidade que podem ser publicadas nas próximas edições do jornal

> Leve fotos do seu mascote para que ele apareça na seção dedicada aos bichinhos

> Uma história curiosa ou lembranças da vivência na cidade poderão ser publicadas na seção Eu e Canoas

> Se você conhece um canoense ou morador da cidade cuja história ou trabalho é interessante, indique-o para as seções O Nome ou Perfil

> Sugestões em educação ou de atividades esportivas podem ser mostradas nas seções Mais Ensino e Mais Esporte

> Festas comunitárias, iniciativas sociais ou um restaurante ou confeitaria também podem virar notícia no Mais Canoas

COMO FUNCIONA

> No local, jornalistas que produzem o jornal receberão sugestões de reportagem, textos e fotos dos moradores

> Haverá atualizações em tempo real no Blog Mais Canoas, do que acontece no evento, em www.zerohora.com/canoas

> Nas edições seguintes, além da publicação dos primeiros materiais entregues nesse dia, uma página mostrará fotos dos leitores que prestigiaram o encontro

Hoje nas bancas

09 de novembro de 2012 0

Além dos detalhes de como participar da segunda edição do Café Mais Canoas, que levará a equipe que faz o suplemento à Tomaselli Padaria, Confeitaria e Cafeteria para receber os leitores e ouvir sugestões de reportagens, você confere nesta edição:

> Mais Ensino: Professores, estudantes e integrantes da comunidade escolar estarão reunidos, em 22 de novembro, no 1º Seminário Diálogos entre Arte e Educação – Uma Ponte para a Mudança. A ideia é dividir experiências e integrar mais as atividades artísticas e culturais realizadas em cada escola.

> Voz das Ruas: leitora aponta parquímetro com problemas na Área Azul do Centro

> Mais Esporte: os dois alunos da rede pública municipal de Canoas que estão entre os gaúchos que participam, nesta sexta e sábado, do Meeting Interestadual de Judô. A disputa ocorre em Florianópolis (SC), envolvendo crianças de nove a 12 anos.

> Gastronomia: Até 18 de novembro, ocorre no Estado o Festival Bar em Bar, que traz aperitivos a R$ 10 em estabelecimentos de Porto Alegre, Canoas e Cachoeirinha. Na cidade, participa a Oca de Savóia, com o prato da pizza a xadrez. Confira a receita na seção de hoje e como funciona a campanha.

Erna Wurth, uma escola para ser respeitada

07 de novembro de 2012 0

Por Mário Amaral Teixeira, Conselho de Blogueiros

Transformar.

Esse é o principal objetivo da atual direção da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Erna Wurth, do bairro Guajuviras. Já quase um ano à frente da direção da escola, a diretora, Tamarisa Lopes, e a vice, Elaine Capellari, mostram-se empolgadas com o desafio.

- Buscamos transformar o espaço da escola em um laboratório de aprendizagem. Vivemos um momento de avanço tecnológico e de retrocesso na educação. Não há violência na escola, como muitos pensam haver. O que há é indisciplina. Queremos mostrar que a escola Erna Wurth não é um lugar comum ou escola de passagem para alunos problemáticos, como era entendido anteriormente – afirma a diretora.

Entre os projetos de transformação da escola citados por Tamarisa está a revitalização do espaço físico. A escola também luta por uma quadra coberta, já que, desde 2009, o ginásio anexo ao complexo CAIC que era utilizado pela escola passou a pertencer a Secretaria de Desporto que passou a desenvolver projetos paralelos.

- Apresentarmos condições adequadas de ensino é o principal. Resolvemos alguns problemas de elétrica com o Orçamento Participativo de 2009. Queremos que o nosso auditório seja um espaço exclusivamente cultural, retirando a visão de improviso que o local apresenta – acrescenta Tamarisa.

A vice, Elaine Capellari, salienta:

- Resgatamos com êxito vários alunos com histórico de evasão. Conseguimos isso valorizando a autoestima e trabalhando as- habilidades individuais. Propomos uma reconstrução pedagógica que necessita do empenho e propósito dos professores, alunos, pais e demais profissionais da escola.

Que a EMEF Erna Wurth possa colher logo os frutos deste belo trabalho. A instituição oferece também o projeto escola aberta à comunidade, aos sábados. Oficinas de artesanato, culinária, leitura, dança tradicionalista, horta, entre outras, são oferecidas. Informações pelo fone 3468-5551.

Polícia inocenta professora em caso de supostos maus-tratos a animais no Colégio Concórdia

06 de novembro de 2012 2

A delegada Sabrina Deffente conclui o inquérito sobre o caso de supostos maus-tratos a animais no Colégio Concórdia. Segundo ela, não há indícios para acusar a professora de Biologia que ministrava as aulas. No entanto, encaminhou o pedido de punições administrativas à instituição ao Foro de Canoas, que repassou ao Ministério Público.

De acordo com a delegada, a escola não tinha condições nem autorização para realizar este tipo de experimento. Confira o que disse Sabrina em entrevista à Rádio Gaúcha:

As informações são do blog Caso de Polícia. Confira a matéria completa do repórter Eduardo Paganella.