Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de maio 2013

Sucesso no aniversário da Admiradores

30 de maio de 2013 0

Por Mário Amaral Teixeira, do Conselho de Blogueiros

Mais uma vez o reencontro, o sucesso e a emoção. Assim foi o 4º aniversário do grupo de ex-alunos e admiradores do Colégio São Paulo, que ocorreu no dia 28 de abril. Uma comunidade fundada pela professora Lisete Fischer, que tem alcançado números inimagináveis desde sua fundação.

Quase 300 pessoas participaram do evento. E, neste ano, foi mais do que especial, pois aconteceu nas dependências da própria escola _ hoje administrada pela rede La Salle. Deu para ver nos olhos do público a saudade de cada canto da escola onde viveram muitos anos das suas vidas. Um momento ímpar com toda a certeza.

A emoção tomou conta desde o início dos festejos, que iniciou com a missa na Igreja São Paulo e que foi orada pelo Padre Verno, sacerdote há muitos anos da paróquia ainda administrada pelas Irmãs Servas de Maria Imaculada.

Reunir diferentes gerações em um espaço que significou muito para cada uma delas foi maravilhoso. Abraçar os ex-professores e colegas que não se viam por décadas, dançar, cantar ou simplesmente passear pelo pátio da escola onde, em outros tempos, corriam durante os recreios. Assim foi a festa.

Reviver os tempos áureos, quando eram promovidos bailes, jantares, formaturas, festas juninas e demais eventos, foi um momento único na vida de todos que lá estiveram. Agradecemos à professora Lisete, por ter criado a comunidade, à Tânia Mello, por todo o empenho na organização do evento, e aos demais integrantes que divulgam e promovem a Admiradores. Em 2014 tem mais.

Canoense é eleita a 2ª Prenda do Estado

27 de maio de 2013 0

Por Cauê Nascimento, do Conselho de Blogueiros

Santana do Livramento sediou, dos dias 16 a 19 de maio, a 43ª Ciranda Estadual de prendas. Foram 20 concorrentes na categoria adulta, 25 juvenis e 24 mirins, totalizando 69 candidatas para nove faixas. Canoas, como integrante da 12ª Região Tradicionalista, participou da disputa e ficou com o título de 2ª Prenda do Estado Mariana Santos Soares, de 21 anos.

O evento teve inicio com a prova escrita na sexta pela manhã e a mostra folclórica na parte da tarde. No sábado, foram realizadas as provas artística e oral, culminando na divulgação do resultado durante o fandango à noite.

Conheça um pouco mais sobre a vida da 2ª Prenda do Estado:

Cauê Nascimento _ Como tu iniciou no tradicionalismo?

Mariana Santos Soares _ Nasci e me criei nesta cidade. Sou estudante de Psicologia do Unilasalle, atuo como Agente de Leitura da Prefeitura Municipal de Canoas e represento o CTG Sentinela do Rio Grande, da Base Aérea de Canoas. Iniciei minha trajetória no tradicionalismo com quatro anos, quando meu tio, que pertencia ao piquete Velha Capital, de Viamão, convidou meus pais para serem seus padrinhos em um curso de fandango. Desde então, juntamente com minha família, comecei a participar de forma indireta do tradicionalismo, apenas frequentando fandangos e o Acampamento Farroupilha de Porto Alegre. Meu pai, que é militar, foi convidado por um colega de serviço para participar de um curso de fandango no Sentinela do Rio Grande, em 1997. Foi quando entrei de fato para o tradicionalismo, pois começamos a frequentar semanalmente esta entidade.

Cauê _ Quando começou a participar de concursos de prendas?

Mariana _ Em 1999 participei pela primeira vez de um concurso de prendas em minha entidade, onde conquistei minha primeira faixa, a de 1ª Prenda Mirim do CTG Sentinela do Rio Grande. A partir daí passei a acalentar o grande sonho de ser Prenda Estadual, o qual foi amadurecendo ao longo dos anos. No ano seguinte, como no CTG não existiam concorrentes na categoria mirim, fui convidada a representar a entidade por mais um ano.

Cauê _ E como foi posteriormente?

Mariana _ Em 2001 dei um importante passo em minha caminhada. Concorri na fase regional do Concurso de Prendas, que ainda não era denominado Ciranda Cultural de Prendas. Conquistei o título de 2ª Prenda Mirim da 12ª Região Tradicionalista. No ano seguinte concorri novamente na entidade. Intensifiquei mais minha preparação, participei de concursos de Mais Prendada em Rodeios e, em 2003, conquistei o tão sonhado título de 1ª Prenda Mirim e o passaporte para a tão sonhada fase estadual do concurso. Em 2004 meu sonho foi adiado, não consegui conquistar o título de Prenda Estadual. Digo adiado, pois sempre acreditei que um dia se realizaria este sonho independente do tempo que demorasse. Em 2005 passei para a categoria juvenil, concorri mais uma vez em minha entidade e, em 2006, na fase regional, conquistei o título de 1ª Prenda Juvenil. Mais uma vez concorri na fase estadual do concurso e não atingi meu objetivo.

Cauê _ Alguma vez pensou em desistir?

Mariana _ Confesso que nesse momento fraquejei, pensei em desistir, mas graças a Deus pessoas maravilhosas como meus amigos e meus pais me deram a energia necessária para seguir em frente. Em 2011, passei para uma nova fase: a categoria adulta. Sabia da responsabilidade que me esperava. Sonhava muito em ser 1ª Prenda, pois seria uma benção ser a primeira prenda na região a conquistar a primeira colocação nas três categorias. Deus me proporcionou a realização desse sonho em 2012, quando conquistei o título.

Cauê _ Muitas responsabilidades nesta fase?

Mariana _ Foi muito intensa essa gestão 2012/2013. Conciliar o estudo para a prova escrita, os projetos, eventos, realização do relatório, pesquisa da mostra e treinamento dos dotes artísticos com os compromissos de 1ª Prenda Regional não foi fácil. Mas graças a minha família maravilhosa, minha entidade, meus amigos, a AETC e uma Coordenadoria Regional engajada com meus objetivos, consegui cumprir todas as metas. Acredito ser esta a fórmula para a concretização de um sonho: pessoas ao nosso redor sonhando junto conosco. Só tenho que agradecer por ter entrado pessoas preciosas em meu caminho que com certeza foram essências para que tudo desse certo.

Homenagem aos catadores no Dia do Trabalhador

01 de maio de 2013 0

A exposição Profissão: CATADOR, em homenagem aos homens e mulheres que trabalham nas reciclagens de resíduos sólidos na cidade será lançada neste Dia do Trabalhador, 1º de maio, no Galpão 15 do Parque Esportivo Eduardo Gomes. As fotos são de Ireno Jardim, que captou diversos momentos do cotidiano destes trabalhadores, alguns dos quais atuam desde a década de 1970 no antigo aterro sanitário da Fazenda Guajuviras.

Além do lançamento, às 16h haverá uma roda de chimarrão com o irmão Antônio Cechim, que resgatará uma parte da história desses trabalhadores na cidade.