Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de dezembro 2013

Concurso premia jovens talentos

18 de dezembro de 2013 0

Crédito: Arquivo Pessoal

A associação Guajuviras Centro de Artes conta com a Biblioteca Comunitária Antônio José Giacomazzi e o Guajuviras Centro de Artes. Trata-se de um espaço cultural que oferece aulas de reforço escolar, empréstimo de livros, contação de histórias, oficinas de poesia, teclado, violão, desenho, teatro, canto vocal, hip hop, capoeira. Localizada na Avenida 17 de Abril, 783/sobreloja, no bairro Guajuviras, é coordenada pelo professor e escritor Henrique Martins de Freitas.

Há 10 anos, realiza o concurso literário Jovens Talentos, que é aberto à participação de alunos das redes municipal e estadual de ensino.

Nesta quarta-feira (18), ocorreu a premiação dos participantes desta edição nas categorias contos, poesia e desenho. E também foram agraciados com diplomas por sua contribuição à literatura a escritora Maria Luci Cardoso Leite e o blogueiro Cauê Nascimento, por ajudar na divulgação de artistas e escritores locais.

União homoafetiva em Parada Livre

04 de dezembro de 2013 0

Por Cauê Nascimento, do Conselho de Blogueiros

Foi realizada em 1º de dezembro, durante a 5ª Parada Livre de Canoas, a união homoafetiva de Angélica Stelmach e Tatiana Monteiro. Juntas há três anos, elas contam que resolveram realizar o casamento durante o evento por julgarem importante quebrar tabus. Angélica, que usou vestido de noiva, destaca que o mais importante em qualquer relacionamento é o companheirismo e o respeito.

Crédito: Cauê Nascimento/Arquivo Pessoal

A cerimônia foi celebrada pelo advogado Jorge Teodomiro Martins Moreira Filho, que fez a leitura da ata de inscrição do processo de casamento no Registro civil, conforme a norma 175 do Conselho Nacional de Justiça.

Ao que se tem notícias, este foi o primeiro casamento realizado durante uma Parada Livre, no Brasil.

Negras palavras

04 de dezembro de 2013 0

Por Mário Amaral Teixeira, do Conselho de Blogueiros

O jornalista e escritor Oscar Henrique Cardoso lançará a coletânea Negras palavras no dia 11 de dezembro, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. A obra reúne poemas, contos, artigos e crônicas de 23 homens e mulheres negros gaúchos, com participação de intelectuais do eixo Rio-São Paulo.

Crédito: Arquivo Pessoal

Segundo o autor, a iniciativa partiu de um desejo de garantir a produção de um instrumento que valorizasse ainda mais a cultura e a literatura afro-brasileira, servindo de instrumento para a aplicação da Lei Federal 10.639, de 9 de janeiro de 2003. A lei determina a inclusão da história e da cultura afro-brasileira nos currículos escolares brasileiros. Também foi uma forma de oportunizar que outros homens e mulheres negros tenham a chance de viver a emoção de ingressar no mundo da literatura, autografando um livro.

— Digo que é uma emoção indescritível. Pude viver isso e defendo que nossa história e nossas palavras sejam contadas por nós mesmos — afirma o escritor de 42 anos, que tem outros três livros em seu currículo.

Oscar que também é radialista e apresentador de televisão. Já atuou em várias frentes, tais como: assessor federal em Brasília, junto à Fundação Cultural Palmares, órgão ligado ao Ministério da Cultura. Desde os 23 anos, atua no jornalismo, em rádio, televisão, jornais e internet.

Dono de uma simpatia única, Oscar mostra-se bastante empolgado com o momento que vive:

— Amo escrever. É uma forma de me libertar, libertar de espaços. É também um meio de falar de mazelas sociais e de poesias. Pois tudo se funde no universo das palavras, as quais sempre digo, são palavras vivas.

Oscar nasceu em Porto Alegre, mas vive em Canoas, no bairro Cinco Colônias, há seis anos.

Vale a pena prestigiar este talentoso artista.