Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de abril 2009

O céu é o limite

30 de abril de 2009 1

Charles (à esquerda), Pirão, Chiquinho, Samuel Linhares (presidente da Federação de Vela de SC), Ricardo e Ramiro/Diego Redel

Até onde vai a capacidade de superação do ser humano? Limitações físicas são obstáculos intransponíveis ou um estímulo para quebrar barreiras? Perguntas que, muitas vezes, não têm uma resposta exata, mas que quase sempre são respondidas com muita energia pelas pessoas portadoras de deficiência.

Dias atrás conheci uma turma que não mede esforços para buscar um objetivo, atingir um sonho. São os integrantes da equipe de vela adaptada da Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos (Aflodef). Eles começaram a praticar o esporte no início deste ano, orientados pelo professor Eduardo Pires, o Pirão.

Mesmo sem ter um barco ideal para treinar, o grupo formado por quatro velejadores se dedicou ao esporte e, como recompensa, participou do Campeonato Brasileiro de Vela Paraolímpica, em São Paulo, na semana passada.

Charles Teixeira, 33 anos, Hudson Pires, 41, Ricardo Emanuel, 45, e Ramiro Franchini, 40, são exemplos a serem seguidos em qualquer modalidade e situação da vida. Cada um deles possui um tipo de deficiência. Mas isso não os impede de lutar e seguir atrás dos seus sonhos.

Sim, eles são portadores de deficiência, mas não deixam de fazer o que todo mundo faz.

Hudson, mais conhecido como Chiquinho, tem deformidade na coluna vertebral e escoriose acentuada. Mesmo assim, ele veleja há 30 anos e compete em condições de igualdade com atletas considerados “normais”, ganhando títulos, inclusive.

Ricardo não tem a perna esquerda. Sofreu um atropelamento quando tinha 16 anos, o que provocou uma desarticulação coxofemural. O acidente não fez Ricardo desistir da vida. Ele adora praticar esportes, entre os quais remo, caiaque, ciclismo e, agora, vela adaptada.

Ramiro tem sequela da poliomelite, que limita a sua locomoção desde os três meses de vida. Também já praticou remo e basquete. É o maior incentivador do projeto de vela da Aflodef.

Charles, o quarto integrante da equipe, sofreu amputação transtibial de um terço da perna direita após um acidente de moto há quatro anos. E usou o esporte para se reerguer na vida.

Todos eles são unânimes em dizer que a atividade física é uma forma de inclusão social, de fazê-los acreditar que é possível superar obstáculos, mesmo que aparentemente eles não sejam. O que eles nos mostram é que devemos buscar sempre a essência da vida, do querer algo mais.

Por que nada que fazemos hoje será em vão. É bom pararmos para pensar um pouco mais e reclamar um pouco menos naquilo que fazemos e dizemos aos quatro cantos. Para ser feliz, gestos simples são suficientes.  

Postado por Jean Balbinotti, Florianópolis

As estrelas dão show

30 de abril de 2009 0

Neymara é uma das estrelas da etapa baiana/Leon Junior, Divulgação

Como era de se esperar, o Cobra D`Agua Bodyboarding Show Bahia 2009, terceira etapa do Circuito da International Bodyboarding Association (IBA), proporcionou fortes emoções ao público que compareceu à Praia da Armação, em Salvador, nesta quinta-feira.

Os homens disputaram a segunda fase da categoria profissional. Nesta sexta-feira, uma nova chamada ocorre às 8h, quando terá início a terceira fase masculina. As disputas das oitavas-de-final da categoria feminina estão programadas para acontecer a partir das 12h30min.

A maior atração desta quinta foi a tetracampeã mundial e líder do ranking, a capixaba Neymara Carvalho. Ela encontrou dificuldades para achar ondas boas em sua bateria, mas mesmo assim usou a experiência e a calma para vencer suas concorrentes e garantir vaga nas oitavas.

Além de Neymara, outras brasileiras mostraram sua força, mais uma vez, e garantiram a maioria das vagas nas oitavas de final, que serão disputadas já no formato “homem a homem”, ou seja, com apenas duas atletas na água. A espanhola Eunate Aguirre, vice-líder do circuito mundial, também fez bonito nesta quinta-feira e segue na cola de Neymara Carvalho.

Assim como a capixaba, Eunate avançou em primeiro, mas também encontrou dificuldades nas águas de Armação.

Segundo round masculino define pré-classificados

Além das mulheres, os homens caíram na água e decidiram quem iria enfrentar os “Back 12″ (uma fase antes da estréia dos top 16). Mais uma vez, os brasileiros foram grande maioria e garantiram maior número de vagas no terceiro round do evento. Destaque para as vitórias do pernambucano Iraí Rodrigues e do paulista Gustavo Martins, que fizeram excelentes apresentações e garantiram suas vagas.

Além dos dois atletas, quem fez bonito foi o cearense Marcelo Freitas, que obteve o maior escore da fase, com 15,50 pontos. O americano Dan Worley também mostrou grande conexão com as ondas de Armação. Mesmo em difíceis condições no momento de sua bateria, o atleta da terra do Tio Sam achou uma nota 8,5 e avançou para a terceira fase.

Mesmo não estreando na etapa, muitos atletas tops já compareceram na Praia da Armação para assistir às disputas e observar as condições do mar. Lucas Nogueira, campeão da etapa catarinense, que aconteceu na semana passada, em Balneário Camboriú, esteve no local.

Segunda rodada do masculino

1ª Bateria

1) Iraí Rodrigues (BRA) 14.75; 2) Adriano Silveira (BRA) 9.25; 3) Gustavo Alba (ARG) 9.15; 4) Alexandre Silva (BRA) 8.75;

2ª Bateria

1) Luis Sergio (BRA) 11.75; 2) Túlio Germano (BRA) 11.50; 3) Thiago Abul (BRA) 10.00; 4) Zander Palma (BRA) 5.00;

3ª Bateria

1) Gustavo Martins (BRA) 14.75; 2) Israel Eduardo (BRA) 12.50; 3) David Mantellini (VNZ) 9.60; 4) Raul Nogueira (BRA) 5.00;

4ª Bateria

1) Zulu Martinez (BRA) e Dan Worley (EUA) 13.75; 2) Ricardo Rico (POR) 8.40; 3) Guilherme Mesquita (BRA) 7.25;

5ª Bateria

1) Felipe Mendes (BRA) 13.00; 2) Alexandre Milazzo (BRA) 10.75; 3) Patrick Ribeiro (BRA) 7.25;

6ª Bateria

1) Leonardo Kale (BRA) 14.00; 2) Lucas de Queiroz (BRA) 12.75; 3) Nicolas Chiara 9.00; 4) Ronaldo Figueiredo (BRA) 8.35;

7ª Bateria

1) Marcelo Freitas (BRA) 15.50; 2) José Kelson (BRA) 12.15; 3) Thiago Limeira (BRA) 11.50; 4) Anderson Prates (BRA) 8.15;

8ª Bateria

1) Ângelo Freda (VNZ) 12.00; 2) Thiago Loureiro (BRA) 10.90; 3) Rogério Silva (BRA) 10.25; 4) Washington Lima (BRA) 8.50;

Primeira rodada do feminino

1ª Bateria

1) Tatiane Meneses (BRA) 14.15; 2) Cristiane Kale (BRA) 11.80; 3) Natasha Sagardia (PRCO) 11.75; 4) Adriana Alture (VNZ) 5.80;

2ª Bateria

1) Jessica Becker (BRA) 14.50; 2) Izamar Vivas (VNZ) 8.25; 3) Perola de Sousa (BRA) 7.75; 4) Juliana Pacheco (BRA) 5.25;

3ª Bateria

1) Maira Viana (BRA) 11.50; 2) Juliana Dourado (BRA) 10.60; 3) Lumar Guittard (VNZ) 8.50; 4) Maria Helena (BRA) 8.15;

4ª Bateria

1) Eunate Aguirre (SPN) 11.25; 2) Fabiana Correia (BRA) 8.65; 3) Juliana Freitas (BRA) 8.25; 4) Renata Cavalleiro (BRA) 5.25;

5ª Bateria

1) Neymara Carvalho (BRA) 12.75; 2) Nicole Calheiros (BRA) 10.40; 3) Naara Carolyne (BRA) 9.75; 4) Maria Alice (BRA) 7.90

6ª Bateria

1) Rita Peres (POR) 13.75; 2) Aline Mello (BRA) 11.50; 3)Catarina Sousa (POR) 6.40; 4) Janaina de Oliveira (BRA) 4.50;

7ª Bateria

1) Luz Perez (PRCO) 14.75; 2) Elisangela Fragoso (BRA) 12.00; 3) Lorraine Lima (BRA) 7.90; 4) Akemi Saito (BRA) 6.50;

8ª Bateria

1) Maylla Venturin (BRA) 14.00; 2) Patrícia Setúbal (BRA) 10.75; 3) Isabella Sousa (BRA) 8.90; 4) Yanary Romero (VNZ) 2,25

Postado por Jean Balbinotti, Florianópolis

A Praia da Armação ferve

29 de abril de 2009 0

Baiano marcos Paulo festejou o título com a torcida/Leon Júnior, Divulgação

Começou nesta quarta-feira o Cobra D’Agua Bodyboarding Show Bahia 2009, na Praia da Armação, em Salvador. O evento, que distribui US$ 35 mil em prêmios, além de 1000 pontos nos rankings masculino e feminino da International Bodyboarding Association (IBA), começou com formação inconsistente e ondas de até 1 metro na série.
No total, foram realizadas as oito baterias da categoria profissional masculino e as finais das categorias amadoras. Os maiores destaques do primeiro dia do mundial foram os atletas Thiago Limeira e Zulu Martinez. Limeira, potiguar radicado no Rio de Janeiro, conseguiu achar a melhor onda do evento e foi premiado com uma nota 9,00.
Os 16 melhores do mundo entram em ação na quarta fase da prova, a partir de amanhã. Nesta quarta-feira rolaram oito baterias, muito disputadas, em ondas que começaram irregulares, mas que melhoraram bastante após o forte vento maral.
 
As mulheres entram em ação nesta quinta-feira. A atleta mais esperada é a capixaba tetracampeã Neymara Carvalho. Ela caminha a passos largos rumo a mais um título da IBA, já que venceu a segunda etapa, em Santa Catarina, e assumiu a liderança do ranking.
Mike Stewart confirmado
 
A quarta-feira também contou com uma excelente notícia para os fãs de bodyboarding, o megacampeão Mike Stewart, do Havaí, confirmou sua presença na etapa baiana do circuito mundial.  O atleta, de 45 anos, tem 10 títulos mundiais é uma verdadeira lenda viva do esporte.
Ele foi vice-campeão da etapa catarinense e está na terceira colocação do ranking mundial. Stewart está escalado para estrear na quarta fase do evento, junto com os tops 16.
 
Pernambucanos e baiano dominam no amador
 
Ainda nesta quarta-feira foram decidas as categorias amadoras na Praia da Armação. Na categoria aberta, a prova foi decidida na última bateria do dia, e o título ficou com o baiano Marcos Paulo. O atleta conquistou a primeira vitória no circuito brasileiro amador.
Para a categoria junior, o título ficou com o pernambucano Raul José e, no feminino, para a pernambucana Luiza Rosa. 

Postado por Jean Balbinotti, Florianópolis

Vai começar

29 de abril de 2009 0

Divulgação

A 10ª edição do SuperSurf, a divisão de elite do surfe brasileiro, será realizada em novo formato. Assim como a divisão principal do Circuito Mundial da ASP, que passou a utilizar este ano, todas as baterias do SuperSurf serão eliminatórias, sem mais a repescagem para a primeira fase.

No masculino, os top-16 do ranking brasileiro entram na segunda fase, enquanto os outros 32 participantes serão divididos em 16 confrontos homem-a-homem que vão abrir cada uma das cinco etapas da temporada 2009. A primeira etapa marca a estreia da Praia do Guarujá no circuito.

O carioca Gustavo Fernandes e a cearense Tita Tavares defendem os títulos na Praia das Pitangueiras, de 7 a 10 de maio. Outra novidade é que neste ano o SuperSurf será transmitido pela ESPN Brasil.

O diretor executivo da ABRASP, Marcelo Andrade, explica melhor o novo formato, que tem uma diferença básica em relação à utilizada no WCT.

- No Mundial, os top 8 do ano passado são fixos, sempre entram na segunda fase. No SuperSurf não, o seeding (ranking de entradas) vai mudando a cada etapa. No Guarujá, os top 16 de 2008 serão os cabeças-de-chave, mas, na segunda etapa já pode mudar esse grupo, dependendo do resultado final na Praia das Pitangueiras.

O formato do feminino também mudou em 2009.

- As 18 participantes serão divididas em baterias de três atletas na primeira fase como em 2008, mas agora não tem mais repescagem e as últimas colocadas são eliminadas. As 12 classificadas enfrentam-se em quatro baterias de três novamente na segunda fase e as oito que passarem formarão as quartas-de-final, quando as disputas passam a ser entre duas competidoras, sistema que prossegue até a final.

CALENDÁRIO DO SUPERSURF 2009

1ª Etapa

7 a 10 de maio

Praia das Pitangueiras, Guarujá (São Paulo)

2ª Etapa

4 a 7 de junho

Salvador (Bahia)

3ª Etapa

23 a 26 de julho

Praia de Itamambuca, Ubatuba (São Paulo)

4ª Etapa

24 a 27 de setembro

Praia da Joaquina, Florianópolis

5ª Etapa

28 de outubro a 2 de novembro

Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Postado por Jean Balbinotti, em Florianópolis

Feras fora d`água

28 de abril de 2009 0

Hexacampeão mundial, Tâmega é uma das atrações do evento/Yordan Bosco, Duvulgação

As principais estrelas do Cobra D’Agua Bodyboarding Show Bahia 2009 começam a cair na água nesta quarta-feira, em Salvador. Ontem, foi apresentado oficialmente à imprensa, na Praia de Armação, três ícones do bodyboard mundial.
O carioca Guilherme Tâmega (hexacampeão do mundo), a capixaba Neymara Carvalho (tetracampeã) e o atual campeão do circuito, o baiano Uri Valadão falaram sobre suas carreiras, perspectivas e o que esperam do Cobra D’Agua Bodyboarding Show Bahia 2009, evento que distribui US$ 35 mil em prêmios e preciosos pontos no ranking das categorias masculina e feminina.
Nesta quarta-feira inicia a primeira fase e, provavelmente, na quinta-feira é a vez dos 16 melhores do mundo entrarem na briga.
Uri Valadão se mostrou bastante empolgado por competir em uma prova internacional em casa pela primeira vez.
“Treino nesta praia há muito tempo e espero encontrar as ondas certas para obter um bom resultado. Sei que não será fácil, pois, além, das grandes estrelas do esporte que estarão aqui, tem muita gente nova que vai dar trabalho”, prevê o “Baiano Voador”.
Já Tâmega falou bastante sobre sua vitoriosa carreira, estrutura do esporte e, principalmente, sobre sua aposentadoria, anunciada para depois do evento baiano.
“Não tem jeito. Como venho afirmando, só mudo de idéia se arranjar um patrocínio que banque uma estrutura para competir no mundial”, disse o carioca.
Perguntado se mudaria a decisão caso ganhasse na Bahia, Tâmega foi categórico e afirmou que a sua decisão já estava tomada e que uma vitória ou um vice-campeonato não o faria mudar de ideia.
Representando o bodyboard feminino, Neymara falou sobre sua boa fase, elogiou a estrutura do Cobra D’Agua Bodyboarding Show Bahia 2009 e discorreu sobre a supremacia das “brazucas” no mundial ao longo dos anos.
“O que pesa para nós é que trabalhamos a base, através de circuitos estaduais, como o capixaba, o baiano e o carioca. Em outros países, as meninas competem em grandes eventos nacionais, mas não são trabalhadas nas categorias amadoras”, comenta a atleta.
Nesta terça, o público que compareceu à Praia da Armação pôde presenciar um show de bodyboard por parte dos atletas amadores, que deram início ao evento. Em ondas de 3-4 pés, os atletas nordestinos comandaram as ações do primeiro dia de competição do Cobra D’Agua e garantiram a maioria das vagas nas finais das categorias amador masculino, amador feminino e júnior.
Entre as mulheres, Espírito Santo e Pernambuco decidirão a grande campeã da primeira etapa. Luiza Rosa e Kirtys Montenegro defenderão as cores pernambucanas, enquanto as capixabas Gabriela Possato e Clarice Oliveira tentarão conquistar o caneco para a cidade de Vila Velha, local de treinamento das atletas do Espírito Santo.
Entre os atletas juniores, destaque para os cariocas Leonardo Medina e Lucas Fitaroni, que avançaram em suas baterias com boas apresentações. Na decisão, os dois terão pela frente o pernambucano Raul José, além do baiano Gabriel Santana.
Os atletas da categoria amador masculino finalizaram as disputas nesta terça-feira na Praia da Armação. O campeão brasileiro júnior em 2008, Adeilson Fernandes, mostrou que está com a mesma força da temporada passada.
Mesmo competindo em uma categoria nova, o capixaba fez bonito nas ondas da Bahia e garantiu sua vaga entre os quatro melhores. Na decisão, Adeilson terá pela frente a dupla baiana Daniel Santana e Marcos Paulo, além do pernambucano Matheus da Silva.

Postado por Jean Balbinotti, em Florianópolis

Em casa de novo

28 de abril de 2009 0

Velejador treina forte para disputar o Mundial/Divulgação

Após participar de dois importantes campeonatos de vela na Europa - Palma de Maiorca, na Espanha, e Hyeres, na França – o velejador catarinense Bruno Fontes retornou para Florianópolis e já se prepara para novos desafios.

Tricampeão brasileiro da classe Laser Standard, Bruno planeja disputar no próximo mês, na Holanda, em Medemblik, entre os dias 27 e 31, mais uma etapa da Copa do Mundo.

Chance para ganhar experiência e medir forças com os seus principais concorrentes antes do Mundial, que acontece em Halifax, no Canadá, em agosto. Na gira pela Europa, Bruno ficou em 15º na Espanha e em 12º na França.

No ranking mundial, Bruno ocupa atualmente a 25ª posição. Agora, Bruno retoma os treinos em casa, na Praia de Jurerê, na Capital.

 

Postado por Jean Balbinotti, em Florianópolis

Floripa Cine Action

28 de abril de 2009 0

A imagem diz tudo/Jorge Baggio, Arquivo Pessoal

A próxima quinta-feira, dia 30 de abril, vai marcar o universo de filmes de esportes de ação e natureza em Santa Catarina e no Brasil. Os principais produtores da área estarão reunidos no Centro de Eventos da UFSC para participarem do Florianópolis Cine Action, que ocorre das 13h às 22h30min.
Este dia também marcará para sempre a vida do cineasta e bodyboarder profissional Jorge Baggio, que há 13 anos viaja pelo mundo em busca de ondas grandes, com oito temporadas havaianas, viagens para a Austrália, Chile, Ilhas de Java e Bali, Ilhas Canárias, Tahiti, Ilha de Páscoa, Equador, Califórnia, Flórida e Espanha no currículo.
 
Catarinense de 29 anos, Baggio lançou o primeiro vídeo de bodyboard produzido em Santa Catarina, em 2002. Formou-se em 2008 na faculdade de Cinema, criou e dirigiu o programa de televisão Cine Adventure, focado na abordagem do conteúdo cultural e artístico inserido em audiovisuais sobre esportes de ação e natureza e há pelo menos quatro anos idealizou um festival que grandes produtores e grandes obras na área.
O Florianópolis Cine Action é uma prévia da Mostra Mundial de Audiovisuais de Esportes de Ação na Natureza, programada para o final deste ano, também na Ilha de Santa Catarina. Nesta quinta-feira, ele apresentará ao público o vídeo “O Pintor e o Oceano”, no qual busca quebrar os estereótipos explorados atualmente nos audiovisuais sobre esportes de ação e natureza, mesclando poesia, cultura e arte com o desafio das maiores ondas do planeta.
Referenciado em Tarkovski, um dos gênios do cinema russo, o filme também é inspirado em Pablo Neruda e Gaughin. O projeto compreendeu viagens que passaram pelo Havaí, Polinésia Francesa, Ilha de Páscoa, Deserto do Atacama (Chile), Costas Leste e Oeste da Austrália, Bali, Java, Ilhas Canárias, Madrid, Amsterdã, Costa Rica e Equador. Vale a pena conferir.
SAIBA MAIS
No período vespertino, entre 13h e 18h, a programação será aberta ao público. A partir das 18h, quatro sessões noturnas estão programadas e os ingressos estão disponíveis nas lojas Sul Nativo e DNA Natural, localizadas na Lagoa da Conceição e nos principais shoppings de Florianópolis.

Programação Florianópolis Cine Action
 
Dia 30 de abril
Atrações vespertinas: curtas, trailers e debates com os produtores
Entrada franca das 13h às 17h
 
13h
Espaço Teco Padaratz (série de três curtas “Um dia a onda me levou”)
14h
Espaço Pepê Cézar (Fábio Fabuloso)
15h
Espaço Massangana (Surf Adventures 2)
16h
Espaço Mike Stewart (Fire, the movie)
17h
Espaço Guga Arruda (Arquivo Surf 3)
 

Sessões noturnas: quatro filmes exibidos em sequência
Ingressos na Sul Nativo e DNA Natural
 
18h
Premiere Sincronia (Bruno Bez)
19h
Q21(Gustavo Camarão)
20h45min
Fire (Mike Stewart)
21h45min
Nalu (Rafael Mellin)


Postado por Jean Balbinotti, Florianópolis

Agora é a vez de Salvador

28 de abril de 2009 0

Salvador sedia a terceira etapa do Mundial nesta semana/Divulgação

Depois de Balneário Camboriú, agora é a vez de Salvador receber uma etapa válida pelo circuito mundial de bodyboard. As primeiras baterias do Cobra D`Agua Bodyboarding Show Bahia 2009 começaram a ser disputadas nesta terça-feira, às 8h.

A competição, que marca a estréia do Nordeste no circuito mundial da modalidade, vale como terceira prova dos circuitos da International Bodyboarding Association (IBA) masculino e feminino e distribuirá U$ 35 mil em prêmios.

O dia da estréia foi reservado para atletas que disputam o circuito brasileiro amador, enquanto as grandes estrelas internacionais do esporte caem na água amanhã. Os atletas Uri Valadão (atual campeão mundial), Guilherme Tâmega (hexacampeão mundial) e Neymara Carvalho (tetracampeã mundial) participam do evento. Mais informações pelo site www.cobradaguabodyboardingshow.com.br.

Postado por Jean Balbinotti, Florianópolis

Alejo em ação

27 de abril de 2009 0

Vídeo feito com o catarinense Alejo Muniz, surfando em diferentes picos do planeta.

Postado por Jean Balbinotti, Florianópolis

Talento catarinense

27 de abril de 2009 0

 

Quem entende de surfe identifica logo de cara os atletas que levam jeito no esporte. O catarinense Alejo Muniz, aos 19 anos, há tempos deixou de ser uma promessa para se transformar numa realidade.

No ano passado, ele faturou vários na categoria júnior e mostrou ao mundo que estava se preparando para entrar no circuito profissional. Chegou a vencer uma bateria na etapa brasileira do circuito mundial da ASP, o antigo WCT, na Praia da Vila, em Imbituba.

Agora, o garoto que cresceu em Bombinhas e hoje mora no Guarujá, em São Paulo, faturou o primeiro título de expressão no circuito profissional, um WQS de nível seis estrelas, em Portugal. Aos que desconhecem o talento de Alejo, curtam um vídeo feito com ele em diferentes tipos de ondas. Vale a pena. 

Postado por Jean Balbinotti, Florianópolis