Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Maya Gabeira arrepia mais uma vez

16 de julho de 2009 0

Maya é especialista em ondas gigantes/Red Bull

A tricampeã mundial de ondas gigantes, a carioca Maya Gabeira, ganhou, na última quarta-feira, em Los Angeles (EUA), o ESPY Awards 2009, na categoria “Melhor Atleta Feminina Internacional”.

O prêmio pode ser considerado o “Oscar dos Esportes” e trazia na mesma categoria da “big rider”, candidatas como a australiana Torah Bright (snowboard), a norte-americana Ashley Fiolek (motocross) e a canadense Sarah Burke (esqui).

Com a conquista, Maya junta-se a outros grandes atletas que já venceram o premiação em diferentes categorias como Ronaldinho Gaúcho, Tiger Woods, Michael Phelps, Pete Sampras, Roger Federer e entre outros.

A atleta, neste ano, foi coroada melhor surfista feminina do mundo, no Billabong XXL Awards, pela terceira vez consecutiva.

O ESPY é um dos maiores reconhecimentos internacionais dos esportes e é definido através de voto popular na internet. Esta é a 17ª edição do prêmio, oferecido pela ESPN, que condecora as principais atletas, partidas, jogadas, entre outros temas do esporte mundial ao longo do ano.

São 37 categorias envolvidas e a cada edição um atleta ou artista de destaque é o mestre de cerimônia. Este ano, quem apresentou o evento foi o ator Samuel L. Jackson.

Além da Maya, outros três brasileiros foram indicados ao ESPY deste ano.

Anderson Silva concorria a “Melhor Lutador”; Hélio Castro Neves como “Melhor Piloto”; e Marta disputava o título de “Melhor Jogadora de Futebol”. Eles perderam, respectivamente, para o pugilista Manny Pacquiao, o piloto da Nascar Jimmie Johnson e a golfista Lorena Ochoa.

Postado por Jean Balbinotti, em Florianópolis

Envie seu Comentário