Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Só Mineirinho se salva

25 de julho de 2009 0

O paulista Adriano de Souza, o Mineirinho, é o único representante do Brasil nas oitavas de final do Hurley US Open of Surfing, etapa de nível seis estrelas do WQS que distribui ao campeão a generosa quantia de US$ 100 mil. Isso mesmo.

É o prêmio que atrai tantos tops do circuito mundial para Huntington Beach, na Califórnia (EUA), onde está sendo disputado o evento. Além de Mineirinho, seguem na briga pelo título da etapa os norte-americanos Kelly Slater e C.J. Hobgood e o australiano Mick Fanning.

Só para variar um pouquinho, Slater tem sido a grande atração, com as maiores notas e melhores apresentações. Nas oitavas, Mineirinho encara o espanhol Aritz Aranburu, Kelly pega o australiano Nic Muscroft e Fanning duela com o compatriota Julian Wilson.

O vencedor ganha também 2,5 mil pontos no ranjking qualificatório para o ASP World Tour. O catarinense Marco Polo, que aparece na lista dos 20 melhores (apenas os 15 primeiros sobem de divisão) foi eliminado na terceira fase e acabou em 73º lugar.

Já o líder do WQS, o potiguar Jadson André parou uma fase depois e ficou em 37º. Quem ficou mais próximo de Mineirinho foi o paulista Miguel Pupo com o 25º lugar. Acompanhe o evento ao vivo pelo link http://www.usopenofsurfing.com/LIVE.htm.

Os catarinenses Willian Cardoso e Jean da Silva, que também brigam para entrar na elite mundial, estão em Ubatuba competindo pela terceira etapa do circuito brasileiro, o SuperSurf. Ambos farão uma das baterias das oitavas de final.

Postado por Jean Balbinotti, em Florianópolis

Envie seu Comentário