Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Adriano e Jadson na briga

07 de abril de 2010 0

Essa madrugada não teremos Rip Curl Pro, na Austrália, então ainda é tempo de falar da classificação e da atuação dos brasileiros na segunda etapa do World Tour. O catarinense Neco Padaratz e o paulista Gabriel Medina foram eliminados na terceira fase, mas Adriano de Souza, o Mineirinho, e Jadson André, continuam na briga, mostrando um surfe sólido e que está agradando aos juízes.

Após vencer Brett Simpson na terceira fase e Frederic Patacchia no quarto round, Mineiro terá pela frente o líder do circuito Taj Burrow, que até o momento só perdeu uma bateria no ano, na final do WQS de Margaret River. O paulista de Guarujá está bem conectado com as ondas, usando a mesma estratégia: abre a onda com uma manobra forte, quase sempre chutando a rabeta e depois pega velocidade para mais uma série de manobras. Jadson André só disputou a bateria da terceira fase contra o veterano Taylor Knox e não deu chances para o norte-americano com um forte ataque de backside. Fez logo duas boas ondas e deixou Knox buscando o resultado até o final da bateria. Agora pega outro norte-americano, Bobby Martinez, na sexta bateria do quatro round, segunda do próximo dia de competições.

Com o mar baixo, o diretor de prova e ex-campeão mundial Damien Hardmann decidiu suspender a competição com a expectativa de recomeçar as disputas amanhã, em Winkipop, já que a famosa Bells não acordou nessa edição. Segundo Hardmann, existe a expectativa também de que o sino possa ser tocado amanhã. E Mineirinho e Jadson têm chances!

Envie seu Comentário