Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Kelly é simpatia

25 de abril de 2010 0

O eneacampeão Kelly Slater sabe como se virar com a mídia, diante de tanto assédio. Depois de vencer o brasileiro Messias Félix, gastou cerca de 30 minutos respondendo a perguntas da ASP, de um canal de televisão fechado especializado, do site Globoesporte, e depois ainda sobrou algo para uma dezena de jornalistas que acompanham o evento. Isso porque a área de imprensa também possui uma área restrita apenas para quem acompanha o World Tour.

Bom, mas falando de Kelly, hoje ele resolveu não usar uma fita no pé fraturado. Segundo ele, faz muita pressão.

- Acaba doendo mais quando caminho do que quando estou surfando _ disse.

Para vencer Messias Félix, Kelly apostou numa estratégia de tentar pegar quantas ondas fossem possíveis, já que as esquerdas estão cheias e ele tem uma preferência pelas direitas, que estão mais cavadas, porém escassas. Acabou dando certo. Sobre o futuro na competição, Kelly foi sincero e mostrou que está procurando encarar esse ano sem muita pressão, embora os holofotes para o décimo título mundial estejam ligados.

_ Eu não sei (o que vai acontecer). Ganhei o Rip Curl com o pé fraturado, então não posso dizer nada, vamos ver _ completou.

Envie seu Comentário